Não abuse da sorte, a pandemia não acabou

por Sulamita Esteliam

O Dia de Finados neste 2021 foi, sem dúvida, o mais triste feriado dos últimos tempos: a planilha da Dona Morte atualizou mais de 5 milhões de mortos pela pandemia de Covid-19 no mundo, mais de 608 mil no Brasil. Dados dos registros oficiais.

Todavia, a própria OMS calcula que o número de mortos pode ser o dobro ou até multiplicado por três, uma vez que não entram na conta as mortes indiretamente ligadas à doença provocada pelo Coronavírus. 

Quem não conhece uma história de gente que contraiu e se curou da Covid para alguns meses depois falecer de mal súbito, por exemplo?

Certo é que, para ficar no Brasil, um ano atrás, exatamente na mesma data, chorávamos a perda de 160,1 mil de vidas brasileiras. Aqui o multiplicador é 4,5.

No ranking mundial, mantemos o terceiro lugar em óbitos pelo vírus, exatos 608.118. No Finados houve 164 mortes e 6.383 contágios.

Há notícias nada alentadoras no ar: o contágio nessas plagas voltou a crescer. A taxa voltou a 1,04, quer dizer: cada 100 pessoas contaminam 104. Palavra do Imperial College de Londres, anota o GGN – link ao pé da postagem.

Enquanto isso, o ser que desgoverna o Brasil, segue pregando contra a vacina e toda e qualquer medida sanitária que reduza o contágio do vírus. 

Pior, depois de tudo pelo que passamos, ainda há bandos de sem-noção dispostos a embarcar na canoa furada.

Reside aí, na postura e nas ações, a diferença de Pindorama em relação aos demais países do Planeta Terra: na chefia do desgoverno temos um mentiroso irresponsável, sem empatia e sem qualquer pudor, cercado por um bando de compulsivos do mesmo jaez.

É genocídio, sim. Pouco importa que, por motivos políticos, covardia ou conveniências inconfessáveis, a CPI do Fim do Mundo tenha deixado de incluir o crime supremo no rol de crimes denunciados publicamente pelo relatório final.

Não fosse a ação dos governos estaduais na contramão do inominável, seguindo as orientações das autoridades sanitárias capitaneadas pela OMS, não teríamos sequer olhos para enxergar luz no fim do túnel. 

Felizmente, não só de desconsolo vive o mundo. Há esperança, sim. Com a vacinação, os cuidados, o número de mortes vem reduzindo o que permite à vida retomar certo ar de normalidade.

Mas cuidado e cautela ainda são essenciais, feito caldo de galinha em noites de frio.

Use máscara. Vacina salva, tome ao menos duas doses. O direito de ser idiota está fora da ordem mundial.

Charge: Coimbronco, via Instagram/Cartuminas, obrigada.

*******

Fontes requisitadas

AFP

Mortos por Covid no mundo superam 5 milhões

Jornal GGN

Contágio de Covid-19 volta a crescer no Brasil

PT.org

No Dia de Finados, Brasil chora seus 160 mil mortos por Covid-19 (2020)

*******

postagem revista e atualizada às 10:05 horas: correção de erro na informação sobre número de mortes no Brasil: 608 mil, não milhões. Com minhas desculpas.

3 comentários

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s