A vida do povo negro está pior do que costuma ser…

por Sulamita Esteliam

No país de inegável racismo estrutural, a população negra, no que se convenciona denominar em idade economicamente ativa, é alvo preferencial do desemprego, de degradação salarial e das condições de trabalho e da oportunidade de acesso a postos de gerência ou direção. 

Sempre foi assim, o refresco foi pouco e breve. E no que diz respeito às mulheres a coisa consegue ser pior. Palavra de branca, que não tem como camuflar a cor da pele, mas tem o péssimo hábito de olhar ao redor.

O golpe que derrubou a presidenta Dilma Rousseff só fez agravar o que historicamente já era desigual. Piorou ainda mais no desgoverno do capiroto et caterva. Destrambelhou de vez com a pandemia do Coronavírus, que de tão resistente já ficou velho.

Baseio-me em informações técnicas do IBGE, via PNAD – Pesquisa por Amostra de Domicílio reunidas pelo Dieese, no mote das celebrações do 20 de Novembro, Dia da Consciência Negra. que neste 2021 completa 50 anos. 

Os dados inseridos no infográfico não deixam margem de dúvidas quanto ao império da desigualdade racista.

Trabalho negro - Pnad 2021-Dieese

Um parêntese: e note, quem se habituou a ler informações demográficas, com recortes de cor e gênero, como a distribuição da população brasileira mudou nas últimas décadas.

Efeito da autodeclaração, muito provavelmente. A título de exemplo, para ficar nas minhas Macondos: Minas e Pernambuco, que já estiveram entre os estados mais negros do Brasil, depois do Maranhão e da Bahia, hoje ocupam, respectivamente, o 17º e p 11º lugares na inserção da população negra.

Deixo ao pé da postagem os links para os estudos do Diesse sobre o PNAD/IBGE e para reportagem bem esclarecedora da Rede Brasil Atual.

Bom, as celebrações da Consciência Negra neste 20 de Novembro se dá nas ruas em centenas de cidades Brasil e mundo afora. Juntam-se aos protestos pelo despacho do coisa ruim, genocida, racista, misógino e predador que ocupa e infesta a Presidência da República.

A pauta unifica a luta antirracista e as demandas da classe trabalhadora, que, como se depreende, são parte do mesmo problema a se resolver, sob a hastag #20NForaBolsonaroRacista.

Se não servir para efetivar a saída do coisa ruim, ir às ruas e praças traduz a indignação, a recusa em ser feliz na opressão e no pântano. Afinal, há o velho ditado que diz: “quem cala, consente”.

Gostaria muito de participar. Contudo, questões familiares me obrigam a manter distância de aglomerações. Ainda que as manifestações populares, todas de que tenho participado, respeitem as regras sanitárias. 

Confira a lista das cidades com atos confirmados, segundo as frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo, Fora Bolsonaro Nacional, Coalizão Negra por Direitos, Anatorg e Convergência Negra.

No Brasil

Norte

  • AM – Manaus – Praça da Polícia  |  14h

  • AP – Macapá – Praça Veiga Cabral | 15h

  • PA – Belém  – Mercado São Brás | 8h

  • RR – Boa Vista – Praça do Centro Cívico | 8h

Nordeste

  • AL – Maceió – Exibição Marighella Praça Largo de São Pedro | 18h30

  • AL – União dos Palmares – Serra da Barriga e Ato em União | 8h

  • BA – Feira de Santana – Caminhada Praça da Matriz | 9h

  • BA – Ilhéus – Praça do Malhado | 9h

  • BA – Itabuna – Jardim do O, Centro | 9h

  • BA – Paulo Afonso – Parque Balneário Abelardo Wanderley | 16h

  • BA – Prado – Mercado Municipal | 9h30

  • BA – Salvador – Campo Grande | 13h

  • BA – Senhor do Bonfim – Quilombo Tijuaçu-BR 407 | 13h30

  • CE – Fortaleza – Caminhada no Passeio Público | 8h

  • CE – Juazeiro do Norte – Praça do Giradouro | 16h

  • CE – São Benedito – Praça dos Índios | 8h

  • MA – Santa Inês | Praça da Matriz (em frente a Caixa Econômica) | 7h30

  • MA – São Luís – Praça do Viva Liberdade | 15h

  • PB – Campina Grande – Praça da Bandeira | 8h30

  • PB – João Pessoa – Lyceu Paraibano | 9h (caminhada até o Ponto de Cem Réis)

  • PE – Afogados da Ingazeira – Ato Unificado Sertão do Pajeú – Concentração STR | 7h30

  • PE – Recife – Pátio do Carmo | 14h

  • PI – Teresina – Parque da Cidadania | 16h

  • RN – Mossoró – Praça da Pax | 8h

  • RN – Natal – Midway | 15h

  • SE – Aracaju – Praça da Abolição (Bairro América/Nos fundos da Loja Havan) | 15h

Centro-Oeste

  • DF – Brasília – Museu Nacional | 15h

  • GO – Formosa – Praça Rui Barbosa | 16h  

  • GO – Goiânia – Praça Universitária | 9h  

  • GO – Rio Verde – Praça da Vila Promissão | 15h30

  • MS – Campo Grande – Praça Ary Coelho | 9h

  • MT – Cuiabá – Beco do Candeeiro | (Aguardando infos)

Sudeste

  • ES – Sapê do Norte – Região das Comunidades Quilombolas de Linharinho | 8h

  • ES – Venda Nova do Imigrante – Bate Papo Casa Da Maria Moreira (Bicuíba) | 17h

  • ES – Vitória – Ato na Quadra da Escola de Samba Independente de São Torquato | 10h

  • ES – Vitória – Praça de Gurigica | 15h

  • MG – Barbacena – Praça do Rosário | 15h

  • MG – Belo Horizonte – Praça da Liberdade | 15h

  • MG – Contagem – Praça Iria Diniz | 9h

  • MG – Divinópolis – Quarteirão fechado da Rua São Paulo | 8h30

  • MG – Governador Valadares – Praça Principal do Bairro Conquista | 8h

  • MG – Ipatinga – Em frente à escola Arthur Bernardes | 8h30

  • MG – Juiz de Fora – Praça da Estação | 10h

  • MG – Luz – Atos no Município | 13h

  • MG – Montes Claros – Praça Doutor Carlos | 8h

  • MG – Ouro Preto – Praça em frente ao Barroco | 9h30

  • MG – Pará de Minas – Praça da Matriz | 10h

  • MG – Pouso Alegre – Praça da Catedral | 10h

  • MG – Ribeirão das Neves – Curumim Urca | 10h

  • MG – Santos Dumont – Praça Cesário Alvim | 10h

  • MG – São João del Rei – Coreto | 15h30

  • MG – São Sebastião do Paraíso – Praça da Abadia | 10h

  • MG – Uberaba – Quadra de Esportes Uberaba I | 9h30

  • RJ – Angra dos Reis – Praça Zumbi dos Palmares | 9h

  • RJ – Nova Friburgo – Praça Dermeval Barbosa Moreira | 14h

  • RJ – Niterói – Praça Arariboia | 9h

  • RJ – Niterói – Viva Zumbi na Concha Acústica (com coleta de alimentos não perecíveis) | 10h

  • RJ – Rio de Janeiro – Terreirão do Samba, Av. Presidente Vargas | 10h

  • RJ – Rio de Janeiro – Viaduto Negrão de Lima (Viaduto de Madureira) | 13h

  • RJ – Teresópolis – Calçada da Fama | 9h

  • SP – Barretos – Igreja Matriz | 9h

  • SP – Botucatu – Praça do Bosque | 13h

  • SP – Guarulhos – Praça do Stella | 8h30

  • SP – Ilhabela – Praça da Mangueira | 15h

  • SP – Itanhaém – Praça Narciso Andrade | 9h30

  • SP – Jacareí – Ato Praça Marielle Franco | 18h (Ato em 19/11)

  • SP – Jundiaí – Praça do Gabinete de Leitura Rui Barbosa | 9h

  • SP – Marília – Ilha da Galeria Atenas | 10h

  • SP – Mauá – Praça do Relógio, Próx. Estação CPTM | 10h

  • SP – Osasco – Largo de Osasco | 9h30

  • SP – Pindamonhangaba – Rua Antifascista, Travessa Rui Barbosa, 37 | 9h

  • SP – Praia Grande – Praça Helena Cardozo Bernardino (Pça P1 – Samambaia) | 14h30

  • SP – Ribeirão Preto – Comunidade Nazaré Paulista na ZN | 9h

  • SP – São Carlos – Mercadão | 9h

  • SP – São Paulo – MASP | 12h

  • SP – Socorro – Praça Santos Dumont | 14h

  • SP – Sorocaba – Caminhada Capela João de Camargo | (Aguardando infos)

Sul

  • PR – Barracão – Praça Clevelândia | 10h

  • PR – Curitiba – Largo da Ordem/Praça João Cândido | 15h

  • PR – Londrina – Calçadão, entre a Hugo Cabral e Pernambuco | 9h

  • PR – Ponta Grossa – Praça Barão de Guaraúna (AQUILOMBAR: Negritude Pelo Fora Bolsonaro) | 14h

  • RS – Pelotas – Altar da Pátria até Mercado Central | 9h30

  • RS – Novo Hamburgo – Praça do Imigrante | 10h

  • RS – Porto Alegre – Largo Glênio Peres | 15h30

  • RS – Santa Maria – Praça Saldanha Marinha | 16h

  • SC – Blumenau – Praça do Teatro Carlos Gomes | 10h

  • SC – Criciúma – Parque Altair Guidi | 15h

  • SC – Chapecó Praça Central | 9h30

  • SC – Florianópolis – Praça da Alfândega | 9h

  • SC – Joinville – Parque da Cidade (setor Sambaqui) | 14 h

  • SC – Lages – Praça João Costa (Calçadão) | 9h

  • SC – Dionísio Cerqueira Praça Central | Praça Central, às 9hSC – Blumenau – Praça do Teatro Carlos Gomes | 10h

  • SC – Criciúma – Parque Altair Guidi | 15h

  • SC – Chapecó Praça Central | 9h30

  • SC – Florianópolis – Praça da Alfândega | 9h

  • SC – Joinville – Parque da Cidade (setor Sambaqui) | 14 h

  • SC – Lages – Praça João Costa (Calçadão) | 9h

  • SC – Dionísio Cerqueira – Praça Central | Praça Central, às 9h

  • SC – São Miguel do Oeste – Praça Walnir Bottaro Daniel | 14h

No Exterior

  • Alemanha – Berlim – Pariser Platz | 12h até 13h40 (horário local)

  • Bélgica – Bruxelas – LAMAB Rue de l’Association 14 – 1000 | 15h às 16h (horário local)

  • Espanha – Madrid – Saída da Maloka, calle salitre 36 | 17h (Ato em 21/11 – horário local)

  • EUA – Nova York – The People’s Forum | 13h (horário local)

  • EUA – Nova York – Times Square | 16h (horário local)

  • França – Paris – 3 Place de Grès PCF 20ème | 18h às 22h

  • Holanda – Amsterdã – Nieuwmarkt (Metrô M51, M53, M54) | 15h

  • Itália – Roma – Piazza della Repubblica | 17h (horário local)

  • Itália – Roma – Via Monte Testaccio 22 | 20h (horário local)

  • Portugal – Lisboa – Biblioteca da Casa do Alentejo (R. das Portas de Santo Antão, 72) | 15h (horário local)

  • Portugal – Lisboa – Praça do Município | 16h30 (horário local)

  • Portugal – Lisboa – Largo Camões | 17h (horário local)

  • Portugal – Porto – Centro Português de Fotografia | 15h (horário local)

  • Suíça – Genebra – Quai Wilson, 1201 en face du Palais Wilson, cotê lac | 11h às 13h (horário local)

*******

Fontes requisitadas

Dieese

Boletim Especial Consciência Negra 2021

Gráficos População Negra 2021

Rede Brasil Atual

Mais exposta ao desemprego, população negra tem menor rendimento e proteção social

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s