Os ‘milagres’ das políticas públicas no Nordeste e Norte do país. E o encontro de Lula com os catadores em São Paulo

por Sulamita Esteliam

A grande notícia desta antevéspera de Natal é de que três estados do Nordeste – Sergipe, Maranhão e Piauí – e um do Norte – o Pará – conseguiram reduzir os índices de pobreza de suas populações mais do que qualquer outra unidade da federação.

Com pandemia, com a volta do país ao mapa da fome, com desgoverno, com tudo. Palavra do IBGE: Síntese dos Indicadores Sociais 2021, que reúne dados de 2019 a 2020.

Sergipe lidera a queda do índice de pobreza, com -8,9 pontos percentuais, seguido pelo Pará, com -8,8, Piauí, com -6,7, Maranhão, com -5,6, Rio Grande do Norte, -5,4 e Bahia -4,5 pp. Ceará e Paraíba tiveram desempenho menor. Mas dos nove estados do Nordeste o pior resultado é o de Pernambuco, com -1,3 apenas.

O Maranhão, registre-se, é o estado mais miserável do Brasil, e avançou muito mais do que a média nacional, que foi de 1,8.

Redução_Pobreza - Ibge 21
Fonte: IBGE

Governado por Flavio Dino, ex- PCdoB, hoje no PSB, registrou em 2020 o menor índice de miséria da série histórica medida pelo IBGE: 48%, o menor desde 2012, celebrado pelo gestor, registra do Brasil 247 – linco ao pé da postagem.

Isso é resultado de política pública, que vem sendo desmantelada desde o golpe que tirou Dilma Rousseff da Presidência da República, em 2016.

Impossível não falar de Lula em confraternização com os catadores de recicláveis em São Paulo, embora seja tradição. Todos os anos ele participa do encontro. Só não foi em 2018, porque estava preso em Curitiba, por ação da Lava Jato para tirá-lo do jogo eleitoral.

Quando presidente, já no primeiro governo, ele os recebeu no Palácio do Planalto. E isso foi lembrado neste 22 de dezembro de 2021 por uma de suas lideranças. Este ano o encontro se deu como uma ação do PT Solidário Por Um Natal Sem Fome.

O simbolismo maior é que o almoço se dá três dias depois do jantar de concertação democrática organizado pelo grupo Prerrogativas, também em São Paulo.

Lá estavam advogados progressistas, artistas e políticas das mais diversas colorações. Gente dos sete cantos do país. Menos a presidenta Dilma, talvez por que não seja dada a engolir sapos golpistas.

Ainda que Lula tenha dela a mais absoluta lealdade, e possa contar com com a companheira de lutas onde e quando for necessária.

Coisas da política, que tem razões que a própria razão desconhece.

*******

Fontes requisitadas

Brasil 247

Sergipe, Pará, Piauí e Maranhão: eis os 4 estados que mais reduziram índices de pobreza

PT.Org

Lula com os catadores

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s