Então, diria mestre Rosa, “o que a vida quer da gente é coragem”…

por Sulamita Esteliam Não, não fui engolida pelo caldeirão de uma bruxa maléfica nem me afoguei no pantanal no fundo do abismo no qual se desmantela a pátria amada, e que ameaça nos levar de roldão. A tal ponte para o futuro revelou-se uma pinguela mal-enjambrada, que despencou ao primeiro passo. Não é simples, mas … Mais Então, diria mestre Rosa, “o que a vida quer da gente é coragem”…

A faísca interior e o lugar que nos cabe

por Sulamita Esteliam   Ando deveras muito descompensada. É cada vez mais frequente a vontade de jogar tudo pro alto, ligar o foda-se e gritar: ‘para o mundo que eu quero descer!’. Deve ser coisa da idade. Pode ser reflexo, talvez, de mãos feridas de tanto dar murro em ponta de faca. Ando deveras abusada, … Mais A faísca interior e o lugar que nos cabe