No Brasil, a pergunta que não pode calar: direitos humanos para quem?

por Sulamita Esteliam No Dia Internacional dos Direitos Humanos, o Brasil deveria celebrar intensamente os 51 anos de revogação do AI-5 – Ato Institucional número 5, de aterrorizante memória da ditadura civil-militar que nos roubou 21 anos de evolução democrática. Deveria, assim mesmo no futuro do pretérito. Apesar dos boquirrotos desejos de uns e outros … Mais No Brasil, a pergunta que não pode calar: direitos humanos para quem?

De tiro, pânico ou fome, no Brasil vigora a licença para matar!

por Sulamita Esteliam Não são boas as notícias que nos chegam dos sete cantos do  Brasil. Na toada macabra, a chacina de nove jovens em Paraisópolis, no fim de semana passado, explode em dor a barbárie oficial. Uma dor que desnuda a esperança de civilidade nesta terra que já se cantou como das oportunidades, compatriotas … Mais De tiro, pânico ou fome, no Brasil vigora a licença para matar!

Visibilidade lésbica: por respeito e dignidade

por Sulamita Esteliam O 29 de agosto celebra no Brasil o Da Nacional da Visibilidade Lésbica. É dia de expor, dar vez e voz às mulheres em sua diversidade sexual, seus direitos e escolhas – na vida social, sexual, pessoal. Encerra o agosto de ativismo, que tem outra data importante para o lesbianismo: o 19 … Mais Visibilidade lésbica: por respeito e dignidade