O Brasil à deriva, ou Babel é aqui

por Sulamita Esteliam Desculpem-me, mas estou no interior e com problemas de internet. O sinal e a velocidade não seguram mais do que duas abas abertas simultaneamente. Então, neste 6 de dezembro, dia em que o país, definitivamente, virou casa de mãe Joana, e os poderes se digladiam como num cabo de guerra, melhor assistir … More O Brasil à deriva, ou Babel é aqui

A marcha da insensatez e a ‘gota de bom senso’ vislumbrada por Nassif

por Sulamita Esteliam Devo confessar: domingo evitei botar a cara na rua; no máximo, acompanhei meu sobrinho – que com sua jovem parceira me hospedou este fim de semana -, ao açougue e supermercado. Mesmo estando em Santa Tereza, bairro que respira cultura em minha Macondo de origem e, há de se supor, civilidade de vanguarda. … More A marcha da insensatez e a ‘gota de bom senso’ vislumbrada por Nassif

O Brasil despedaçado

por Sulamita Esteliam Ando mesmo à flor da pele. Minhas antenas têm me pregado boas peças, e o início da semana, terrível e triste, foi de recolhimento. Devo desculpas a quem acessa este blogue, mas foi impossível administrar. Vivemos nós, brasileiras e brasileiros de boa vontade, em estado de dor permanente. É preciso buscar energia … More O Brasil despedaçado

Degringolou de vez, e não por falta de aviso…

por Sulamita Esteliam Bem que eu pautei Literatura e reencontros para esta sexta-feira, por que é véspera de fim de semana, e a gente merece um refresco. Só que não dá. Vou ter que deixar para depois… Degringolou de vez é a expressão para o desgoverno do mordomo moribundo. Não é por falta de aviso, … More Degringolou de vez, e não por falta de aviso…

Jornalistas Livres: Chico retira permissão de uso da música ‘Roda Viva’ no programa homônimo da TV Cultura

por Sulamita Esteliam Tive problemas com o acesso ao blogue esta noite. Inexplicavelmente, não consegui logar enquanto não redefini minha senha. Coisas do mundo digital, a referendar a máxima de que tecnologia é ótimo quando funciona. Vou simplificar, para acelerar, e compartilhar um golaço do coletivo Jornalistas Livres. Chico Buarque, ao contrário do que querem … More Jornalistas Livres: Chico retira permissão de uso da música ‘Roda Viva’ no programa homônimo da TV Cultura

A ‘Lei de Gerson’ vigora, e quem escapa é mané…

por Sulamita Esteliam Cheguei há pouco da rua e tenho compromisso agora à noite. Não vou ter tempo para escrever algo que preste. Então, faço minhas as palavras do colega Leonardo Sakamoto, em seu blogue, sobre essa mania nacional de levar vantagem sobre tudo e em qualquer circunstâncias. Sequer as autoridades se dão ao respeito; … More A ‘Lei de Gerson’ vigora, e quem escapa é mané…

Consciência negra, agenda do golpe e Dilma como ela é

“Por que consciência negra e não consciência humana? O pressuposto de que deveríamos deixar de realizar o dia da consciência negra para celebrarmos o dia da consciência humana vem reforçar a premissa de que no Brasil não existe racismo. Constatamos ao longo da história que essa negação do racismo é um dos fatores que impediram … More Consciência negra, agenda do golpe e Dilma como ela é

Para a treva, luz. Para o caos, sensatez

por Sulamita Esteliam Vou direto ao ponto: seguimos de ponta-cabeça. Como Pamina, na ópera clássica A Flauta Mágica, do genial Mozart. E é  inacreditável que as pessoas não se apercebam do caos que predomina. Não são apenas as instituições em choque e em xeque, conduzidas por rainhas ou reis da noite. É na alma, na … More Para a treva, luz. Para o caos, sensatez

Patacoada fascista: coitada da bandeira japonesa!

por Sulamita Esteliam Do meio da rua, no Barro Preto, em Beagá, faço contato com o maridão, que está no Recife, para tratar de assuntos domésticos, e pegunto se está tudo bem. Então, travamos o seguinte diálogo: – Tudo bem. Ruim só para a bandeira japonesa. – Cuma!? – Virou símbolo comuna para os golpistas de … More Patacoada fascista: coitada da bandeira japonesa!

O gigante despertado é um monstro

por Sulamita Esteliam Inacreditável. O Brasil assistiu nesta quarta-feira, pós-super-lua, a alguns fatos inéditos e/ou contrapostos a escancarar o nível de fissura nas habituais e lendárias cordialidade e passividade brasileiras. O dia começou com a assustadora notícia de que um pai matou o próprio filho, que ousou contrariá-lo ao participar de ocupações em defesa do ensino público; depois suicidou-se. … More O gigante despertado é um monstro