Um dia de boas notícias, para variar um bocadinho…!

por Sulamita Esteliam Já noite avançada, mudo o rumo da prosa para falar sobre notícias boas. Não que as más tenha dado tréguas, difícil nos tempos de inferno astral prolongado nesta Terra Brazilis. Não obstante, há que celebrar, ao menos, três dentre os acontecimentos do dia. Enumero, não necessariamente pela ordem de importância, uma vez … Mais Um dia de boas notícias, para variar um bocadinho…!

O Estado violador não respeita, sequer, a dor e a alegria de ser mãe

por Sulamita Esteliam O Estado é violador por excelência, quando deveria ser protetor. Violador de direitos, quando deveria assegurá-los. Violador de esperança e de sonhos, quando deveria dar suporte à sua realização. Violador físico, quando se vale da truculência, do estupro de corpos e consciências para se afirmar. Que o digam as mulheres chilenas. Replicadas … Mais O Estado violador não respeita, sequer, a dor e a alegria de ser mãe

De tiro, pânico ou fome, no Brasil vigora a licença para matar!

por Sulamita Esteliam Não são boas as notícias que nos chegam dos sete cantos do  Brasil. Na toada macabra, a chacina de nove jovens em Paraisópolis, no fim de semana passado, explode em dor a barbárie oficial. Uma dor que desnuda a esperança de civilidade nesta terra que já se cantou como das oportunidades, compatriotas … Mais De tiro, pânico ou fome, no Brasil vigora a licença para matar!

‘Em Nome da Filha’ em Brasília: uma noite boa para se guardar na memória, obrigada!

por Sulamita Esteliam Rever amigos de longa data, e que você não encontra há anos, não tem preço. Você sabe que seguem amigos/as, quando percebe que se importam, aplaudem e torcem por você em sua caminhada. Mesmo ausentes, embora a presença seja uma alegria ímpar. Claro que amigxs também puxam a orelha, ou botam o … Mais ‘Em Nome da Filha’ em Brasília: uma noite boa para se guardar na memória, obrigada!

‘Em Nome da Filha’ em Brasília, no contexto do combate à violência contra a mulher

por Sulamita Esteliam O 25 de Novembro no calendário dos movimentos de mulheres é Dia Internacional de Combate à Violência Contra a Mulher. É ponto de partida para os 16 Dias de Ativismo pelo fim da violência de gênero, que se encerra dia 10 de dezembro, dia da promulgação da Declaração Universal dos Direitos Humanos. … Mais ‘Em Nome da Filha’ em Brasília, no contexto do combate à violência contra a mulher

O Universo em rede e as surpresas pelo caminho…

por Sulamita Esteliam A vida é mesmo uma boa caixinha de surpresas. É lugar comum, bem sei. Contudo, sou do tipo que prefere acreditar que nada é por acaso neste Universo cheio de curvas e buracos negros para a gente escorregar, se perder e/ou se encontrar… Pois não é que há poucos dias meu correio … Mais O Universo em rede e as surpresas pelo caminho…

Seminário na UFBA debate o desastre em forma de óleo na costa brasileira

por Sulamita Esteliam De onde afinal veio o derrame de óleo pesado, piche, que contaminou boa parte do litoral nordeste do Brasil, e que agora ameaça a costa do Sudeste? Até agora, há pelo menos seis fontes supostas – e anunciadas aos quatro ventos, e descartadas dissimuladamente, bem ao caráter do desgoverno que nos assola. … Mais Seminário na UFBA debate o desastre em forma de óleo na costa brasileira

Racismo se manifesta também no feminicídio: mulher negra morre muito mais

por Sulamita Esteliam Os dados não trazem surpresa, infelizmente. Se o feminicídio representa um câncer sociedade, os números traduzem que até aí, na tragédia homicida, o racismo se manifesta inconteste. Morrem mais mulheres negras pelo fato de serem mulheres, e negras, do que mulheres brancas. A proporção é de 61% para e 39%. E olha … Mais Racismo se manifesta também no feminicídio: mulher negra morre muito mais