Quando a conivência e o vil metal falam mais alto, pouco importa a vida

por Sulamita Esteliam Os mortos se contam às centenas na conta que a Vale um dia ainda há de pagar. Oficialmente já se soma 169 vítimas fatais do derrame de lama de rejeitos da mineradora em Brumadinho. Todas identificadas. A procura por desaparecidos continua, mas a essa altura não há qualquer vislumbre de possibilidade de … Mais Quando a conivência e o vil metal falam mais alto, pouco importa a vida

Entrevista: Afonso Chaves e os 50 dias que abalam o Brasil

por Sulamita Esteliam Nesta entrevista, o professor Afonso Chaves, doutor em Sociologia e mestre em Ciências Políticas, analisa o Brasil da “nova era”, seus transtornos e perspectivas. Essencial para compreender o cenário “regressivo, nunca dantes experimentado, ao menos desde a redemocratização”, que atravessamos.  Um “desmonte capitaneado pela força do Dinheiro”, e que não começou agora. … Mais Entrevista: Afonso Chaves e os 50 dias que abalam o Brasil

Bob Fernandes e Valter Pomar: o Brasil e a cara suja da hipocrisia e da injustiça

por Sulamita Esteliam Primeiro, assista o vídeo. Imperdível, o comentário de estreia do colega Bob Fernandes no Youtube. Jornalismo independente e ético, sobretudo, sem malabarismos e conveniências. Ex-TV Gazeta, seu pouso mais recente, onde fazia exatamente o que passa a apresentar em canal próprio: análise política, sem peias, com sua experiência, texto claro e objetivo, … Mais Bob Fernandes e Valter Pomar: o Brasil e a cara suja da hipocrisia e da injustiça

É preciso aprender a dançar com ou para o diabo…

por Sulamita Esteliam Em meio a tanta miséria humana, tanta desgraceira – desculpe-me, mas não encontro palavra melhor para definir a sucessão de crimes, desastres, tragédias, desmantelos, acintes, cinismo, abusos… Fato é que ando muito à flor da pele e um tanto travada para escrever algo que preste. Sexta não consegui. O fim de semana … Mais É preciso aprender a dançar com ou para o diabo…

Pipas gigantes no céu do Recife por #LulaLivre!

por Sulamita Esteliam Pipas gigantes vão cruzar os céus do Recife nesta sexta-feira, 08 em manifestação lúdica por #LulaLivre. Obra do Coletivo 13 do PT pernambucano, que promove oficina para confeccionar papagaios de toda cor… Como naquela canção do Beto Guedes, Maria Solidária (1977), gravada também por Milton Nascimento). Vai aí uma palinha, para refrescar a … Mais Pipas gigantes no céu do Recife por #LulaLivre!

Boaventura Santos e o banho de sangue anunciado na Venezuela

por Sulamita Esteliam O A Tal Mineira compartilha artigo do sociólogo português, Boaventura Souza Santos, sobre o que está em jogo na intervenção estrangeira, capitaneada pelos Estados Unidos do Trump, na Venezuela. E é claro que não é a democracia, mas o ouro negro da maior reserva de petróleo do Planeta. O mundo sabe disso, … Mais Boaventura Santos e o banho de sangue anunciado na Venezuela

A dor não passa: 10 dias do desastre-genocídio da Vale em Brumadinho

por Sulamita Esteliam Dez dias passados, as 142 mortes confirmadas, das quais 122 identificadas, não nos autoriza a ter esperança de encontrar sobreviventes entre as 194 “desaparecidas” no desastre e genocídio da Vale em Brumadinho. A cerimônia de adeus promovida pelos bravos soldados do Corpo de Bombeiros de Minas, auxiliados por companheiros de outros estados, … Mais A dor não passa: 10 dias do desastre-genocídio da Vale em Brumadinho

No Estado i-moroal, a lei é sob medida para o freguês …

por Sulamita Esteliam O chamado “pacote anticrime” anunciado por Sérgio Moro na manhã desta segunda-feira já recebe pecha bastante apropriada: “licença para matar”. Caso venha a ser aprovada pelo Congresso, sacramenta o Estado policial como norma e a subjetividade como ponto de chegada. Tudo de acordo com o freguês. É como avaliam opositores do desgoverno … Mais No Estado i-moroal, a lei é sob medida para o freguês …

O novo Congresso e a cara do Brasil, mas pior sem ele

por Sulamita Esteliam O novo Congresso Nacional tem uma tarefa hercúlea pela frente: deter a escalada de retrocesso nos direitos de cidadania da gente trabalhadora, civis, trabalhistas e sociais; pôr fim à desconstrução da autoestima, do patrimônio e da soberania nacionais. E, claro, buscar soluções para a penúria fiscal e a dêbacle econômica vertiginosa que … Mais O novo Congresso e a cara do Brasil, mas pior sem ele