Ayó! Choveu histórias ancestrais na capital de Minas

por Sulamita Esteliam Senti muitíssimo não ter conseguido atender ao convite honroso para participar da 4ª edição do Ayó – Encontro Negro de Contação de Histórias, que se deu em Belo Horizonte, nos dois primeiros dias do feriadão. Ainda estava no plantão de avó, a que me dediquei ao longo da semana, e não houve … Mais Ayó! Choveu histórias ancestrais na capital de Minas

‘Histórias que ninguém leu’, um livro sobre o lendário Jornal de Minas

por Sulamita Esteliam Vou mudar um pouco o rumo da prosa, sem sair da biruta que norteia este blogue anão e atrevido.  É que o assunto urge: o lançamento do livro Jornal de Minas – histórias que ninguém leu, neste sábado 11 de agosto, na Livraria Ouvidor, em Beagá, minha Macondo de origem. Horário que … Mais ‘Histórias que ninguém leu’, um livro sobre o lendário Jornal de Minas

O poder negro feminino e a proteção ancestral para segurar o tranco, no campo e na cidade

por Sulamita Esteliam Uma amiga de Minas, multi-artista, me presenteou no início do ano com uma Abayomi, que em iorubá significa “encontro precioso”. Uma calunga negra, toda de pano, amarrado ou trançado, flexível, sem marca de olhos, nariz ou boca para calhar às múltiplas identidades étnicas africanas. Lembrei-me dela neste  25 de julho, pródigo em celebrações. Dia … Mais O poder negro feminino e a proteção ancestral para segurar o tranco, no campo e na cidade