A faísca interior e o lugar que nos cabe

por Sulamita Esteliam   Ando deveras muito descompensada. É cada vez mais frequente a vontade de jogar tudo pro alto, ligar o foda-se e gritar: ‘para o mundo que eu quero descer!’. Deve ser coisa da idade. Pode ser reflexo, talvez, de mãos feridas de tanto dar murro em ponta de faca. Ando deveras abusada, … Mais A faísca interior e o lugar que nos cabe

Literatura brasileira chega a Moçambique, nas asas de Madu Costa

por Sulamita Esteliam ‘Choveu naquele dia. Na hora da saída das urnas do cemitério público. Na hora da chegada ao cemitério familiar. E, na hora do enterro. Todos se alegraram pois aquele era um sinal de alegria manifestado pelos espíritos.’              Madu Costa, escritora e contadora de histórias Madu Costa … Mais Literatura brasileira chega a Moçambique, nas asas de Madu Costa

Esse nó no peito que precisa ser partilhado…

por Sulamita Esteliam Sobre nossos tempos e nosso Brasil. Sobre nossa gente e seus algozes. Sobre indignar-se sem perder o apetite para a beleza. Quem disse que não há poesia na política? Há quem deteste política e poesia. E há quem prefere a omissão, que é política danosa, Antipoesia do descaso. O texto para apertar … Mais Esse nó no peito que precisa ser partilhado…