Para saber sobre o FSM, busque os alternativos

Gente, era minha intenção oferecer, aqui, neste blogue, um panorama de acompanhamento do Fórum Social Mundial que acontece em Dacar, no Senegal, África, desde o domingo, 06, até o próximo dia 11. Entretanto, não tenho braços, pernas nem cabeça para tal – ando sobrecarregada de tarefas. E, como dizia minha avó, “quem não pode com o tempo, não inventa moda”.

É a décima edição centralizada do FSM, a segunda no continente africano – a primeira foi em 2007, em Nairobi, no Quênia. Estão lá milhares de pessoas de 132 países diferentes. A tradicional marcha de abertura colocou 70 mil nas ruas, de acordo com os organizadores. Vários chefes de Estado, como Evo Morales, da Bolívia, marcaram presença.

O ex-presidente Lula também está lá, e participou do principal debate da segunda-feira, 07. Foi a sua primeira fala pública depois que deixou o governo. Foi aclamado.

Quem tiver interesse em se aprofundar no assunto, seguramente não vai encontrar boa fonte na velha mídia nativa. Nem mesmo as cinco edições do FSM que aconteceram no Brasil – quatro em Porto Alegre, RS – 2001 a 2003 e depois 2005;  e uma em Belém, 2009 -, tiveram cobertura próxima ao decente.

Fiquem, pois, com os alternativos e estarão bem servidos. Os acessos estão mais abaixo.

***************************************

70 mil pessoas participaram da abertura do Fórum em Dacar, Senegal, segundo os organizadores - foto: FSM

Carta Maior tem a cobertura completa, com link especial para o evento. Aproveitem para ler Emir Sader, também no blogue.

A Revista Fórum, gerada no ventre do FSM 2002, em Porto Alegre, também, enviou repórteres para Dacar. Vale um passeio pelo Blog do Rovai, que traz visão personalíssima, de editor da revista, sobre o que assiste naquelas plagas.

Meu amigo Molinar, de Uberaba, recomenda, e eu assino embaixo: vale uma visita ao Blog do Nilmário, que oferece análise concisa, e qualificada, sobre o que de mais importante acontece em África neste dias de Fórum. Nilmário está lá na delegação do PT.

O Vermelho tem publicado as principais notícias sobre o que acontece no Senegal.

A Ciranda Internacional da Comunicação Compartilhada – que nasceu Ciranda da Informação, na primeira edição do FSM, em 2001, em Porto Alegre  – é outro caminho que vale à pena.

No sítio oficial do Fórum tem mais alternativas.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s