Morte de comunicadora exige providências do governo

por Sulamita Esteliam
Imagem capturada no sítio http://www.acessepiauí.com.br

A truculência dos fiscais da Anatel fizeram mais uma vítima na semana passada, em Teresina, Piauí: a comunicadora e líder comunitária, Esmeralda Fernandes, veio a falecer, vítima de ataque cardíaco, depois da notícia do fechamento da Rádio Verona FM, no ar há 14 anos e da qual era fundadora. É a segunda radialista que morre pelo mesmo motivo na capital piauiense: a outra foi Maria da Conceição de Oliveira Ferreira, da Rádio Utopia FM, em 2005. Passou da hora de o governo tomar atitude.

A notícia foi publicada no Portal Imprensa, me foi enviada pelo #RioBlogProg e pelo Bloguemus MG – também aqui. E confirmada pelas companheiras da Rede Mulheres em Comunicação e pela Rede Abraço – Asssociação Brasileira de Rádios Comunitárias, do Nordeste e Nacional. Nesta segunda, houve protesto em frente a Anatel em Teresina.

É inconcebível que fatos desta gravidade aconteçam num governo popular, eleito pelo mesmo povo para cuja cidadania essas mulheres e rádios trabalhavam. A comunicação é um direito fundamental, que exercida com pluraridade e liberdade é importante fonte educativa e de cultura popular.

****************************************

O luto e a indignação do movimento de rádios comunitárias no país parece ter despertado, enfim, o governo. Nesta terça, 27, o Ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, recebe os deputados Assis Carvalho e Luiz Couto, ambos do PT, respectivamente do Piauí e da Paraíba, que levam a denúncia dos abusos da agência, em nome da fiscalização. Vão exigir providências que evitem que esse tipo de violência continue – aqui. Vamos ver no que dá.

O modus operandi da Anatel não condizem com um estado democrático de direito. Relatos da rede, a partir da tragédia na capital do Piauí, mostram que os excessos são rotineiros e acontecem de Norte a Sul e de Leste a Oeste.

Um comentário

  1. Esta atrocidade se repete e a liberdade de expressão, comunicação como direito do cidadão, é violentamente mutilada por abusos, como você mesmo diz: em nome da fiscalização, precisa ser apurado urgentemente, antes que façam outras vítimas. Ai em pergunto: Onde está o Ministério das Comunicações e os Direitos Humanos e Cidadania, enfim, o governo nesta hora?

    Parabéns Sulamita por esta matéria que tenho certeza que faz por amor e justiça.Bjs

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s