A vida pela notícia

por Sulamita Esteliam
Gelson Domingos, em imagem capturada no sítio do SJPMRJ

Não vi televisão ontem. Quase nunca vejo TV. Ninguém merece a programação de fim de semana das TVs abertas, e tenho mais o que fazer com o meu suado dinheirinho do que pagar assinatura de TV a cabo. Escapei de ser brindada com a imagem de um repórter cinematográfico filmando a própria morte. O vídeo, escabroso, foi exibido pela TV Bandeirantes e está no sítio da emissora na rede, como se troféu fosse. Haja!

Gelson Domingos da Silva, 46 anos, 20 de profissão, pai de três filhos e avô de dois netos, estava a serviço da Band – trabalhava também para a TV Brasil. Acaba de ser enterrado no Cemitério do Caju, no Rio de Janeiro.

Foi morto com um tiro de fuzil no peito, domingo, quando cobria incursão do Bope – Batalhão de Operações Especiais  na favela Antares, Zona Oeste da cidade. É mais um que se vai em nome da notícia.

Não são ossos do ofício, como muitos podem pensar. É falta de condições de trabalho, mesmo. Absoluto descaso para com a vida das pessoas que fazem do trabalho uma missão, e garantem o faturamento do veículo, seja de que natureza for.

***************************************

A informação me chega via lista do Encontro Nacional de Blogueiros, enviada pelo colega Rogério Tomaz Jr, do Conexão Brasília-Maranhão.

Aqui e aqui as notas divulgadas, respectivamente, pelo Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Município do Rio de Janeiro e pela Fenaj – Federação Nacional dos Jornalistas.

*************************************

Relatório anual da Fenaj mostra que jornalista é profissão de alto risco, sim,também no Brasil. Em 2010 foram registrados 40 casos de violência contra trabalhadores, que vão de agressões verbais e físicas até tortura e morte. O Nordeste detém 44% dos relatos, e o Ceará lidera a lista com oito denúncias.


Um comentário sobre “A vida pela notícia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s