Protestos e revival da truculência de tempos da ditadura

por Sulamita Esteliam

Antes que o 31 de março se vá e o 1º de abril se achegue, forçoso é lembrar o que não podemos esquecer: que nosso país sofreu 21 anos de ditadura, que reprimiu, censurou, prendeu, torturou, “desapareceu”, matou para calar as vozes de seus opositores. O Brasil ainda tem contas a acertar com sua memória, por isso a Comissão da Verdade é absolutamente necessária, e a sociedade se mobiliza para que ela cumpra sua missão. Antes que seja tarde.

Em São Paulo, neste domingo, Dia da Mentira e de consolidação do Golpe Militar de 1964, coletivos políticos, grupos de teatro, sambistas de diferentes grupos e escolas desfilam pelo centro o Cordão da Mentira desfila pelas ruas da cidade. Concentração às 11:30 em frente ao Cemitério da Consolação – aqui, no Vi o Mundo.

No Rio, sexta passada, assistimos a um revival dos anos de chumbo, com protestos e repressão e truculência policial contra manifestantes em frente ao Clube Militar. Lá,  milicos de pijama comemoravam o aniversário do golpe, que eles chamam de revolução. Reuniram-se contra a Comissão da Verdade.

A Colunista Hildegard Angel, que teve irmão – Stuart Angel – e mãe, Zuzu Angel, vitimadas pela ditadura, escreveu texto emocionante sobre os acontecimentos – aqui – e uma reflexão a propósito – aqui.

O cartunista Latuff gravou em vídeo, que encontrei no Blog da Hildegard e no sítio da amiga virtual carioca, Ana Helena Tavares, Quem Tem Medo da Democracia?, onde capturei, também, a charge acima.

Eis o vídeo, para a gente não esquecer que democracia tem seu preço, e ele quase nunca é justo:

****************************************

PS: Ontem não consegui atualizar o blogue. Por isso, cumpro a tarefa no sábado, para não ficar devendo muito… Bom fim de semana.

Um comentário

  1. Esses “inocentes” jovens ameaçaram e cuspiram em cidadãos brasileiros, inclusive um herói da FEB. Essa é a verdade. Imagine se não tivesse ali a polícia. São irresponsáveis e deveriam estar agora respondendo a processo judicial. Apesar de vocês, garotos rebeldes, o Brasil é uma democracia. Os militares são servidores da Pátria e prestaram relevantes serviços ao País. Essa charge é um exemplo dessa insensatez.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s