De um juiz-ministro que tudo pode num governo que não existe…

por Sulamita Esteliam No dia do aniversário de 30 anos da Constituição Federal, o inquisidor de Curitiba, Sérgio Moro, achou por bem reivindicar dois períodos de férias como juiz para atuar no gabinete de transição do inominável presidente eleito. Normalíssimo na res-pública que se avizinha. Um ministro indicado de um governo que ainda não existe … Mais De um juiz-ministro que tudo pode num governo que não existe…