De livros, democracia e saudade

“Ditadura vem, ditadura vai! Ditadura vai, ditadura vem! Vai e volta! Posso dizer que golpes e ditaduras da direita são como cancros não diagnosticados que corroem as democracias burguesas, neoliberais. Ficam como serpentes venenosas a dormir. E, quando os movimentos democráticos crescem, elas se agigantam e dão o golpe.” Romeu Sabará – Memórias de um … Mais De livros, democracia e saudade