O triângulo e as curvas da liberdade

por Sulamita Esteliam

Como resistir ao Latuff

e à mística do triângulo,

das mulheres,

das curvas,

das montanhas,

de Minas.

E quem disse que

“resistir é preciso”.

Sempre?


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s