“Rock’n roll na veia” abre o FIG 2011 em tributo a Lula Côrtes

por Sulamita Esteliam
Lula Côrtes e a catarse no palco - NordesteWeb

Começa hoje, em Garanhuns, no Agreste Meridional pernambucano, o 21º FIG – Festival de Inverno de Garanhuns. O homenageado da edição 2011 é o multiartista Lula Côrtes. Cantor, compositor, poeta e artista plástico, Côrtes faleceu no último 26 de março, e vai ganhar tributo especial dentro da programação musical do evento. O show acontece nesta quinta 14, abertura do #FIG, no palco principal na Praça Guadalajara.

Artista multimídia

“Lula Côrtes é um dos maiores artistas pernambucanos, símbolo da cultura e da arte produzida de forma independente e crítica”, comenta o secretário de Cultura de Pernambuco, Fernando Duarte, em matéria da Fundarpe – Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco.

O tributo reúne artistas que fizeram parte da trajetória de Côrtes: Zé da Flauta, Lailson, Don Tronxo, Ortinho, Tito Lívio e Daniel Belleza, acompanhados pelas bandas Má Companhia e Triângulo do Poder. Luis Carlos Filho dirige e coordena, com produção musical de Rodrigo Carvalho-Morcego.  Roger de Renor é o mestre de cerimônia.

O Clone – música que melhor representa o estilo “rock’n roll na veia e nada mais”, característico de Côrtes – encerra o espetáculo. No palco, Canibal, Dino Baia e os demais convidados louvam o grande artista. Clique  para saber detalhes da homenagem.

Zé Ramalho, Alceu e Lula: pioneira mistura de ritmos já nos anos 70 - SubstantivoPlural

Alceu Valença também participa da noite de abertura. Após o tributo, leva o show Vivo! ao palco principal.  Histórico, foi apresentado pela primeira vez em 1976, no Rio de Janeiro, e consagrou o artista nacionalmente. Traz um rock pernambucano psicodélico, com temas repletos de metáforas políticas e existenciais.

Vivo! alinhava o rock aos sons nordestinos, e foi considerado, à época, um manifesto contra a hipocrisia e o conformismo. Apresentado no último mês de março, em São Paulo, teve participação especial de Lula Côrtes – sua última apresentação pública.

****************************************

O #FIG acontece até o dia 23, com programação intensa e variada, garantida por artista da terra e nacionais. São centenas de atrações: música, teatro, exposições, apresentações circenses, performances de dança e outras intervenções artísticas; mostras de cinema, oficinas culturais, debates e atividades de formação, dentre outros.

A realização é do Governo de Pernambuco, via Secult-PE – Secretaria de Cultura e Fundarpe, em parceria com a Prefeitura de Garanhuns. Só o governo estadual investiu R$ 14,2 milhões.

O festival transforma a simpática Garanhuns, a 230 km do Recife e a 896 metros de altitude, na Capital Cultural de Pernambuco. O friozinho e a diversidade do festival atraem, todos os anos, milhares de visitantes de todos os cantos do país, que movimentam a economia local e regional. Os recifenses migram em massa para lá; além ser férias escolares, é a grande oportunidade de envergar uma roupa básica de inverno.

Descentralização é a grande novidade deste ano, segundo a Secult e a prefeitura. O #FIG chega, finalmente, à periferia da Cidade das Flores. Além de palcos distribuídos pelosbairros, um Caminhão da Cultura vai levar atrações musicais, de literatura, artes cênicas, circo e cultura popular a nove localidades mais afastados do centro.

Aqui e aqui, a programação completa do#FIG 2011



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s