Marco Feliciano subiu no telhado…

por Sulamita Esteliam

marco-feliciano-comissao-de-direitos-humanos-do-congressoO mar em que o pastor Marco Feliciano (PSC), deputado eleito para presidir a Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara, navega não está pra peixe. Desde a malfada eleição – aqui no blogue – os protestos se espalham Brasil afora, e já ultrapassaram fronteiras, levados pelas redes sociais. No sábado, 23, houve manifestação  em frente ao Portão de Brandemburgo, em Berlim, exigindo a renúncia  do parlamentar do cargo.

Semana passada, foi criada a Frente Parlamentar de Direitos Humanos e Minorias, que reúne cerca de 150 parlamentares de diferentes partidos, insatisfeitos com a condução da CDHM. Há, mesmo, quem aposte que Feliciano vai pular do barco mais cedo do que se possa imaginar, ainda que bata o pezinho e diga “daqui não saio, daqui ninguém me tira”.

O deputado Nilmário Miranda (PT-MG), um dos coordenadores da Frente, é um deles. Ele escreve no Facebook: “A saída de Marco Feliciano da presidência da Comissão é questão de dias”. 

Nilmário enumera outras razões, além dos protestos e da criação da Frente Parlamentar: as duas reuniões da CDHM realizadas até agora, foram tentativas suspensas por conta de tumultos; o deputado Feliciano vem perdendo apoio até de seus pares evangélicos; o presidente da Câmara, Henrique Alves, vem dizendo que a Câmara não pode “assumir o desgaste”; Marco Feliciano foi intimado a depor no STF, onde responde acusação de estelionato; todas as instituições da sociedade civil já se manifestaram contra sua permanência, inclusive o Conselho Nacional de Direitos Humanos, que divulgou nota oficial, semana passada.

Não é por falta de incentivo que não o fará. Só a petição pública que exige o afastamento  do presidente homofóbico e racista, já ultrapassa meio milhão de assinaturas. Aliás, pululam abaixo-assinados a respeito. Euzinha já assinei dois – o outro é do Avaaz.

Clique para conhecer quem coordena a Frente Parlamentar de Direitos Humanos, os temas a que cada um está afeito, e como foi o lançamento que lotou o Auditório Nereu Ramos.

 


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s