O Carnaval é o espetáculo em Pernambuco

por Sulamita Esteliam
O Galo da Madrugada, maior bloco carnavalesco do mundo, também homenageia Antônio Nóbrega - Foto capturada na Internet
O Galo da Madrugada, maior bloco carnavalesco do mundo, também homenageia Antônio Nóbrega – Foto capturada na Internet

Euzinha ainda não entrei no ritmo, confesso. Mas já é Carnaval no Recife, e a festa, este ano, homenageia o multi-artista Antônio Nóbrega – e o Frevo, em seus 107 anos, completados dia 09.

Filha adotiva da terra, já não me espanta a profusão de energia que alimenta as – assim mesmo, no plural – semanas pré-pré-pré, já a um mês da Folia.

Em Olinda, na verdade, o esquenta vem desde a primeira semana do ano, com os ensaios de blocos e batucadas. E há quem ache isso pouco, e outros que consideram demasiado. Ouvi de duas moças, ontem, na Praça Chora Menino, na Boa Vista: “No Rio, Carnaval é uma semana. Aqui é um mês inteiro…”

Corriji na hora: é de janeiro à semana da ressaca, muito depois das Cinzas, que este ano avança março adentro. Mas nem precisa a colaboração do calendário. Todos os anos, emenda com as comemorações de aniversário das cidades irmãs, Olinda e Recife, dia 12.

Naná Vasconcelos se reúne com cada uma das 11 nações de maracatus em seus terreiros desde 28 de janeiro, e os agrupa em ensaios semanais ao vivo, nas noites de sexta-feira, na Rua da Moeda. Um mês de preparação para o espetáculo da abertura oficial do reinado de Momo, dia 28 de fevereiro, no Marco Zero. Evoé!

Na capital, além disso, bailes e prévias de centenas de blocos provam que a folia não se atém a datas, nem conhece idade. Os  nomes dão a medida do combustível que move a greia (brincadeira em pernambuquês): De Bar em Bar, I Love You Cafusú, Enquanto Isso na Sala de Justiça, Guaiamum Treloso, Mordida Daxota, Siri na Lata,  Bloco da Gia, Urso Pé de Cana (esquenta no Recife, sai em Olinda), Não acredito que te beijei, Segura a Seringa, As Virgens de Boa Viagem…

Em Olinda, blocos que, além dos tradicionais, fazem a festa das ladeiras não deixam por menos: Eu Acho é Pouco, Mulher na Vara,  As Virgens, Esses boy tão muito doido, Hoje a Mangueira entra…

A rua é o palco principal da festa. Democracia de acesso à folia, mesmo para quem não pode ou não quer pagar o ingresso para os espaços reservados. E a despeito da visão estreita das instituições públicas – aqui no blogue – a alegria prevalece, porque está na cultura do povo.

Acompanhe a programação oficial do Carnaval, as prévias do Galo e de todos os blocos nas cidades irmãs aqui. Neste domingo, por exemplo, além da programação oficial do Recife Antigo, tem programa para a família inteira na Rua da Aurora, a partir das 16 horas: encontro de blocos de pau e corda Aurora dos Carnavais.

**************************************

Postagem revista e atualizada às 02:50 do domingo 16.02.2014, hora do Recife.

Pernambuco afora, o Carnaval é uma expressão cultura. Clique para ver na perspectiva do talento e das lentes de fotógrafos locais.

 


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s