Em apoio à Dilma, artistas, intelectuais e juventude em ação

por Sulamita Esteliam

Dilma13MulheresDemorou, mas eis que intelectuais e artistas decidem se manifestar em apoio à reeleição da presidenta Dilma Roussef. A exemplo de 2010, o encontro se dá na noite da próxima segunda-feira, 15, no Teatro Casagrande, no Rio de Janeiro. Lula se junta ao ato, que conta, também com atores cientistas, religiosos e dos movimentos sociais.

Tomara seja prenúncio de bons fluídos, como o foi há quatro anos. Uma dose de energia boa sempre ajuda em qualquer tempo e lugar.

Na mesma toada, mas agora da militância, este sábado tem mobilização pró-Dilma13 em todo o país, para manifestar o vigor do apoio à releição da presidenta nas ruas. Em Belo Horizonte, por exemplo, tem a re-edição do abração da Contorno, a avenida que circunda a área central ampliada de Beagá.

A campanha de Nilmário Miranda deputado federal 1331 enviou a informação para o A Tal Mineira. Clique e conheça as propostas dele, também no Facebook. Pena que eu não vote mais em Minas, teria meu voto com certeza.

O #abraçodacontorno tem concentração a partir das 10:00 horas, na esquina com a Prudente de Morais, para receber Dilma. A presidenta e o candidato ao governo de Minas, Fernando Pimentel, têm encontro com a juventude petista no Marco Zero da Pampulha, às 14:00 horas.

E por falar em Minas Gerais, o sítio eletrônico Muda Mais, criado para dar suporte à campanha de Dilma Roussef, sofreu forte ataque digital nesta sexta-feira. É a terceira vez que acontece, mas foi o mais pesado, de acordo com os administradores.

IP UFVUm doce para quem adivinhar de onde o ataque veio com mais força. Não tem ideia? Pois o Muda Mais cascavilhou e localizou: do IP do Centro de Tecnologia da Universidade Federal de Viçosa, que “é um servidor de rede sem fio, que conecta todos os servidores de rede sem fio” de lá (imagem ao lado). Segundo Michelini Lopes da Mota, diretora de Tecnologia da Informação da UFV, que prometeu investigar. É o que se espera.

*****************

Volto ao manifesto dos artistas e intelectuais, que capturei no Blog do Emir, em Carta Maior, e transcrevo abaixo. Antes, minhas desculpas pela ausência nos últimos dois dias, inclusive no dia do aniversário de quatro anos do A Tal Mineira. Obrigada, pela honra do acesso.

A PRIMAVERA DO DIREITO DE TODOS

“Os brasileiros decidem agora se o caminho em que o país está desde 2003 é positivo e deve ser mantido, melhorado e aprofundado, ou se devemos voltar ao Brasil de antes – o do desemprego, da entrega, da pobreza e da humilhação.

Nós consideramos que nunca o Brasil havia vivido um processo tão profundo e prolongado de mudança e de justiça social, reconhecendo e assegurando os direitos daqueles que sempre foram abandonados. Consideramos que é essencial assegurar as transformações que ocorreram e ocorrem no país, e que devem ser consolidadas e aprofundadas. Só assim o Brasil será de verdade um país internacionalmente soberano, menos injusto, menos desigual, mais solidário.

Abandonar esse caminho para retomar formulas econômicas que protegem os privilegiados de sempre seria um enorme retrocesso. O brasileiro já pagou um preço demasiado para beneficiar os especuladores e os gananciosos. Não se pode admitir voltar atrás e eliminar os programas sociais, tirar do Estado sua responsabilidade básica e fundamental.

O Brasil precisa, sim, de mudanças, como as próprias manifestações de rua do ano passado revelaram. Precisa, sem duvida, reformular as suas políticas de segurança publica e de mobilidade urbana. Precisa aprofundas as transformações na educação e na saúde públicas, na agricultura, consolidando com ousadia as politicas de cultura, meio ambiente, ciencia e tecnologia, e combatendo, sem tregua, todas as discriminações.

O Brasil precisa urgentemente de uma reforma política. Mas precisa mudar avançando e não recuando. Necessita fortalecer e não enfraquecer o combate às desigualdades. O caminho iniciado por Lula e continuado por Dilma é o da primavera de todos os brasileiros. Por isso apoiamos Dilma Rousseff.”

O abaixo assinado já está assinado por grande quantidade de artistas e intelectuais, entre eles os que confirmaram – conforme lista abaixo – sua participação no ato de 15 de setembro e outros que, impossibilitados de participar, se somam pela assinatura do documento como, entre tantos outros, Luis Fernando Verissimo, Paulo Jose, Frei Beto, Flavio Aguiar.

Está confirmada a participação no ato de personalidades como Leonardo Boff, Marilena Chaui, Maria Conceição Tavares, Beth Carvalho, Fernando Morais, Alcione, Chico Cesar, Teresa Cristina, Wagner Tiso, Silviano Santiago, Luis Pinguelli, João Pedro Stedile, Emir Sader, Ivana Bentes, Hugo Carvana, Juca Ferreira, Eric Nepomuceno, Chico Diaz, Silvia Buarque, Osmar Prado, Vera Niemeyer, Noca da Portela, Monarco, Nelson Sargento, Sergio Ricardo, Cecilia Boal, Claude Troigross, Paulo Lins, Oto Ferreira, Dudu Falcao, Samuel Pinheiro Guimarães, Sergio Ricardo, Luis Nassif, Benvindo Siqueira, Amir Hadad, Sergio Mamberti, Candido de Oliveira, Beth Mendes, Angela Vieira, Miguel Paiva, Tonico Pereira, Zezé Motta, Rildo Hora, Isabel Lustosa, Julita Lengruber, Caique Botkay, entre tantos outros.

Em 2010 o ato teve um significado político e simbólico muito forte, marcando a caminhada final de Dilma Rousseff para a vitória. Este ano o ato deve ter um significado similar, com a Dilma, o Lula, o Leonardo Boff e milhares de artistas e intelectuais.

 


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s