Lula e Dilma: a verdade sobre a Petrobras e o Pré-Sal

Por trás da campanha contra a Petrobras está a cobiça pelo Pré-Sal, que estimula indústria naval, gera emprego e renda e vai destinar R$ 1,3 trilhão para educação e saúde - Foto: Roberto Stuckert Fo/PR
Por trás da campanha contra a Petrobras está a cobiça pelo Pré-Sal, que estimula indústria naval, gera emprego e renda e vai destinar R$ 1,3 trilhão para educação e saúde – Foto: Roberto Stuckert Fo/PR
por Sulamita Esteliam

INFO PreSal_v1Faz dias ando querendo escrever algo sobre a Petrobras. É um despropósito a campanha que visa macular a imagem da maior e mais dinâmica empresa do país. Uma empresa da qual todo brasileiro e brasileira deve orgulhar-se, pois traz na veia o nosso DNA, o sentimento de Nação.

Política rasteira de quem, em defesa de interesses escusos, aposta no tanto pior melhor. E o que mais espanta é ver gente bem posta e, até por obrigação, bem informada, cair no engodo. E repetir a narrativa pobre e destituída de fundamento aos quatro ventos.

Não são críticas. É tentativa de desmonte. Até porque, os argumentos não resistem aos fatos. Aliás, este e outros, expostos com clareza lapidar pela presidenta Dilma, durante sabatina promovida pelo matutino O Globo. Não assisti ao vivo, mas vi o vídeo: chega a dar pena dos coleguinhas escalados. Foram a nocaute.

a_favela_mudou-01Esta tarde, no Rio de Janeiro, Dilma subiu a Madureira para o lançamento do livro Um País Chamado Favela, de Renato Meirelles e Celso Athayde, na Cufa – Central Única de Favelas. Lá, conversou com os jovens, fez selfies e até ensaio passos de RAP, mas também falou sério:

“Aprovamos uma lei que 75% do pré-sal vai pra educação e 25% pra saúde. Agora, temos que ter educação em 2 turnos. (…) Nenhum país chegou a ser desenvolvido sem isso. Por isso, é que começou a discussão de pra onde vai o dinheiro do pré-sal. O petróleo que está lá embaixo é de vocês, é de todo povo brasileiro”, lembrou a presidenta.

Pois bem, não vou além dessa breve introdução, e explico por quê: é que nesta segunda, teve ato para celebrar o aniversário da Petrobras. Foi também de desagravo à empresa. Para fechar as bocarras de jacarés do papo amarelo, de apetite insaciável, sobre o patrimônio que é de todos os brasileiros.

Xô, baixo-astral!

Aconteceu no Rio de Janeiro, esta manhã, e o Lula estava lá. E ninguém melhor do Lula da Silva para dizer a verdade dos fatos sobre a Petrobras sobre o Brasil e sobre Dilma. Ele que mudou a cara desse nosso pais, como nunca antes, e a escolheu para sucedê-lo, tem autoridade.

Então, transcrevo a fala do ex-presidente, que à noite acompanha Dilma em ato da cultura em apoio à sua reeleição – acompanhe ao vivo.

Capturei no Conversa Afiada:

Publicado em 15/09/2014

LULA E PRÉ-SAL. POR QUE
ESCOLHI DILMA E NÃO A OUTRA

Não tem nenhum trabalhador contra o regime de partilha.

'Tem gente que tem vergonha de usar esta camisa' - Ricardo Stucker/Instituto Lula
‘Tem gente que tem vergonha de usar esta camisa’ – Ricardo Stucker/Instituto Lula

No evento no Rio, em defesa do pré-sal e contra Bláblá e Arrocho, vestido de petroleiro Lula disse :

– No início, o evento era para comemorar o aniversário da Petrobras. E depois virou um ato pra defendermos a Petrobras;

– Eu resolvi que tinha que vir na porta da Petrobras;

– Eu quero falar uma coisa de sentimento. Eu fiz questão de colocar essa camisa da Petrobras. Porque quando começa a acontecer denúncias da Petrobras, tem gente que fica com vergonha de usar essa camisa;

– Eu falo na condição de um presidente que mais lutou pela Petrobras;

– Não tenham vergonha dessa camisa. Essa camisa deve orgulhar o povo brasileiro pelo que a Petrobras significa para o Brasil;

– Eu me orgulho do dia que me disseram que tinham encontrado o pré-sal. Eu fui pra casa e disse pra Marisa: ‘não é possível que eu tenha nascido com … pra lua;

– Eu não acreditava que seria possível tiramos petróleo de 7 mil metros de profundidade. Muita gente dizia que não tínhamos tecnologia, pois estamos hoje tirando mais petróleo que tiramos nos primeiros 31 anos da Petrobras;

– Fico pensando… quem é que não quer que esse projeto da Petrobras vá adiante? Quem é que não gosta do fato de termos aprovado a partilha do petróleo do pré-sal? Quem é que está contra os royalties para saúde e para a educação? Certamente, não é nenhum trabalhador, nenhum petroleiro. Não é nenhum brasileiro que ama esse país;

– A gente já tem petróleo e tem filho de pedreiro cursando universidade. Se a gente conseguiu fazer isso sem o petróleo, imagina o que faremos com os recursos do pré-sal;

– Eu não costumo falar mal de político na minha campanha. Eu tenho 34 anos de partido político. Por que o Lula escolheu a Dilma e não outra pessoas? Eu via a Presidenta da República como coisa muito séria. Por isso escolhi Dilma;

– Enquanto a Europa desempregou 100 milhões, nós empregamos mais de 11 milhões de brasileiros. Alguns especialistas dizem que a inflação está abaixo de controle, pois saiba que a inflação está na meta!;

– A Dilma quer uma inflação menor? Quer! Mas estamos fazendo tudo que podemos;

– O que é o Brasil do passado e o que é o Brasil de hoje;

– Essa empresa registrou nos últimos anos números inimagináveis antes de nós (Dilma e Lula);

– O petróleo é nosso, o pré-sal é nosso e vai garantir à juventude o direito de estudar;

– Os trabalhadores da Petrobras não tem nenhuma razão pra não andar de cabeça erguida. Nenhum petroleiro pode estar com a auto-estima baixa;

– Para governar esse país, é preciso alguém que tenha pulso para fazer as coisas acontecerem.


Um comentário sobre “Lula e Dilma: a verdade sobre a Petrobras e o Pré-Sal

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s