A carroça desembestada da desfaçatez

A mobiização popular em apoio a Lula assusta a casa-grande e incomoda os que se arvoram em persegui-lo - Ricardo Stuckert/IL Foto: Ricardo Stuckert/ Instituto Lula
A mobiização popular em apoio a Lula assusta a casa-grande e incomoda os que se arvoram em persegui-lo – Ricardo Stuckert/Instituto Lula
por Sulamita Esteliam

A prepotência é filha dileta da estupidez. Ou será vice-versa? E a dissimulação, é prima-irmã da covardia e da conspirata? Quem semeia ódio, também colhe tempestade, ou só ventania?

Uma coisa é certa, querem implodir este país. E, para variar, debitar a fatura dos explosivos na conta de Lula, do PT, das esquerdas, dos movimentos sociais e de quem  quer que os apoie, e ao governo, e cobre respeito à legalidade.

Não bastou o sequestro e a quase prisão de Lula, no 04 de março que já está na história, e cujo freio envolve mistérios ainda não explicados. Abuso inominável contra o cidadão Luiz Inácio, e ainda mais contra um ex-presidente da República, a sangrar a ferida do ódio de classe.

Escancarados estão os objetivos nada sutis que sustentam a Operação Lava Jato, a lembrar as práticas da ditadura militar, como lembra Jânio de Freitas em sua coluna na Folha.

Na quarta, inclusive, o Instituto Lula divulgou nota denunciando que, na 24ª Operação da Lava Jato “a Polícia Federal exigiu, sob voz de prisão do técnico de informática, a senha do administrador das contas de e-mail do instituto, o que não constava no mandado da Justiça, que fazia referência apenas a poucas contas de e-mail específicas”.

Desembestada está a carroça da desfaçatez.

O promotor Cássio Conserino é o condutor dos aloprados do MP-SP - Imagem capturada no Conversa Afiada
O promotor Cássio Conserino é o condutor dos aloprados do MP-SP – Imagem capturada no Conversa Afiada

Agora, três promotores estaduais paulistas, de primeira instância, em busca dos holofotes, e certamente estimulados pelo comportamento de seus colegas federais curitibanos, reinventam o processo jurídico, e pedem a prisão preventiva do ex-presidente Lula; sem investigá-lo, e sem ouvi-lo. A parcialidade, o partidarismo e a ousadia fora-da-lei estão mais do que evidentes, nos próprios argumentos, que já viraram piada na blogosfera, tamanha a consistência.

Embora o pedido não tenha base legal, os movimentos sociais estão mobilizados, através da Frente Brasil Popular. Nesta sexta, por exemplo, há vigília na Praça da Sé, em São Paulo, a partir das 11 horas. Atendem ao apelo da presidenta Dilma Roussef de evitar a rua no domingo, quando estão convocados os pregadores do impeachment presidencial, da prisão do Lula, do apocalipse.

O PT também está em alerta geral, desde a quinta. Instruiu seus diretórios estaduais e municipais a manterem as sedes abertas, e a militância a não se envolver nas manifestações do dia 13, para evitar confronto. Apoia, entretanto, os atos convocados para os dias 18, nas capitais, e 31 em Brasília, nos quais Lula deve participar.

Curiosamente, nesta sexta – e dada a gravidade do noticiário do dia 0, quase passa desapercebido nas redes o presidente da Abert – Associação Brasileira de Empresas de Rádio e TV dirigir-se ao governo federal para protestar. Isso mesmo! Entregou ao ministro da Comunicação Social, Edinho Silva, ofício onde a entidade manifesta “preocupação” contra o que chama de “ataques à liberdade de expressão e à segurança dos trabalhadores de imprensa”.

O povo pega no pé Globo em defesa da "jararaca" - Fotos: Mídia Ninja
O povo pega no pé Globo em defesa da “jararaca” – Fotos: Mídia Ninja
Desliga que o Brasil melhora
Desliga que o Brasil melhora

Por Abert, leia-se, Rede Globo de Televisão. A exemplo do que aconteceu em 2013, 2014 e 2015, a plim-plim, capitã do PIG, viu-se na condição de ter que retirar sua logomarca dos microfones para que suas equipes possam cobrir as manifestações de rua. “O povo não é bobo, abaixo a Rede Globo” é a mensagem mais cordial que tem recebido a emissora que se tornou poderosa com o apoio à ditadura.

Claro que a segurança dos trabalhadores, de qualquer natureza, é vital, e os sindicatos que os representam devem cobrar respeito e proteção a quem de direito. E as empresas é quem devem se responsabilizar pela segurança de seus funcionários. Podem começar fazendo Jornalismo, assim, com letras maiúsculas,

Mas quem são os responsáveis por colocar fogo no circo?

Não são os próprios veículos de comunicação os precursores do tudo ou nada para criminalizar os movimentos sociais, o governo, Dilma, Lula e o PT?

A Globo, em particular, através de todos os seus meios, não se arvora em distribuir certezas e a omitir verdades na medida de seus interesses?

A lembrar que as empresas de radiodifusão – rádio e TV – não têm dono, mas concessionários públicos. Como tais elas estão sujeitas aos limites estabelecidos pela Constituição e pelas regras que orientam a telecomunicação no país.

Teoricamente.

Pior, fazem isso com dinheiro público, oriundo das verbas publicitárias que lhe destinam o mesmo governo, que é seu saco de pancadas preferencial, diuturnamente.

E assim continuarão, já que o governo não se mexe para remeter ao Congresso a regulação dos meios – mesmo sabendo que dificilmente passará.

Curioso é que, justo no dia em que a Abert, contraditoriamente, vai pedir proteção ao governo que quer derrubar, próceres da oposição golpista vêm a público dizer que o pedido de prisão preventiva contra Lula “carece de consistência jurídica”. O 1º Neto , candidamente, saiu-se com mais uma de suas frases de bolso: “Temos que ter nessa hora muita serenidade”. Será por quê!?

Quase que, instantaneamente, a Globo escala seus mordomos para questionar o desatino dos promotores paulistas.

Este mês de março promete ser longo.

Haja equilíbrio!

 

****************

Postagem revisa e atualizada às 11:05 horas: correção de erros gramaticais em vários parágrafos; isso que dá escrever de madrugada, depois de um dia pesado. Minhas desculpas.

 

 

 


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s