Por que a mídia venal esconde e as panelas silenciam sobre a planilha da Odebrecht

por Sulamita Esteliam

Curioso o silêncio ensurdecedor das panelas desde a divulgação da lista com os mais de 300 políticos financiados pela Odebrecht , na semana passada. Aquela que o Jornal Nacional se recusou a publicar, dada a extensão, à falta de confirmação se era legal ou ilegal e o decreto de “sigilo” tardio imposto pelo juiz Moro, o justiceiro de Curitiba.

O ativista digital Stanley Burburinho teve o cuidado de salvar as planilhas em pdf, e disponibilizou os arquivos no Facebook.

Lá estão todos os próceres da oposição, de Ahécim a Jarbas Vasconcelos, tucanos de bico duro, peemedebistas, socialistas, democratas de ocasião, praticamente todos os partidos. Qual teria sido o comportamento se da lista constasse os nomes de Lula e Dilma?

O segredo de polichinelo mais bem guardado da República não choca os moralistas de plantão, a postos para ferir nossos ouvidos quando se trata dos pedalinhos dos netos do Lula e das pedaladas para garantir os benefícios sociais da presidenta Dilma.

Pior, o fazem sem corar.

Até as areias de Boa Viagem sabem como se faz campanha eleitoral no Brasil, e também que a Odebrecht é apenas um das construtoras a fazerem os políticos comerem em sua mão, por dentro e por fora.

É como diz Antônio Martins em artigo no Outras Palavras: “é o sequestro da democracia pelo poder econômico”, a evidenciar a oportunidade de reabrir o debate sobre a reforma política. Depois que a gente derrubar o impeachment.

E é por essas e outras que a Câmara dos Deputados, a casa que pretende passar à História como golpista, tentou, no arremedo de reformar, manter o financiamento privado de campanha. A presidente Dilma Roussef, em boa hora, vetou.

No caso da Odebrecht, a internauta Thaís Goya se deu ao trabalho de cruzar as informações das planilhas da construtora com os valores declarados pelos partidos ao TSE. Concluiu que PMDB e PSDB, por exemplo, omitiram cerca de R$ 8 bilhões de doações ao tribunal, enquanto o PT declarou a mais cerca de Cr$ 300 mil.

O Cafezinho publicou, e A Tal Mineira reproduz  tabela:

 

doações odebreth x tse

 

Dá para entender o porquê de a mídia venal, a Globo especialmente, desconhecer a lista.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s