Bora com Lula, que 30 de outubro é logo ali!

por Sulamita Esteliam

As urnas falaram, e deu Lula na cabeça no primeiro turno, com cerca de 6 milhões de votos de frente do segundo colocado – com manipulação, mentiras, campanha de ódio, uso da máquina governamental e tudo mais: 48,43% a 43,20%. Não é pouca coisa.

É claro que a gente – mulheres e homens que se importam – queria, acreditou e lutou para liquidar a fatura, já! Contudo, não há motivo nem é hora de choramingar pelos cantos: nós vencemos, e quem está na liderança tem mais é que celebrar, mantendo-se ativa no campo de batalha.

Como diz Lula, estamos na prorrogação, e vamos ganhar o jogo:

“A luta continua até a vitória final. Este é o nosso lema”.

É bom não esquecer que, à essa altura há quatro anos, o ex-presidente Lula estava no cárcere da Polícia Federal em Curitiba. Enjaulado por 580 dias, por condenação sem provas, para que não ganhasse a eleição que nos trouxe o pesadelo que desgoverna o Brasil.

Lula, líder da disputa também este ano, não se esquece. Na noite do domingo 2, falou à imprensa:

“Obrigado ao povo brasileiro, por mais este gesto de generosidade. Há quatro anos, eu era tido como fora da política. E eu disse que a gente retornaria, e retornaria com mais força, mais vontade, mais disposição. Porque a única razão da gente lutar é para que o povo brasileiro conquiste aquilo que precisa.”

arte-camara-pt
Imagem capturada em PT.org.br

Há motivos de sobra para comemorar, e não vai aí salto alto coisa nenhuma: o PT aumenta suas bancadas no Congresso Nacional: de 56 para 68 deputados e deputadas e fez 3 senadores e 1 senadora.

Há 17 mulheres na futura bancada na Câmara – confira os nomes por estado no link ao pé da postagem. A Federação Brasil Esperança soma 80 parlamentares – 6 do PCdob e 6 do PV – e é a segunda maior bancada; o PL é a maior com 101 deputados, mas antes, pós-janela partidária já havia dobrado a bancada, de 36 para 78 deputados. .

O número de mulheres eleitas, no geral, cresce 18% em relação à composição atual, apesar da renovação no global ser menor: cerca de 39%.

Também fica aquém da espectativa a evolução de eleitos negros: 8,94%, embora as candidaturas com esse perfil tenham aumentado 36,25% nestas eleição, comparativamente a 2018.

Partidos aliados da esquerda, como o PSol e PSB, elegeram 14 representantes cada qual. Dentre os eleitos do PSol está Guilherme Boulos, o mais votado por São Paulo, e duas indígenas – Sônia Guajajaras (SP) e Célia Xacriabá (MG). A Rede conquistou 3 cadeiras, uma delas a que virá a ser ocupada por Marina Silva, presidenta do partido.

A representação indígena cresce de uma representante para cinco, sendo uma de direita. Mas Joenia Wapichana (Rede-RR) não se reelege.

Deputados indígenas 2022 - Agência Câmara
Fonte: Agência Câmara

São Paulo e Minas Gerais elegem duas mulheres trans, de esquerda, para a Câmara dos Deputados: respectivamente Erica Hilton (PSol), negra, e Duda Salabert (PDT).

No Senado em 2023 a representação petista passa de 7 para 8 ou 9. É que um dos senadores da bancada atual, Rogério Carvalho, lidera a disputa no segundo turno da eleição para governador de Sergipe; e o suplente não é do PT.

O PT elegeu três governadores no primeiro turno, todos no Nordeste: Fátima Bezerra, no Rio Grande do Norte; Rafael Fonteles no Piauí e Elmano de Freitas, no Ceará.

O partido é líder no segundo turno para governo estadual também na Bahia, com Jerônimo Rodrigues. E vai à luta em São Paulo, o maior colégio eleitoral, com Fernando Haddad e em Santa Catarina, reduto do Coisa-ruim, com Décio Lima.

Dentre os quatro novos senadores eleitos, dois são os ex-governadores pelo partido: do Ceará, Camilo Santana (70% dos votos), e do Piauí, Wellington Dias (51% dos votos). Outro que chega é Beto Faro, do Pará, atual deputado federal e presidente do Diretório Estadual do PT (42% dos votos). Ele substitui Paulo Rocha, atual senador pelo estado, cujo mandato termina ano que vem.

Na bancada para 2023 está, ainda, a primeira mulher pernambucana no exercício do mandato, que é de oito anos: Teresa Leitão, quadro histórico do PT, fundadora e ex-presidenta do sindicato dos professores, deputada estadual pela quinta vez consecutiva, eleita a com 46% dos votos.

senadores e senadora eleitos pt
Senadores e senadora eleitos pelo PT: Wellington Dias (PI), Teresa Leitão (PE), Camilo Santana (CE) e Beto Faro (PA)

É exemplo da força dos movimentos sociais que nesta eleição, a exemplo de pleitos anteriores, mesmo em 2018, traduz capilaridade em votos, tanto para os executivos como para os legislativos.

É também um refresco na composição da Casa dos Estados no Legislativo: os quatro eleitos do PT, mais Flávio Dino (PSB) que vem representar o Maranhão, ocupam vagas deixadas por representantes da direita.

Inegável, entretanto, que a eleição para o Senado reforça seu perfil à direita, com a recondução ou eleição da base de apoio do ser que nos desgoverna; a começar pelo PL, que assegurou a maior bancada. No frigir dos ovos, 19 dos 27 eleitos são da direita, três do chamado centro e 5 da esquerda.

Dentre os que chegam, estão a ex-desministra dos Direitos Humanos Damares Alves (Republicanos-DF); o ex-desministro da Ciência e Tecnologia e ex-astronauta Marcos Pontes (PL-SP) e o ex-juizeco, ex-desministro da Justiça, Sérgio Moro (Podemos-PR); o pastor Magno Malta (Pl-ES) e o futuro ex-vice-presidente, Hamilton Mourão (Republicanos-RS).

A lembrar que a eleição deste ano renova apenas 27, um terço das 81 cadeiras do Senado. Na maioria atual, do centro à direita, há cinco reeleições, duas dos quais do PL, uma da União e três do PSD.

O jogo é jogado e o lambari é pescado, diz o ditado popular. E esperançar é atitude, ação! Então, bote fé, se mexa e bora consolidar a vitória, que dia 30 é logo ali.

******

Fontes requisitadas:

PT Brasil: Bancada federal passa de 56 para 68 deputados, 17 mulheres

Senadores e senadora eleitos

Lula lidera no segundo turno

Agência Senado: Nova composição para 2023

Agência Câmara: Perfil da bancada indígena

Representação negra é menor que o esperado

TSE: Como ficou o quadro eleitoral após o 1º turno

******

Postagem revista e atualizada ao meio dia e às 19h30 de 04.10.2022: correção de erros de digitação, inclusão de nomena relação de eleitos ao Senado e de link com o resultado eleitoral.

*****************************************************************************

screenshot_20220926-105713-553674373664122563964

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s