Dezembro nos versos de Jomard de Britto

Já estava com saudades da poesia de Jomard de Britto, e vocês? Cheguei a pensar que, involuntariamente, havia desagradado ao poeta… Mas eis que encontro em minha atulhada caixa de mensagens mais um belo “atentado” a brindar o meu dezembro de aniversário – aqui ou dezembro publicado, impreciso. Aos versos, pois, para embalar o penúltimo … Mais Dezembro nos versos de Jomard de Britto

A ‘Cosmologia’ de Brennand, segundo Jomard de Britto

por Sulamita Esteliam Sempre que alguém vem nos visitar no Recife, se é a primeira vez, levamos para conhecer o Antigo, a partir do Marco Zero. E apresentamos, do outro lado do estuário, o Parque das Esculturas de Francisco Brennand, com seu falo voador, suas ninfas vigilantes, pássaros, ovos, serpentes e outras figuras paleontológicas. É … Mais A ‘Cosmologia’ de Brennand, segundo Jomard de Britto

Quando a poesia e o cinema se encontram

por Sulamita Esteliam O dia começou atravessado, mas aos poucos foi clareando. Deixei o cansaço de lado e me dispus ao primeiro, segundo, terceiro tempo… Sempre é tempo de recomeçar. O que nos escapa pelo caminho pode ser retomado adiante. Ou não. Abro a caixa de correio, e lá está mais um atentado poético de … Mais Quando a poesia e o cinema se encontram