Comunicação na ordem do dia

Por Sulamita Esteliam
Logo da I Confecom

Queiram ou não queiram os oligopólios da informação deste país, o debate em torno da comunicação de que dispomos está na ordem do dia. O que deixa muita gente de cabelo em pé – leia A Imprensa atormentada, de Luciano Martins Costa, no Observatório de Imprensa. Uma série de eventos destas natureza, de caráter local, regional, nacional e, até, internacional, compõem a agenda da semana – no Maranhão, Mato Grosso, no Rio Grande do Norte, em Brasília e em São Paulo.

O mais emblemático deles celebra, dia 12, em São Paulo, os cinco anos do programa Direitos de Resposta. Levado ao ar pela RedeTV, por imposição do Ministério Público, a partir da demanda de entidades contra violações dos direitos humanos pelo programa João Kleber, de triste memória. Debate e lançamento do livro A Sociedade ocupa a TV – O Caso Direitos de Resposta, produzido pela Intervozes. Clique aqui para saber mais.

Participam do debate Sérgio Sulama, procurador da República, autor da ação contra  a RedeTV, e Bia Barbosa, do Intervozes. Na sexta, de 18:30 às 21:30, na Casa das Rosas – Espaço Haroldo de Campos de Poesia e Literatura – Av.  Paulista, 37, próximo ao metrô Paraíso, na capital paulista.

*************************************

Tão  importante quanto é o Seminário Internacional das Comunicações Eletrônicas e Convergência de Mídias, que será realizado dias 9 e 10 de novembro, em Brasília. Promovido pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, vai debater as experiências, avanços e limitações dos processos regulatórios de difusão e telecomunicações em diferentes países, informa Carta Maior.

Presentes 11 especialistas, dirigentes e representantes de entidades e órgãos reguladores de Portugal, Espanha, França, Argentina, Estados Unidos e Inglaterra. Em foco os impactos das mudanças tecnológicas, seus desafios e oportunidades na nova era da digitalização. O objetivo , fornecer subsídios para legisladores, reguladores, formuladores de políticas públicas e segmentos empresariais e da sociedade civil que atuam no setor.

****************************************

Dias 10 e 11, em Cuiabá, Mato Grosso  realiza, pela primeira vez, a Semana de Democratização da Comunicação. Nos demais estados, o evento teve sua oitava edição, e aconteceu na última semana de outubro. Refere-se ao Dia Mundial pela Democracia na Mídia, comemorado dia 17.

No MT, o Coletivo Juntos Somos Fortes, representação da Enecos no estado, é responsável pela organização. Conta com apoio da UFMT – Universidade Federal de Mato Grosso  e do Centro Acadêmico de Comunicação Social da UFMT. Aqui a programação completa.

***************************************

Em Natal/RN, dia 11 ocorre o 1º Encontro de Comunicação Comunitária e Alternativa da Região Metropolitana de Natal. O evento será realizado no Auditório do Labcom, no Campus Central da UFRN, de 8:00 às 18:00.

A Paraíba promoveu, no último sábado, em João Pessoa, o Encontro de Mulheres Jornalistas. Ana Veloso, professora da Unicap e douranda em Comunicação pela UFPE, do Centro de Mulheres do Cabo e de Cátia Oliveira, do Ombuds PE, foram convidadas para falar sobre a Rede de Mulheres em Comunicação.

Clique para ler, no Ombuds PE, reportagem de Cátia Oliveira sobre o Encontro da Rede de Mulheres em Comunicação, en Recife-PE e Maragogi-AL, no penúltimo fim de semana de outubro (foto). Promovido pelo Centro de Mulheres do Cabo, reuniu comunicadoras de Pernambuco, Alagoas, Paraíba, Rio de Janeiro e São Paulo. No espírito da semana pela democracia na comunicação, discutiu o papel da mulher na transformação do olhar da mídia sobre a condição feminina, na perspectiva feminista e dos direitos humanos.

***************************************

E em São Luiz do Maranhão, começa hoje e vai até o dia 10, o 8º Encontro Nacional de Pesquisadores em Jornalismo, no Praia Mar Hotel. No centro dos debates, os desafios da pesquisa no setor.  O encontro é promovido pela Universidade Federal do Maranhão, com apoio do CNPq e do governo do estado, dentre outros. É parte das comemorações dos 40 anos do curso de Comunicação Social da UFMA.

Reúne pesquisadores e palestrantes do Brasil, Espanha, Portugal, Reino Unido e Alemanha – Muniz Sodré,  professor titular da Universidade Federal do Rio de Janeiro e presidente da Fundação Biblioteca Nacional, do Ministério da Cultura, autor da História da Imprensa no Brasil, é a estrela brasileira.  O evento se propõe a discutir 150 trabalhos científicos no campo jornalísticos. Ufa!

Um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s