Não se mata por amor, mas por instinto de posse

por Sulamita Esteliam
Mizael Bispo de Souza ouve a sentença: mentira, trapaça e dissimulação não convenceram o júri -oFto: Uol
Mizael Bispo de Souza ouve a sentença: mentira, trapaça e dissimulação não convenceram o júri, que viu agravantes de crueldade, motivo torpe e premeditação no crime – Fotos: Uol

Singular a postura do juiz, Leandro Bittencourt Cano, na formulação da sentença que condenou a 20 anos de prisão o policial militar reformado e advogado, Mizael Bispo, pelo assassinato da jovem advogada Mércia Nakashima, sua ex-namorada, em 23 de maio de 2010. O julgamento, o segundo transmitido ao vivo no país, foi encerrado na tarde desta quinta-feira, 14, em Guarulhos, São Paulo.

Mércia Nakashima foi assassinada aos 28 anos. O corpo foi encontrado dentro do próprio carro, afundado na represa de Nazaré Paulista, em junho de 2010
Mércia Nakashima foi assassinada aos 28 anos. O corpo foi encontrado dentro do próprio carro, afundado na represa de Nazaré Paulista, em junho de 2010

“Muitos crimes são praticados em nome do amor. Mas, que tipo de amor é esse? Quando é amor o que se sente, não há o mínimo desejo de se livrar da pessoa amada. O sentimento amor não faz sofrer. O instinto de propriedade, esse faz sofrer.”

Mais do que a condenação em si, numa pena que, a rigor poderia chegar a 30 anos, no limite da lei, chama a atenção, ao final, os termos que o magistrado usa na explicitação  da dosagem da sentença. Revela-se, para além do juiz, o homem, em toda sua humanidade; capaz de sentir na pele a dor alheia, sem desviar-se da responsabilidade da investidura da toga.

Prova de que razão e sensibilidade podem andar juntas com a Justiça. Dir-se-ia que não se fazem mais juízes como antigamente. Ainda bem.

Vale à pena assistir ao vídeo (tentei incorporá-lo, mas não consegui). São 18 minutos e alguns segundos. 

http://player.mais.uol.com.br/embed_v2.swf?mediaId=14320971&ver=2


Um comentário sobre “Não se mata por amor, mas por instinto de posse

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s