Papo-cabeça para Vadias, a Marcha no Recife

por Sulamita Esteliam

Tempos de vadias nas ruas. Falo da Marcha, que no Recife entra em fase preparatória nesta segunda, 20, com debate sobre direitos reprodutivos. A quantas anda a tal da autonomia, o direito de decidir sobre o próprio corpo, é a questão central proposta. A Marcha das Vadias, aqui, acontece no sábado 25.

Vadias pe 2013Sei de muitas mulheres, inclusive parcela que me dá a honra do acesso a este blogue, que se arrepia com o termo VADIA: “Como assim, eu não sou vadia …!?”

Pois digo, sem medo de errar, Euzinha, uma quase provecta avó de sete (quatro de sangue), que somos todas vadias. É assim que a sociedade nos trata, quando não seguimos as regras do jogo. Nós, mulheres, podemos até sustentar uma casa, carregar a família nos ombros em dupla, tripla jornada, e escolher nossos parceiros, ou parceiras. Podemos, mas já nascemos culpadas.

Quem manda vestir-se, insinuar-se, amostrar-se, dar-se ao desfrute…?  Mulher de respeito é mulher bem-comportada, caseira, parideira (com certidão de casamento) e calada. Do contrário, aguente e não reclame. A liberdade tem preço.

É contra isso que as mulheres em movimento, as feministas e algumas nem tanto, ou necessariamente orgânicas, se rebelam. E vão pras ruas, no mundo todo. Desde quando as canadenses criaram as Sluts Walks, protestos contra a criminalização das vítimas de estupro, da violência contra a mulher.

A primeira Marcha das Vadias deu-se em Toronto, em abril de 2011. Alastrou-se mundo afora, feito rastilho de pólvora. Em terras tupiniquins, grassou em junho, a partir de São Paulo. Uma semana depois já estava no Recife, e em seguida em Beagá, a minha bem-comportada cidade cordial. E o A Tal Mineira registrou, claro – também aqui.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s