‘O Menino Balão’: da realidade para o encantamento

por Sulamita Esteliam
img071É nos braços do Baobá, no Fortim de Olinda, que a jornalista, escritora, atriz e contadora de histórias, Fabiana Coelho, filha do Recife, pré-lança seu primeiro livro infanto-juvenil O Menino Balão, acompanhado do traço inconfundível do ilustrador, cartunista, e também jornalista e pernambucano, Libório Melo. Nesta sexta, a partir das 20 horas, no II Sarau de Histórias, encantamento organizado pelo contador de histórias Vinícius Viramundo e pela Cia Palavras Andarilhas.

No colo das tradições, como pretende cultivar o evento,  é bom lugar para uma história que nasceu oral, no trabalho de mediação de leitura com as crianças na Biblioteca Popular do Coque, em Joana Bezerra, onde Fabiana é voluntária há alguns anos. É o quarto pré-lançamento, antes do oficial, que acontece no sábado, 08, no Sindicato dos Bancários, na Boa Vista – a partir das 16 horas.

Aportou, antes, onde nasceu: para as crianças das bibliotecas comunitárias em três dos quatro cantos do Recife. Encontrou seus personagens no Coque, onde nasceu, centro-sul; sentou praça em Caranguejo Tabaiares, na Ilha do Retiro, a oeste, e reinou alegremente entre as crianças do Poço da Panela, em Casa Forte, ao norte da cidade. Pós-lançamentos virão: faltam oito bibliotecas da rede Releitura PE.

Toninho, O Menino Balão mora na Vila do Cocal, “uma ilha no meio do mundo, cercada por gente, prédios, carros, buzinas, torres e pontes. (…) Uma ilha cercada pelo esquecimento. No meio da loucura da cidade, ela abriga gente que o mundo desaprendeu a ouvir. E cada um dos habitantes de Cocal tem muita história para contar…”

A história do menino Toninho, que inchava feito um balão cada vez que se irritava é apenas uma das histórias. A primeira de uma série que a autora  denomina Meninos do Cocal. História socialmente engajada, na inspiração, na tecedura, na distribuição.

Metade da primeira edição do primeiro livro vai para as bibliotecas das escolas públicas estaduais e para as bibliotecas comunitárias. O dinheiro arrecadado com a venda da outra metade será usado para garantir uma segunda edição do livro, que tem 32 páginas e foi impresso pela Cepe – Companhia Editora de Pernambuco. Cada exemplar é vendido ao preço, social, de R$ 20.

convite

Quem não é do Recife pode adquirir o livro enviando mensagem através dos seguintes endereços:

Blog Menino Balão:  www.meninobalao.wordpress.com.

Página do livro no Facebook:   https://www.facebook.com/MeninoBalao

**************************************

Autora e ilustrador são amigos queridos, cujo talento aprendi a admirar ao longo de mais de 12 anos de trabalho comum, de parcerias também pela vida. São pessoas generosas, conscientes e comprometidas com o papel de cada um na transformação do mundo. E a melhor forma de começar é pela própria Macondo, valendo-se das armas que se dispõe.

M3393M-1011Fabiana Coelho é formada em jornalismo, profissão que lhe garante o ganha-pão, como parte da equipe de Comunicação do Sindicato dos Bancários de Pernambuco. Tem mestrado em Teoria da Literatura pela UFPE. Transformada em livro, sua tese Encruzilhadas – encontros e oposições nos cordéis de Manoel Pereira Sobrinho lhe valeu o Prêmio Jordão Emerenciano da Prefeitura do Recife/2001, na categoria Ensaios.  Tem, ainda, longa trajetória como atriz em peças como Chapeuzinho VermelhoRevolução na América do SulGran Circo em Presente de Pa lhaçoMeu reino por um drama, entre outras. Desde 2008, é voluntária na Biblioteca Popular do Coque, onde faz mediação de leitura. Encantou-se com o ofício de contar e inventar histórias. Nas artes escritas, também arrisca palavras em seu blog palavraspontes.blogspot.com.

 
LibaLibório Melo é ilustrador, chargista e caricaturista de longa data. Passou pelo Diário da Noite, Jornal do Commercio e por algumas das melhores agências de publicidade de Pernambuco. Também já foi premiado como melhor caricaturista no Salão de Humor de Pernambuco e participou ativamente do Movimento de Quadrinhos Brasileiros, nos anos 80. É colega da autora na equipe de Comunicação do Sindicato dos Bancários de Pernambuco. É também contista, e tem alguns de seus escritos publicados no sítio Recanto das Letras. Também escreve histórias para crianças, ainda inéditas, mas já lidas por Fabiana e musicadas por ele em atividade para a meninada da Biblioteca do Coque.

3 comentários sobre “‘O Menino Balão’: da realidade para o encantamento

  1. Li e gostei muito desse reportagem. “Contadora de história” é uma atividade muito interessante e culta e sempre admirei muito quem tem essa habilidade. Sucesso para o livro da Fabiana “O Menino Balão” e para você também, pessoa que admiro muito.

  2. Adorei a matéria.Só tem fera neste Pernambuco de Deus em?Parabenize por nós os seus amigos Fabiana Coelho e Libório Melo pelo talento e sensibilidade.Bjs para você mana.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s