Sem comunicação plural não há democracia que vigore

por Sulamita Esteliam

Hoje é dia de ganhar as ruas em defesa da democracia e contra o golpe, e o Brasil inteiro se prepara para se manifestar.

Antes, o A Tal Mineira publica o Manifesto dos Jornalistas Pernambucanos pela Democracia, um esforço coletivo intenso e bonito de se ver, que esta velha escriba contribuiu, modestamente, para botar no ar. O foco é o imperativo da regulação dos meios de comunicação como forma de aperfeiçoar e preservar a democracia em nosso país.

Está publicado no Marco Zero e em outros meios alternativos da blogosfera pernambucana e nacional.

 

Arte de Dani Acioli
Arte de Dani Acioli

As tentativas de desestabilização da democracia brasileira através do aparato da imprensa não são uma questão nova no país. Há, no entanto, um componente novo na crise política atual que, de certa maneira, refunda o jornalismo local. Jamais vimos, após o fim da ditadura militar, uma adesão de tantos veículos da chamada grande imprensa ao projeto de derrubada de um governo. Uma adesão turbinada por um judiciário que, por sua vez, intoxica o Brasil através de jornais, telejornais e revistas.

Uma imprensa irresponsável, que não se preocupa em falsificar números, omitir informações e, pior, incitar o arrivismo em uma já maculada sociedade brasileira. O que fica claro é que essa “grande imprensa”, a despeito de valorosos profissionais que nela trabalham, pratica cotidianamente o antiesclarecimento, o obscurecimento, ou seja: o antijornalismo.

É importante ressaltar que esse antijornalismo sempre esteve em vigor por aí, livre e impune. Se hoje trabalha com todo o ardil para derrubar um governo legítimo, por muito tempo agiu para colocar os governantes que desejava no poder. Negou a democracia mais de uma vez. Nunca a praticou de fato. O antijornalismo demorou 50 anos para admitir o erro de defender um golpe; agora, dois, três anos depois, patrocina outro, silenciando as vozes dissonantes com o discurso de mitigar seus nocivos atos por carregar o cetro da imparcialidade.

O antijornalismo corrompe, enfraquece e distorce a informação. E a informação jornalística, em seu nascimento, faz parte de um ideal humanista de levar as ferramentas à população para que ela decida, ferramentas essas que devem ser plurais e construtivas. É claro que sabemos que esses ideais não são um projeto dentro do modelo nacional, no qual o jornalismo e a informação não são vistos como direitos, mas apenas como negócios. Entretanto, a atuação de veículos de comunicação tem ferido até mesmo essa perspectiva, ultrapassando os limites do desrespeito, do cinismo e da manipulação.

Tais ações, para surpresa desses grandes equipamentos de mídia, não se dão hoje sem resposta. A matéria da Veja com um suposto plano de fuga do ex-presidente Lula, é um exemplo: foi, no mesmo dia da sua publicação, desmentida pela embaixada italiana no Brasil. A Rede Globo, um dia antes, tinha milhares de pessoas à frente de sua sede, protestando contra a cobertura historicamente tendenciosa dos veículos do conglomerado líder do oligopólio midiático brasileiro.

O que os dois exemplos nos mostram é que não é mais possível protelar uma nova regulação para a comunicação no País. Isso pode se dar através dos artigos da Constituição que já tratam do tema, embora permaneçam sem legislação que os façam valer.

Devidamente regulamentados, os artigos 220, 221, 222 e 223 da Magna Carta poderão trazer ao ambiente midiático, em especial à radiodifusão, a liberdade e a diversidade que hoje nos fazem tanta falta. Uma proposta que está na mesa, defendida pela campanha Para Expressar a Liberdade (www.paraexpressaraliberdade.org.br ), requer mais de um milhão de assinaturas para ser discutida no Congresso. Se mais uma vez cruzarmos os braços, corremos o risco de ver nosso direito à democracia transformar-se num mero bibelô constitucional.

Precisamos, de saída, desconstruir a ideia espraiada – obviamente pelos meios aqui citados – de que um novo marco regulatório é sinônimo de censura. Muito pelo contrário. A verdadeira censura, aquela que impede a livre circulação de ideias, opiniões e informações, é a que vivemos hoje, quando um punhado de barões da comunicação, de forma privada e arbitrária, definem que “verdades” iremos receber e que notícias nos serão omitidas.

A guerra da desinformação imposta pelos conglomerados midiáticos nos mostra como se faz necessário um empenho coletivo em defesa da nação, um esforço para legitimar a ideia humanista do crescimento das pessoas por meio da informação.

É sob esse ideal que nos posicionamos. Nós, jornalistas de Pernambuco, desejamos ver e construir um Brasil em que qualquer habitante possa ter acesso à informação clara, coerente e honesta. Um país onde a imprensa respeite a soberania dos resultados advindos das urnas – é preciso, afinal, acatar o desejo manifestado pelos brasileiros através do voto – e cumpra a função de formar uma consciência crítica e cidadã. Seguiremos a trabalhar nessa perspectiva, nunca junto dos que praticam e validam atentados à democracia, e sim ao lado dos que vivem para fortalecê-la.

Recife, 31 de março de 2016.

Eis a lista com as assinaturas de 211 jornalistas e estudantes de Jornalismo que apoiam o manifesto no lançamento:

Wilfred Gadêlha – DRT 3871/PE

Ulysses Gadêlha (estudante) – RG 8331215 – Universidade Católica de Pernambuco (Unicap

Ivan Moraes Filho, DRT 2684

Renato L DRT 3559/PE

Juliana Cavalcanti – DRT 2749/PE

Talita Rampazzo Diniz – DRT 4155/PE

Micheline Batista – MTB 2276/PE

Patricia Paixão -DRT/PE 2423

Patrícia Monteiro – DRT 2904

Mariana Nepomuceno – DRT 3937

Natália Kozmhinsky – DRT: 3670/PE

Domênica Conde y Martin – DRT/PE 2185

João de Andrade Neto – DRT

Ana Cláudia Dolores – DRT 3879

Gorete Linhares – DRT/PE 1598

Chico Carlos – DRT/PE- 1268

Giuliana Yuri Sato DRT 3663

Andréa Guerra de Lima DRT/PE 2248

Rodrigo Lôbo – DRT/PE 2919

Dani Acioli DRT 2820/PE

Ketheryne Mariz (estudante) – RG 8737809 – Universidade Católica de Pernambuco

Rafael Dias – DRT/PE 3889

AD Luna – DRT/PE 2900

Inácio Correia de Melo Neto (estudante) – RG 7795855 – Universidade Católica de Pernambuco

Rayane Marinho Leal (estudante) RG 9.040.409- Universidade Católica de Pernambuco

Bruna Cruz – DRT/PE 3141

Rosa Sampaio DRT/PE 3510

Aline Ramos DRT 4641/PE

Tatiana Notaro – DRT 4282

José Gustavo da Silva – DRT 2284 / PE

Sulamita Esteliam – MG02213JP

Mariana Reis – DRT 3899

Renata Magalhães DRT 2442

Christianne Alcântara – DRT 2274

Cláudio Bezerra DRT 2538

Paulo Ricardo Mendes da Silva (estudante) – RG 8821555 – Universidade Católica de Pernambuco

Amanda Luz DRT/PE 4894

Luciana Veras MTB/PE 3094

Juliana Romão DRT/PE 3018

João Carvalho- DRT 2829/PE

Tatiana Portela DRT 1804 PE

Jonatas Campos – DRT/PE 3411

Jarmeson de Lima Nascimento – DRT/PE 2970

Alexandre Yuri – DRT/PE 2942

Paulo Augusto – DRT/PE 3776

Késia Souza DRT3628

Fabiana Coelho DRT 2372

Gilvandro Filho – DRT-PE 1427

Mariana Mesquita – 2335 DRT-PE

Andreza Dantas de Vasconcelos DRT/PE:2763

Ana Carolina Sihler da Camara Lima – RG 5012790 SDS/PE

Marcel Tito – DRT/PE: 3168

Cátia Oliveira DRT/PE 4232

Ruy Sarinho DRT/PE 1239

Bruno Pedrosa Nogueira DRT/PE 3810

Carol Almeida, DRT/PE 2866

Maria Laudenice Alves Oliveira – DRT/PE 2654

Luís H. W. Ferreira, 2154 (FENAJ)

Mariana Banja Bezerra Correia. DRT/PE 4345

Júlia Kacowicz DRT 3339

Ivan Júnior DRT 2054/PE

André Zahar DRT 28013/RJ

Kalinne Medeiros – DRT/PE 2209

Christianne Alcântara DRT -2274

Raero Monteiro – SRT/RS 14572

Otavio de Souza. DRT-1586

Rodrigo Martins Aragão – DRT/PE 4458

Tiago Montenegro DRT 1898/CE

Marcus Iglesias DRT 4870/PE

Catarina de Angola DRT/PE 4477

Paulo Carvalho DRT 4773/PE

Sheila Borges – DRT/PE 2001

Ludmila Portela – DRT/PE 2151

Rani de Mendonça Vasconcelos Alves Coutinho (estudante) RG 8.418.450- Universidade Católica de Pernambuco.

Talles Colatino – DRT/PE 5165

Mariana Fontes – DRT/PE 4220

Carolina Albuquerque DRT 4799-PE

Conceição Gama – DRT/PE 4096

Helena Dias Gomes de Sá (estudante-Unicap) RG: 8.565.017

Fellipe Fernandes RG 7200087 SDS-PE

Rodrigo Carreiro RG 4083601 SDS-PE

Almir Barbosa da Cunha Sobrinho (estudante) RG: 7.264.514 SDS-PE – Universidade Católica de Pernambuco).

Carol Pacobahyba – DRT/PE – 4323

Mariana Lins – DRT/PE 5235

Fabianna Pepeu DRT/PE 1874

Ana Veloso – DRT 2259

Mariana Pires Santos – 092406 – DRT SP

Ayrton Maciel – DRT 1509

Marconi Glauco – RG 2.013.260 SSP-PE

Aline Vieira Costa – DRT-PE 4633

Patricia Cassemiro – DRT 2080

Sheila Oliveira – DRT 1962

Pedro Henrique Gomes da Paz – MTB 0005673/PE

Josué Nogueira – DRT 2179

Marcelo Soares – DRT 2530

Roberto Moraes Filho – DRT/PE 4416

Ana Aragão – DRT 2098

Germana Macambira – RG: 4677724/SSP PE

Renata Reynaldo – DRT/PE 1.902

Olívia Mindêlo – DRT/PE 3656

Fabiana Moraes DRT 2545

Yvana Fechine DRT/PE1525

Márcio Bastos – DRT-PE 0006055

Priscilla Campos – CPF: 085.468.954-06

Daniela de Lacerda – RG: 6380480-SSP/PE

Carol Ferreira – DRT 3179

Luiz Costa Pinto – DRT 1884/PE

Andrea Trigueiro DRT 2211

Juliana Karla de Souza Batista – RG 5407730 SSP/PE

Alberto da Costa Lima – DRT/PE 2488-2

Sylvia Siqueira Campos – DRT/PE 3248

Inácio França DRT-1979/PE

Aline Feitosa DRT 3149/PE

Daniel Lamir (DRT/PE – 2809)

Urariano Mota – DRT/PE1329

José Gomes Neto DRT/PE 2443

Eduardo Amorim- DRT/PE 3041

Fabíola Mendonça – DRT 2506

Raphaela de Paula – DRT 2904

Kleber Mendonça Filho, RG 3692734 SSP-PE

Juliana Lopes Moreira, RG 5165746 SSP PE

Geisa de Farias Agricio, RG 5292585 | DRT: 4850

Jorge Cavalcanti – RG 5885220 SSP-PE

Clarice Andrade – RG 4549302

Cristiana Tejo – RG 4.864.159

Kennedy Michiles – DRT/1930

Francisco Ludermir Ferreira – RG 7.850.699 SDS-PE

Marcionila Teixeira de Siqueira – DRT 2316

Monica Crisostomo – DRT 2720

Ilza Carla Lopes – RG 4334060 SDS/PE

Andreia da Silva Rocha – RG: 5285874

Renata Sá Carneiro – DRT/PE 3306 – RG 5978226 SSP/PE

Maira Baracho – DRT/PE 5672

Cláudia Chaves Lucena – DRT 1798

Luiza Fabiana Batista Pereira de SÁ Leitão – RG – 3798469 SSP-PE

Bruna Borges – DRT 4275/PE

Amanda Nascimento – DRT: 3931/PE

Luiz Carlos Pinto da Costa Junior – DRT 95.597

Kéthuly Góes – DRT/PE 2016

Bruno de Oliveira Andrade – DRT/PE 4208

Ana Nogueira – DRT/PE 2215

Joana Gondim Rozowykwiat – DRT 3779

Monica Fontana – DRT/PE 020

Tânia de Lourdes de Sousa Passos Araújo – DRT 2002

Nataly Queiroz – DRT/PE 3672

Janaína Santana Lima. RG: 3757131 – SSP-PE

Jorge Leonardo de Oliveira Cavalcanti – DRT 3908

Vitória Galvão – DRT 2142

Gilvania de Brito Ferreira – DRT 2692

Ana Cláudia Ribeiro Silva – RG: 6893514

Flora Noberto – DRT PE 3857

Alexandre Figueirôa Ferreira – DRT 1250/PE

Mauro Rossiter – RG 5081673 SSPPE

Cristina Silva RG – 4791968 – SDS/PE

Débora Nascimento – RG 4448959

Leianne Correia – DRT-PE 2.220

Pedro Henrique Marins – DRT 2.022/PE

Mariana Melcop Lacerda de Melo – RG 5921491

Diego Gouveia Moreira – DRT 4063

Ana Paula Santos – RG 3.878561

Ana Catharina de Freitas – RG: 5783080 – SDS/PE

Edgard Homem – RG 5653175 SSP-PE

Antonio Martins Neto – RG 5124764 SDS/PE

Geraldo Bringel – RG 2643661 – SSP – PE

Laércio Portela Delgado – RG 3834163

Luiz Fellipe Marques dos Santos Junior – RG 4828120 SDS/PE

Carlos Estênio Freire Brasilino – RG 2852285 SSP-DF

Lucilene Conceição Alves Ferreira – RG 5758245/SDS

Gleiceani Nogueira – DRT/PE 3837

Andréa Pessoa – DRT/PE 2061

Ylka Etienne de Oliveira Cordeiro – DRT/RN 00915

Ana Laura Farias – DRT/PE 5479

Ana Paula Santos – DRT/PE 2825

João de Andrade Neto – DRT 3532

Thiago Marinho – RG 5927852 SSP/PE

Raissa Ebrahim dos Santos – DRT-PE 5217

Mateus Araújo – DRT 5644/PE

Stella Maris Saldanha – RG 1670836 SSP/PE

Társio Alves – DRT 5641 / PE

Rita Vasconcelos – DRT/PE 2062

Thatiana Pimentel – DRT/PE 4002

Eduardo de Albuquerque Melo – DRT-PE 5043.

Débora Britto – RG 8105671

Lis Veras RG 7785286 SDS/PE

Ilka Porto – RG 4396555

Raphael Guerra – RG 7618767 – SDS

Larissa Brainer – DRT/PE 4612

Anamaria Nascimento – DRT/PE 5190

Renata Cristina Santana da Silva RG 6742257 SDS/PE

Lilian Pimentel – RG 8055350 SDS/PE

Leonardo Luiz Braga Vila Nova – DRT/PE 3812

Maria Eduarda Gueiros – RG 6748491 SDS/PE7

Roberta Rêgo – DRT 2433/PE

Carol Monteiro – RG 4623361 SDS-PE

Henrique Lima – RG 6118367 SSP/PE

Bruno Albertim – RG 4360718 SSP/PE

Laís Santos Araújo – DRT 5835/PE

Mariana D’Emery – RG 5046357 SDS- PE

Lara Maria de Holanda Soares – DRT 5157/PE

Aline Galvão – RG 7601124 SDS PE

Wellington Correia – RG 193848 SSP-PE

Simonne Lins – DRT/PE 1704

Camila Souza RG 4974416 SDS-PE

Romero Rafael – DRT/PE 5204

Michelle de Assunção Silva – DRT/PE 2393

Anneliese Pires – DRT/PE 3445

Diogo Guedes RG 7531950 SDS/PE

Isaltina Maria de Azevedo Mello Gomes DRT/DF 742

Brenno Costa – RG 7449830 SDS-PE

Eva Duarte DRT/PE 2513

Carol Vergolino RG 5225839 SSP/PE

 

PS: O grupo Jornalistas pela Democracia PE publicou o manifesto em ferramenta que permite a adesão continuada. No momento desta atualização já são 347 apoios, facilmente identificáveis pela ordem alfabética. Se você é jornalista ou estudante de Jornalismo, clique para assinar. Se é estudante, informe o nome da sua instituição.

****************

Postagem revista e atualizada em 01/04/2016, às 20:01:  substituição do link para adesão ao manifesto.

 


Um comentário sobre “Sem comunicação plural não há democracia que vigore

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s