Dilma e o povo na rua no 1º de Maio: para barrar o golpe

A presidenta Dilma Roussef e o povo no Anhangabaú: "Fica, querida!" - Fotos Mídia Ninja
A presidenta Dilma Roussef e o povo no Anhangabaú: “Fica, querida!” – Fotos Mídia Ninja
por Sulamita Esteliam

O mês de maio começou com o povo na rua nos sete cantos do País. A celebração do 1º de maio, mais do que nunca, foi de luta e indignação, mas também de muito axé e alegria, antídotos para espantar o vodu desses tempos sombrios.

Nossa gente não merece o retrocesso que querem nos enfiar goela abaixo.

O Brasil não aceita voltar a ser uma republiqueta de bananas. Não passarão!

Em São Paulo, o bloqueio às forças do atraso contou com a presença da presidenta Dilma, no Vale do Anhangabaú, coalhado de gente. A presidenta da República fez discurso enérgico em defesa do seu mandato, conferido por 54 milhões de votos, e da Democracia.

O ex-presidente Lula, com problemas na voz, cancelou sua ida, uma pena.

A mandatária da Nação aproveitou para anunciar medidas importantes para os mais pobres e para a massa trabalhadora, como reajuste do Bolsa Família em 9% e da tabela do IR pessoa física em 5%.

A atualização eleva o benefício a R$ 176 por família. O Bolsa Família hoje alcança 47 milhões de brasileiros na linha da extrema pobreza (com renda até R$ 77 reais por pessoa) e da pobreza (renda até R$ 164 por pessoa),

 

 

Dilma sendo Dilma, com toda a energia que a mantém de pé e na resistência escancara o projeto dos abutres golpistas.

Desta forma, o ato foi também de desmistificação do mito criado pela oposição, e sustentado pela mídia venal, de que o governo Dilma já era. Agem como autômatos num país imaginário, onde contam com uma maioria de que não desfrutam, a desconhecer que a vida segue apesar deles.

No mundo da fantasia é preciso desconhecer a lei para validar o impeachment como caminho sem volta. É indispensável legitimar o sucessor a temer – perdão, mas não resisti ao trocadilho – com a discussão de programa do desmonte das realizações dos últimos 13 anos, de assalto aos direitos e garantias individuais e coletivas. É fundamental tratar da escolha da equipe capaz de prestar-se a tal papel.

Desfaçatez tamanha não tem outro nome que não seja golpe.

 

 

O Mídia Ninja publica o balanço dos acontecimentos do 1º de Maio Brasil afora. Clique para ver.

A Tal Mineira capturou algumas fotos do coletivo, confira:

 

Os cães ladram e a caravana passa. Já os golpistas, todavia, esses, não passarão.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s