O que está por trás da prisão de Temer & cia; alguns palpites…

por Sulamita Esteliam

Concordo com os coleguinhas analistas que a prisão de Michel Temer, usurpador golpista, não é para ser comemorada nem lamentada. Com ele também foi pro xadrez seu ex-ministro Moreira  Franco, ex-governador do Rio, mais conhecido como Gato Angorá, apelido colado pelo grande Leonel Brizola.

Primeiro, e esta é a minha opinião, porque é bagaço de laranja, perdeu a serventia depois que se prestou com esmero ao serviço sujo de traíra, e só por isso vai em cana. Quando violou a Constituição, abriu a caixa de pandora, desmontou o estado democrático de direito. Pronto, agora é compostagem para esvanecer maus odores e dar fôlego aos ideólogos da liquidação-Brasil.

Segundo porque só foi preso porque é conveniente para desviar o assunto do vexame do chefe do desgoverno delirante na recente viagem aos Estados Unidos, de um lado. De outro, para a Lava Jato mostrar que ainda tem dentes,mesmo depois de ser obrigada a mastigar vidro pelo STF. Bambos e rareados, mas os tem.

Terceiro porque o ex-superministro Sérgio, o que nunca foi, ainda tem poder sobre seus acólitos lavajateiros, e não consegue viver sem um espasmo que seja de poder.

O próprio ex-presidente Lula, preso político da Lava Jato há quase um ano, alerta para a “pirotecnia” da prisão de Temer:

“A Lava Jato tenta desviar a atenção do descrédito em que estava caindo e do fundo de 2,5 bilhões que negociaram com os EUA. A Força Tarefa não precisa de pirotecnia para sobreviver, precisa de sobriedade”, diz o primeiro texto.

Lula usou as redes sociais par amandar o recado. Ele que nesta quinta recebeu visita de juizes federais que lhe manifestaram solidariedade contra sua prisão política, injusta e ilegal. Diz mais:

“Instituições poderosas como o MP e a PF não podem ficar fazendo espetáculo. Todo aquele que cometer um crime, se o crime for provado, tem que ser punido. Seja o Temer, ou o Lula. Seja o FHC ou o Bolsonaro. Ninguém pode ser preso sem o devido processo legal.”


Dito isso, pergunto se o vampiro ainda pode sugar o sangue de algum comparsa. Quem será que ele delataria, quem, quem?”

Escolho publicar o artigo que colhi no Jornal GGN. É da lavra de Ricardo Capelli, secretário da Representação do Maranhão no DF, ele que é jornalista, pós-graduado em Administração Pública pela FGV.

Temer: resposta da Lava Jato?

por Ricardo Cappelli – no Jornal GGN

Circula nos bastidores que o juiz Marcelo Bretas pode ser candidato à prefeitura do Rio em 2020. Após Moro abandonar a carreira, o magistrado carioca parece estar com sede de assumir a liderança da operação pelo judiciário. Claro que isso não tem nenhuma relação com a espetacular prisão preventiva de Temer, sem condenação ou trânsito em julgado, nem mesmo em segunda instância. Vamos reconstituir os fatos.

A Lava Jato sofre uma grande derrota no STF, que decide tirar das mãos da “Operação” e enviar para a justiça eleitoral os inquéritos relacionados aos fatos envolvendo a prática de caixa dois. Enlouquecido, Deltan”Torquemada” Dallagnol desfere ataques virtuais contra membros da corte, estimulando uma onda de milícias digitais que atuam no submundo da internet difamando e destruindo reputações. Alguns chegam a fazer ameaças físicas. Como o STF reage?

Sob protesto da ala “neoiluminista” e “neopositivista da corte, aliada da “República de Curitiba”, o presidente Dias Toffoli abre inquérito para apurar as origens do ataque. Quem estimula? Quem financia? Quem está por trás da desestabilização das instituições? Serão encontradas “pegadas” de Curitiba?A Ordem dos Advogados do Brasil se pronuncia na defesa do inquérito e das instituições.

O “ex-todo-poderoso” Sérgio Moro vê o presidente da Câmara criar uma comissão com sete membros para avaliar seu projeto de combate ao crime organizado por 90 dias. Na prática, joga sua apreciação para o segundo semestre. O Ministro da Justiça reage indignado e passa a provocar Maia, que responde chamando-o de “funcionário de Bolsonaro”, “que ele está trocando as bolas”, e fazendo pouco caso de seu projeto dizendo que ele é “um copia e cola” dos projetos apresentados pelo ex-ministro da justiça Alexandre de Moraes.

Qualquer recém-nascido com mais de cinco quilos filho de um esquimó da Antártida consegue perceber que é o pior momento vivido pela Lava Jato. Some a isso que Bolsonaro enfrenta uma queda de 15 pontos percentuais de popularidade em apenas 60 dias, um recorde histórico. Está clara a necessidade de reagir?

E a reação veio. Por coincidência, claro, sai da manga a prisão de Temer e de Moreira, por outra coincidência, sogro do “Botafogo”. Ratificando: sem julgamento. Sem condenação. Sem trânsito em julgado. Nem mesmo em segunda instância.

Quem está comemorando a reação da “Operação”? Bolsominions que desviam o foco do problema central, a falta de projeto para retomada do crescimento no Brasil, e políticos oportunistas e perdidos da esquerda que, numa postura esquizofrênica, condenam ou comemoram as prisões ilegais, dependendo da filiação do preso.

A Lava Jato é um projeto de poder. Utiliza-se, em alguns casos, de problemas reais de nossa jovem democracia para, rasgando o Estado Democrático de Direito, pavimentar seu caminho para o poder. A corrupção precisa ser enfrentada, claro. Mas vem sendo usada como pretexto para rasgar a Constituição de 88 e implantar no país um estado de exceção.

O alvo não é o fim da corrupção. A seleção dos presos é demonstração cabal disso. O que eles buscam é o poder. Quem não entender isso não vai entender nada do que está acontecendo no Brasil.


2 comentários sobre “O que está por trás da prisão de Temer & cia; alguns palpites…

  1. Sim, e Lava Jato é um projeto “Made in USA”, e com a Fundação da República de Curitiba teria os recursos para dirigir a narrativa para conseguir seus objetivos na eleição de 2022 – Moro, o super-heroi para Presidente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s