Aroeira e a crônica de uma farsa anunciada: #MoroGloboGate

por Sulamita Esteliam

Forçoso é acompanhar os desdobramentos da reportagem implosiva do The Intercept Brasil sobre a #VazaJato ou #Morogate. Na quarta, o sítio publicou a sequência completa dos diálogos entre Dallangnol, da Força Tarefa lavajateira e o juiz que se fez inquisidor: é devastador o nível de ilicitudes.

Dele não escapa, sequer, ministro do STF, com tudo… : “In Fux, we trust, responde Sérgio Moro à notícia de capitulação do magistrado da Suprema Corte celebrada pelo procurador-chefe da Lava Jato.

Como bem diz o colega Leandro Fortes, “esgoto a céu aberto”  – Judiciário e o Sistema de Justiça, onde se insere o Ministério Público, que em tese representa a sociedade, a cidadania.

O querido e genial Aroeira desenha à perfeição, para todo e qualquer entendedor. Crônicas de uma farsa anunciada.

No paralelo, quem assiste a TV monopólica global, ou quase, há de entender que a coisa é mais grave do que possa imaginar qualquer vã filosofia.

A Globo passa recibo ao tentar desmoralizar o trabalho de Glenn Greenwald um jornalista Prêmio Pulitzer, que trouxe Snowden e a NSA para o mundo e desmoralizou a CIA – isso mesmo, a agência de espionagem norte-americana.

Chega ao ponto de afirmar que as revelações seriam inventadas por Greenwald. É preciso ser muito criativo para descer a tal nível de detalhes. Ou é isso que se pode chamar de, “eu tiro os outros por mim”…

Além do mais, como sugere Miguel Nicolelis, o maior cientista brasileiro vivo, é fácil provar: basta o STF autorizar a PF quebrar o sigilo telefônico e telemático de Moro e seu escudeiro Dalangnol:

A mídia venal faz pouco e descontextualiza, não explica as consequências trágicas, senão para Lula – que precisa ser libertado, urgentemente, e ter anuladas suas condenações – para o país – veja o que diz o Manchetômetro sobre o olhar do PIG a respeito da farsa.

São parceiros, afinal. #MoroGloboGate pode bem ser o outro nome para a arbitrariedade.

Por isso a Globo está enlouquecida: porque está envolvida até a raiz dos cabelos que os filhos do Roberto Marinho não possuem – com o #MoroGate e quem o aliciou e sustenta. #MoroGloboGate é o outro nome para engodo.

Sabe muito bem o que fez nos últimos invernos e verões passados.

É a própria desmoralização do “moralismo de viseira”, na fala sempre certeira do colega Bob Fernandes em seu canal no Youtube, ainda sobre as primeiras revelações do The Intercept. É o desnudar completo da hipocrisia, da irresponsabilidade, da farsa monstruosa que nos trouxe até aqui.

O buraco, portanto, é mais em cima. E pode espernear à vontade, o PIG, sobretudo a Globo, é parte indissociável das aberrações comandadas a partir dos Estados Unidos, e o escândalo já ganhou o mundo

São marionetes do Tio Sam.

Paulo Henrique Amorim, do Conversa Afiada, usa sua TV para chacoalhar a moringa global. Só mesmo fazendo piada. Veja aí:

 

 

 


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s