O capiroto assombra o Brasil e o mundo

por Sulamita Esteliam

Não tenho estômago nem saúde mental para sequer ouvir o capiroto que ocupa a Presidência da República, que dirá vê-lo. Entro em processo de fúria e agonia só de ler o que da boca dele chega a mim, via terceiros.

Bem sei que não é atitude que se espera de uma jornalista ou mesmo de uma blogueira. Mas está além das minhas forças. Como diz a minha caçula “zero condições”.

Ela assistiu. E quando fui cobrar o vídeo que havia pedido para fazer do panelaço-barulhaço, por que mora mais no miolo de Boa Viagem, respondeu:

– Maiinha teve, mas ficou muito ruim o vídeo. E eu muito desorientada com essa fala dele, maiinha… não é possível que ninguém vai interditar esse homem, não… não é possível, não, véi!

“Criminoso” foi o menor dos adjetivos que apareceram nos comentários no Twitter sobre o pronunciamento da noite desta terça-feira.

Insistiu que a pandemia mundial – “apocaliptica”, conforme o secretário-geral da ONU, Antonio Gutierrez em carta ao mesmo capiroto – que já matou milhares de pessoas,  é “uma gripezinha”.

Voltou a falar de “histeria” da imprensa e da atitude dos governadores que tomam as medidas indispensáveis para brecar o avanço do Covid-19, e que no Brasil está apenas começando. Conclamou a volta dos jovens às escolas e as pessoas às ruas e do país “à normalidade”.

“Irresponsável” é a classificação do presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), contaminado pela doença, à fala presidencial. Eis um trecho da nota assinada conjuntamente com o vice-presidente, Antônio Anastasia (PSDB-MG), aquele relator do processo fraudulento que derrubou a presidenta Dilma.

“Neste momento grave, o País precisa de uma liderança séria, responsável e comprometida com a vida e a saúde da sua população. Consideramos grave a posição externada pelo presidente da República hoje, em cadeia nacional, de ataque às medidas de contenção ao covid-19. Posição que está na contramão das ações adotadas em outros países e sugeridas pela própria Organização Mundial da Saúde (OMS).”

Ao que parece, o capiroto-presidente conseguiu unir apoiadores e a oposição, que já fala em processo de impeachment, contra si.  Até a Globo, que ajudou a colocá-lo onde está, reagiu desfavoravelmente.

No mínimo, tem que ser interditado por insanidade.

Caso você não tenha visto o mais recente atentado contra o povo brasileiro ao vivo e em cores, pode ler trechos do pronunciamento aqui.

Isso tudo sem contar a adoção de medida provisória que suspende os contratos de trabalho e os salários dos trabalhadores por quatro meses. Segue na contramão de líderes planeta afora, onde se busca compensar as perdas com ajuda do Estado, e de qualquer responsabilidade, sequer traço de humanidade – no bom sentido.

Tudo pelo dinheiro? Ora, Bill Gates, um homem de negócios dos mais ricos do Planeta, e também um filantropo, defende o autoisolamento como forma de prevenir a contaminação pelo Coronavírus, apesar dos efeitos danosos à economia. Disse ele em recente teleconferência:

“É muito difícil dizer às pessoas: ‘Ei, vá a restaurantes, compre casas novas, ignore a pilha de corpos no canto, queremos que você continue gastando porque há algum político que acha que o crescimento do PIB é o que conta.”

Um amigo comenta no zap-zap, em tom de blague, que o capiroto “faz mal à saúde”. Com certeza, mas é mais do que isso: é um genocida, que não está nem aí para as consequências.

Não é com ele, e isso não pode ser tolerável. Todos os limites extrapolados. Mas ele banca. Tem costas quentes na milicada que o cerca, será?  É o que vamos ver, pois tudo indica que a batata dele começa a cheirar a queimado.

O des-pronunciamento foi acolhido com panelaço-barulhaço em várias capitais do país. Compartilho vídeos que mostram como foi a reação no Recife, onde moro. Intercalo com comentários de políticos e outras personalidades colhidos no Twitter:

“Como que o líder de uma nação de mais de 200 milhões de hab fala assim ? Que isso. Atleta não sofreria se pegasse ? Escolas abertas ?? É, depois de um golpe, vem um período de trevas. Recuperemos urgente os arrependidos e enganados. A imprensa levando a culpa e ainda não se une?” – Juninho Pernambucano, ex-jogador brasileiro

“Pronunciamento de Bolsonaro é irresponsável: mentiu ao dizer que covid-19 “brevemente passará”. É criminoso: colocou-se contra medidas de distanciamento social que salvam vidas e evitam colapso de rede hospitalar. Culpa a imprensa por “histeria”. É um incapaz perigoso no poder.” – Kennedy Alencar, jornalista

“Bolsonaro continua mentindo. Tirou os brasileiros da China depois de pressão. Foi na manifestação q convocou e depois usou máscara. Fala s/ desemprego e editou MP q facilita a demissão. Diz q os jovens devem ir à escola mas ñ liga p/ convivência c/ idosos. Inconsequente!“- Gleisi Hoffmann, deputada e presidenta do PT

“Bolsonaro fala para os seus. Gente que acha de boa “um monte de velho” morrer. Que dinheiro é o que conta mesmo. Poder. Privilégio. Essa merda toda. Não é humano isso. Não deveria ser.” – Ivan Moraes, vereador Recife (PSol) e jornalista

“Não pode ser sério um presidente insistir que o #covid19 é uma gripezinha. E os casos na Espanha, Itália? A gente pensava que ele já tinha superado essa fase, mas só reforçou ataques a governadores, imprensa e criticou isolamento. Vidas estão em jogo! O que falta para a renúncia?” – George Marques, jornalista

“Não pode haver mais hesitação do Congresso e do STF. O Presidente do Brasil é totalmente fora da caixinha. Sua interdição por motivo de total insanidade é uma necessidade de emergência máxima.” – Hildegard Angel, jornalista

“Pronunciamento em rede nacional comprova que os suíços estavam certos: Bolsonaro é o idiota mais perigoso do mundo! “- Paulo Pimenta, deputado federal e líder do PT na Câmra

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s