Caixa libera aplicativo para requerer o Auxílio Emergencial de R$ 600, confira!

por Sulamita Esteliam

Demorou, mas o desgoverno federal liberou o credenciamento das pessoas para o Auxílio Emergencial de R$ 600, aprovado há  dias pelo Congresso Nacional. A Caixa Econômica Federal disponibilizou, nesta terça, 07 o aplicativo de smarthphone, sistemas Android e IOS . O sítio do banco com as informações sobre como requerer o benefício também está no ar.

Vale lembrar que este mesmo desgoverno, que tentou desmontar o nosso Sistema Único de Saúde, também inclui a Caixa e o Banco do Brasil em seu alvo de desmonte para favorecer o capital privado. Como em meio à pandemia como o Covid-19,  e agravamento da crise econômica e social abrir mão de estrutura do Estado desta natureza?

Como bem lembra o ex-presidente Lula, que nesta terça fez live com políticos para discutir o agravamento da pandemia do novo coronavírus no Brasil, é preciso um Estado forte para lidar com a crise sanitária:

 “O momento não é de discutir dívidas, é de discutir como salvar vidas. Tem uma verdadeira guerra sanitária no país e as pessoas mais carentes precisam sobreviver para evitar ser infectadas pelo vírus, a gente percebe que falta tudo.”

A ideia é que a renda básica vigore durante a pandemia do Coronavírus, no mínimo três meses. Os valores vão de R$600,individualmente, até R$ 1.200 por família que se enquadre nas condições de beneficiada.

Têm direito a solicitar o auxílio os trabalhadores maiores de 18 anos desempregados, informais, autônomos, MEIs e contribuintes individuais do INSS. Para pessoas inscritas no Cadastro Único e beneficiários do Bolsa Família o pagamento será automático.

O acesso é garantido a quem pertença à família cuja renda individual não ultrapasse a meio salário mínimo, R$ 522,50 ou renda familiar até R$3.135,00, equivalente a três salários mínimos.

A expectativa é que o pagamento para quem está no CADÚnico comece ainda esta semana. Quem se cadastrar agora recebe em até 48 horas após o requerimento. Já os beneficiários do Bolsa Família seguem o calendário oficial do pagamento, a partir do dia 16 deste mês.

A divulgação provocou congestionamento no portal da Caixa, dificultando o acesso não apenas à página específica, como também em outras operações do banco.

Da mesma forma, houve uma corrida às agências em algumas capitais. Pode parecer que não, mas no mundo real, muita gente não tem acesso à tecnologia smartphone nem à internet.

Um detalhe que faltou na divulgação da Caixa, mas que está na página que explica a concessão do auxílio, é que só precisam se cadastrar a cidadã ou o cidadão que não faz parte do CADÚnico, o cadastro que reúne informações sobre a população carente e abaixo da linha da pobreza.

Outra falha na já demorada abertura do processo para pagamento do benefício é que o desgoverno ainda não disse como a população mais vulnerável, como os moradores de rua por exemplo, vai ter acesso ao auxílio.

Confira os detalhes para solicitação do Auxílio Emergencial na arte abaixo, que este A Tal Mineira capturou no Jornal GGN:

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s