Pernambuco e a convivência gradual. E sim, SP já tem uma vacina para chamar de sua, e ela é chinesa; o Brasil terá ou não…

por Sulamita Esteliam

Na contramão da mentira, escolho três notícias para tricotar um pouco por aqui. Três boas, uma ruim; todas relacionadas com a pandemia do novo Coronavírus.

Um escore respeitável para os últimos tempos, sobretudo nas hostes tupiniquins, vamos combinar.

A boa notícia número 1 diz respeito à minha Macondo de coração: duas semanas após a reabertura das praias, com comércio, com tudo, não houve recrudescimento dos casos de contaminação pelo novo Coronavírus.

Palavra do Governo do Estado de Pernambuco, que, na outra ponta, se animou a permitir a reabertura das aulas presenciais para o ensino médio. Há protocolos a seguir, disponíveis no portal Pernambuco contra o Coronavírus.

Faz sentido. Se você anda pelas ruas, verá que só a escola segue fechada. Os jovens estão por toda parte, lindos, leves, soltos, e boa parte sem máscara.

Sentem-se imunes, e seria ótimo que o fossem, para o bem geral. Quem é adultx, madurx, tem algum tipo de comorbidade ou é velho ou velha que se cuide. O mundo é deles.

A retomada se dá a partir da primeira semana de outubro, em escala gradativa de três etapas, de acordo com o período cursado. Começa pelo terceiro ano.

O retorno dos alunos menores de 18 anos está a critério dos pais. E as escolas terão que garantir o ensino virtual para aqueles que optarem por esse sistema.

A Região Metropolitana do Recife, as zonas da Mata Sul e Norte e a região que tem polo em Caruaru avançam na etapa de abertura do serviço de alimentação.

O horário foi ampliado até meia noite e a lotação agora é de 70% da capacidade, mantida a distância obrigatória de 1m entre as mesas.

A boa notícia número 2: o teste da vacina chinesa em parceria com o Instituto Butantã foi bem sucedido em 95% dos casos; cerca de 50 mil pessoas sem reações adversas, segundo o Governo do Estado de São Paulo.

O estado líder em contaminação e mortes por Covid-19 no país, espera receber 60 milhões de doses da Coronavac até fevereiro. A ver que atitude o desgoverno central tomará em relação às demais regiões do país.

Bom lembrar que, na contramão das recomendações da OMS, o Brasil fechou os olhos e a bolsa para a necessidade de testar a população como tática de conter a proliferação do vírus.

Dados do IBGE mostram que apenas 17,5 milhões de brasileiros e brasileiras passaram por algum tipo de teste. O percentual é em torno de 8,5%, muito abaixo das médias globais.

Registre-se que a perspectiva assinalada pelo médico britânico Jeremmy Farrar, diretor do Welcome Trust, é de que se chegue a meados de 2021 com a 30% da população mundial vacinada.

Recorde-se que Jeremmy foi dos primeiros a alertar para o aumento dos casos de pneumonia em Whuan, na China, ano passado. O argentino Página 12 publica a informação – link ao pé da postagem.

Significa que estaremos então mais próximos de algo próximo do dito “novo normal”.

A notícia ruim chega em comitiva: caminhamos a passos largos para contar 150 mil mortos em 4 milhões e meio de infectados por Covid-19 no Brasil, com subnotificação com tudo. Os dados do dia do Ministério da Saúde reportam 138 mil 977 óbitos contados nesta quarta, 23.

A média móvel de mortes nos últimos 7 dias é em torno de 696 e 29.400 casos confirmados, segundo o Conass – Consórcio Nacional de Secretários de Saúde.

Fonte: Ministério da Saúde/Conass – Artes capturadas na RBA

Em Pernambuco, a Covid-19 já ceifou 8.085 vidas desde o início da pandemia – 30 das quais registradas nesta quarta, desde o dia 11 de maio – de um total de 143 mil 165 infectados.

Os contágios mais recentes têm sido, em sua absoluta maioria, leves, sem necessidade de internação hospitalar, afirma a Secretaria de Saúde.

A torcida é de que as autoridades pernambucanas tenham razão em suas tomadas de decisões sobre a convivência com a peste. Até agora, tem funcionado.

A contagem da Organização Mundial da Saúde (OMS) mantém o Brasil na vice-liderança do ranking mundial de vítimas fatais, e a 3ª posição em diagnósticos positivos.

Seguimos de perto o campeão em genocídio, que é o Estados Unidos com mais de 200 mil mortos e 6,7 milhões de contaminados. Para o capiroto-presidente, rei do complexo de vira-latas que nos assola desde sempre, é a glória.

*******

Fontes citadas:

*******

Postagem revista e atualizada em 24.09.2020: correção de erros de digitação e de ortografia, com minhas desculpas.

 

 

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s