Abalo sísmico: Lula chama Haddad para botar o bloco na rua para 2022

por Sulamita Esteliam

Para iluminar o fim de semana, depois de dias presididos pela náusea e prenúncios de mais tempestades, eis uma boa notícia: Lula chamou Haddad, pediu que ele bote o bloco na rua para 2022, o professor concordou e a boa nova ecoou aos quatro ventos.

Abalo sísmico nas hostes políticas e midiáticas. 

Mesmo condicionada ao impedimento político do ex-presidente Lula, a notícia ganhou manchetes na mídia convencional. E não é preciso dizer que as redes pipocaram com a novidade.

O professor, advogado, ex-ministro da Educação e ex-prefeito de São Paulo foi ao Trending Topics do Twitter e por lá ficou ao longo de todo o dia e noite adentro.

Direita média, extrema e dissimulada. Centro, centrão e muro. Esquerda, esquerda média e ex-querdas, tudinho acusou o golpe.

Até o Guilherme Boulos, um aliado nas boas e más horas, diga-se, cobrou “a união das esquerdas em torno de um projeto para o país, antes de se escolher nomes“.

É lógico que tem que haver um projeto de reconstrução do Brasil, assolado pelo genocídio, pelo desmonte das políticas públicas e do patrimônio nacional, pelo sucateamento da economia ante cegueira da ganância, pelo empenho em minar a educação, a cultura, a ciência, a autoestima do povo, as relações internacionais.

É óbvio e urgente.

E Lula já pontuou o que é fundamental para vencer o pesadelo ao qual estamos presos, em discurso no 7 de setembro.  No final daquele mês, o PT e a Fundação Perseu Abramo lançaram o Plano de Reconstrução do Brasil

A base está posta, bom lembrar.  Discutir o Brasil, e colher subsídios é apenas a principal tarefa colocada na pauta das andanças do professor-candidato para cumprir a missão que lhe é dada por Lula: “conversar com nossa gente e discutir um projeto de país”.

Em entrevista à CMN, Fernando Haddad confirmou o que já havia admitido em entrevista ao Diário do Centro do Mundo, no domingo, 31, e que não deveria ser surpresa para ninguém:

“Meu nome está colocado, é evidente que meu nome está colocado. O patamar é outro, se o presidente Lula recuperar seus direitos políticos.”

Na quinta, ao Brasil 247, Haddad explicou as razões de Lula para “o PT botar o bloco na rua”: o partido não pode ficar refém das indefinições do STF quanto ao julgamento da suspeição de Sérgio Moro nos processos que o condenaram, o que lhe devolveria os direitos políticos.

A conversa entre os dois se deu no último dia 30. Haddad repetiu o que está dito no vídeo acima, e acrescentou:

“Não sei qual vai ser a decisão que o Supremo vai tomar. Espero que seja a mais abrangente, anulando os atos do juiz Moro onde quer que Lula tenha sido parte. Essa é a minha visão do que deve ser feito. Aconteça o que acontecer com o julgamento, nós vamos continuar trabalhando a tese de que nós não estamos fazendo isso por cálculo eleitoral. Nós estamos fazendo por isso para a dignidade do maior presidente da história desse pais. Não vamos abdicar dessa luta.”

O professor Fernando Haddad, lembre-se, foi o candidato do partido em 2018, na impossibilidade do líder das pesquisas, Lula da Silva, condenado e preso pela república de Curitiba, agora engolida pelo pântano onde sempre charfurdou.

Em campanha curta, com os lobos arreganhando os dentes a açular o antipetismo, o antilulismo, com mentiras, mamadeira de piroca, kit gay e tudo mais obteve 47 milhões de votos.

O Brasil, mergulhado no prenúncio da era da ignorância, escolheu o capiroto. Deu no que deu.

Não ia escrever sobre política hoje. Faz tempo que me cobro retomar o projeto da Leitura Literária pro canal do blogue, e o dia é sexta. Diante do alvoroço, não resisti. Fica para a próxima.

O colega Xico Sá, cronista do El País, bem expressou no Twitter sobre “o espanto com a candidatura do professor e executivo competente à Presidência da República”, quando ninguém se manifesta sobre a possibilidade de um animador de auditório na mesma postulação: “Tem algum assombro fora de lugar nessa parada”.

Pois então…

Ora, ora, ora… e o PT foi engolido pelas urnas, não foi!? Então, têm medo do quê?

Calma, gente, é só a largada. Ainda falta um ano e nove meses para o primeiro o veredito.

Certo é que PT bom é PT acuado, e Lula acabrunhado no seu canto, ou mesmo desfrutando de amor renovado, mas sem dar pitaco.

Esquecem de um detalhe: Luiz Inácio é bicho político que não dorme no ponto. A jararaca está viva, e chocando ovos e ideias para alimentar a ninhada.

Bom fim de semana, meu povo.

E não se esqueça que sábado é Dia da Solidariedade e de protesto contra o genocídio, a fome, o desemprego, pelo auxílio emergencial contra o caos e por vacina para todos, e já!

Segue aí a lista com os pontos de concentração Brasil afora. Localize sua cidade e participe, com os cuidados sanitários devidos. Máscara não adereço, é cuidado indispensável.

Atos já confirmados nas capitais e cidades do país*

  • Natal/RN – carreata saindo às 8h da Praça Gentil Ferreira, Alecrim
  • Porto Alegre/RS – carreata com concentração a partir das 16h, na esquina da Avenida Sertório com a Rua Dona Alzira, ao lado do hipermercado BIG, na Zona Norte da capital gaúcha.
  • Recife/PE – bicicletada, saindo as 8h30 da Rua Frei Cassimiro, Largo Santo Amaro.
  • Teresina/PI – 8h00, Parque do Lagoas do Norte, tem ato com carro de som no Parque Lagoas do Norte e entrega simbólica  de cestas básicas na comunidade Quilombo da Boa Esperança.
  • Bauru/SP – carreata pelo #ForaBolsonaro, a partir das 9h, com concentração na Praça da Paz // Ato no Facebook: https://fb.me/e/22ISXRFOi
  • Betim/MG – às 10h no Ginásio Poliesportivo Divino Braga
  • Campinas/SP – carreata a partir das 10h, com concentração na Lagoa do Mingone
  • Contagem/MG – às 10h na Praça Irmã Maria Paula
  • Petrolância-Contagem/MG – Rua Reginária Duque de Caxias
  • Venda Nova/Distrito de Belo Horizonte –  às 10h na Av. Cristiano Machado 10140

com CUT e Agência PT

*******

Fontes citadas:

Brasil 247

CMN

DCM

*******

Postagem revista e atualizada em 08.02.2021: correção do número de votos obtidos por Fernando Haddad no segundo turno das eleições presidenciais de 2018: 47 milhões e não 45 milhões de votos como informado anteriormente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s