Em Olinda, Observatório Popular quer mexer as estruturas EM DEFESA DA CIDADANIA

 por Sulamita Esteliam

Em boa hora recebo a notícia de que um grupo profissionais de diversos saberes criou e mantém em ação o Observatório Popular de Olinda. A ideia é sacudir as estruturas pela reflexão, pela fiscalização, proposições e pelo fazer solidário.

O verbo esperançar, de que nos fala Paulo Freire, ganha nome, endereço e sobrenome. Gente disposta a doar tempo e cérebro para traduzir insatisfação em ação coletiva. É dessa energia que se faz o movimento.

São publicitários, advogados, professores, assistentes sociais, artistas, funcionários públicos – de esquerda, centro-esquerda , filiados, ex-filiados ou não filiados a partidos políticos. Pluraridade como marca e favorecimento da compreensão de realidades diversas.

Recém-lançado, a 14 de abril, os ativistas já se contam às dezenas: passam dos 60, segundo Eutrópio Édipo, coordenador do Observatório Popular de Olinda, o OPO.

Motivos é o que não faltam. Mas a ideia parte do geral para o particular, explica o advogado, professor, militante pelos direitos humanos e ex-secretário-adjunto de Justiça do governo Miguel Arraes:

Nos reunimos para descobrir o que fazer em um cenário no Brasil que consideramos profundamente perigoso institucionalmente.

Constatamos perdas de conquistas históricas da democracia, principalmente no âmbito social após a eleição de Bolsonaro. Buscamos instrumentos ou meios que pudessem representar a insatisfação de grande parcela de cidadãos e cidadãs moradores da cidade de Olinda.

Ao mesmo tempo, como habitantes dessa cidade, temos o dever de lutar pelo bem estar de seu povo. Assim  estamos determinados a fiscalizar ações do Executivo local quanto a políticas públicas, como também propor ao Legislativo, quando couber.

IMG-20210510-WA0019

A campanha #ForaBolsonaro inaugura as ações visuais de rua e se junta às atividades nas redes, lives semanais que discutem a conjuntura nos aspectos político, social, econômico e cultural.

Moradores são convidados a produzir e colocar em sua fachada ou janela bandeira com a frase expulsadeira em letras brancas sobre fundo preto, como deve ser num país em luto permanente. Detalhe, cada qual paga o custo do seu pendão de esperança.

Outra campanha é de solidariedade: distribuição de alimentos e cestas básicas nas comunidades de Rio Doce (Boliboli) , Bonsucesso e para artistas da cultura popular.  A ação solidária inclui um papo-cabeça sobre o porquê da carência, e sobre as razões Brasil estar chafurdando no pântano.

Com a pandemia em curso e no pico, a reflexão sobre conjuntura é feita, também, em lives semanais, transmitidas pelos canais do Observatório Popular de Olinda. Deixo o acesso ao pé da postagem.

Desde a live inaugural, dia 14 de abril, que discutiu o cenário político nacional e seus reflexos em Olinda, já são cinco transmissões sobre temas diversos: saúde, educação e retorno às aulas na pandemia; desemprego, fome, inflação e precarização do trabalho em tempos de pandemia; cultura e os reflexos da pandemia na cena artística olindense.

O calendário de maio inclui mais duas transmissões: dias 19 e 26, sempre às 20 horas, sobre saúde, atividade física e alimentação saudável; e sobre lei de incentivo à cultura e as restrições às atividades culturais.

Siga o Observatório Popular de Olinda pelas redes – o site está em fase de construção:

Instagram/observaolinda

YouTube/Observatório Popular de Olinda

Facebook/Observatório Popular de Olinda

Twitter/observaolinda

 

2 comentários

  1. Excelente matéria!
    Excepcional a iniciativa dos integrantes do Observatório Popular de Olinda.
    Precisamos resistir e buscar alternativas para uma Olinda melhor para sua população.

  2. Que o OPO seja o estímulo para o despertar da sociedade civil, na luta contra os desmandos desse governo facista e de toda injustiça social, racismo, corrupção, e todos os males de que padece a sociedade brasileira! Honrado por ser um de seus membros! Estamos na luta! Parabéns aos fundadores e a todos os membros!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s