Cumpadi Di Afonso foi se encontrar com Zé Carlos!

por Sulamita Esteliam

Desde a tarde da segunda-feira estou triste e atarantada com a notícia do encantamento do meu cumpadi Di Afonso. Um professor de língua portuguesa em escolas do Recife, autor de lívros ditádicos e que se autodefinia como “revisor profissional”.

Um pernambucano dos melhores que pude conhecer, a despeito da recente e parca convivência. Os funerais foram na tarde desta terça-feira, no Cemitério do Barro, Zona Oeste do Recife.

Nos conhecemos no lançamento do meu livro Em Nome da Filha no Recife. Ele chegou com as duas filhas pequenas e o amigo Brivaldo Jatobá. Segundo me disse, rindo à larga, “intimado pelo cumpadi Zé Carlos”.

IMG-20190324-WA0003

Comprou-me uma dezena de livros – para si e, dias depois, para distribuir para colegas de trabalho, amigos e familiares. Generosidade à toda prova, foi um grande divulgador da obra, inclusive descolando espaço no rádio pernambucano.

Nosso amigo Zé Carlos, como Euzinha blogueiro “sujo”, só que de Camboriú-SC, é também um encantado. Desde 23 de julho de 2019, quatro meses após o lançamento do livro, que não pôde ler. Ele editava o blogue Contexto Livre.

Enviei-lhe um exemplar pelos Correios. Chegou quando ele já não estava neste plano. O filho, Renato, recebeu e me respondeu pelo zap do pai, com palavras muito carinhosas.

Zé Carlos foi levado por um câncer devastador. Deixou-me de herança um carinho imenso e o amigo que se tornou comum.

Por essas brincadeiras do destino(?), o outro foi se encontrar com ele também num dia 23, dois anos e um mês depois. Agora os dois estão trocando figurinhas de humor em algum lugar do Universo.

Di Afonso era um amante das letras, da Literatura  da música, defensor do que chamava de “idioma vivo”, em permanente mutação. Avesso, portanto, aos preconceitos linguísticos bramidos por pseudos-intelectuais de todas as cepas.

Mantinha um blogue Português no Ponto onde dissertava a respeito, sob o título geral “Nossa língua: Veredas”: profdiafonsoeducacional.blogspot.com/.

Recebi a notícia em postagem no Instagram do seu amigo pessoal Brivaldo, que foi candidato a vereador nas últimas municipais pelo Patriota, sob a assessoria do “mestre”. Não se elegeu.

Não, não foi Covid que levou o Di Afonso. Foi infarto, muito provavelmente desencadeado a partir da infecção por Covid, da qual estava recuperado.

Já há opinião médica formada sobre essa possibilidade: além do pulmão, a doença causada pelo Coronavírus ataca o coração, e também pode desencadear AVC.

O próprio Di Afonso me contou sobre a doença em conversa que tivemos pelo zap-zap,  nosso principal canal de contato, no final de julho.

– Contraí Covid em abril, mas já está tudo bem – me disse em tom meio distraído, quando lhe perguntei sobre como estava e a família.  Depois concordou comigo quando retruquei que a doença é pra arrombar. “Nem me fale!”.

Brivaldo me contou que Di Afonso estava com “uns probleminhas, mas nada sério”.

Naquele dia, o professor, que andava sumido, me contatou para saber como estava meu tempo, pois queria me fazer um convite: participar de uma mesa-redonda com ele e a professora Sandra, sua colega, com alunos candidatos ao Enem.

Ambos mantêm um canal no Instagram para estimular o repertório sócio-cultural dos alunos, estratégia para construir uma “Redação Nota Mil”, título do projeto na rede social.

Aceitei de pronto, também a sugestão de falar sobre violência contra a mulher como um mal de todos os tempos. Só pedi para trocar a foto do card, que ele capturou no blogue, e era de 2010, por uma mais atual. Riu até, quando argumentei que estava “bem novinha” na primeira imagem.

Muito provavelmente, a mesa-redonda virtual não acontecerá dia 28. O recomendável é que seja adiada, para que possamos nos acostumar com a ideia da falta do nosso amigo querido.

Descanse em paz, Di Afonso! Você fez da vida uma grande passarela de sonhos profícuos, semeados com generosidade e eficácia.

Obrigada por toda a atenção e carinho, pelo estímulo e consideração.

Abraço sua família e todos que o amam, que hão de ter força e conforto seguindo a sua luz e guardando você no coração, eternamente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s