Elzita Santa Cruz recebe dupla e justa homenagem

Por Sulamita Esteliam
Aos 97 anos, Elzita Santa Cruz, ainda luta por informações sobre o filho Fernando, "desaparecido" nos porões da ditadura. Foto no Movimento Tortura Nunca Mais, na Rua da Aurora, Centro do Recife: Leo Caldas/Carta Capital

A revista Carta Capital, que assino e que recebi, com atraso, na segunda-feira, me trouxe um presente, como militante dos direitos humanos: dona Elzita Santa Cruz nos “Retratos Capitais”. Aos 97 anos, ela é exemplo de fibra e resistência na luta pelo direito à memória e à verdade neste país. É Prêmio Nacional de Direitos Humanos 2010, concedido pela Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, exatamente, nesta categoria.

Mãe do “desaparecido” político Fernando Santa Cruz, dedicou os últimos 36 anos à busca incessante pelos restos mortais de seu filho. Fê-lo de corpo e alma, e com desapego generoso. É símbolo desta batalha, que parece não ter fim.

Engajou-se nos movimentos Tortura Nunca Mais e pela Anistia Ampla Geral e Irrestrita dos sobreviventes ao arbítrio da ditadura, que assombrou e cerceou o Brasil ao longo de 21 anos. Com a mesma garra com que reivindica, ainda hoje, e com desabrido vigor, a elucidação dos crimes praticados pelos coturnos. Os mesmos que sequestraram, prenderam seu filho, no Rio de Janeiro, em 23 de fevereiro de 1974, aos 25 anos. Torturaram-no, assassinaram-no e desapareceram com o corpo.

Elzita Santa Cruz teve 10 filhos, mas tornou-se mãe de e centenas de jovens que como ele tiveram a vida ceifada pelo terror de Estado.  Absolutamente lúcida, considera-se representante de todas as mães e familiares das vítimas da ditadura.

***************************************

Em outubro, escreveu e entregou à Dilma Roussef, carta em apoio à sua candidatura à Presidência da República. Nela, manifesta a “certeza” de que o governo Dilma não poupará esforços para esclarecer o paradeiro dos “desaparecidos” políticos, abrindo todos os arquivos.

Entretanto, não se eximiu em criticar os tímidos avanços que o governo Lula fez neste capítulo,”essencial à consolidação da democracia que desejamos construir e repassar para as gerações futuras”.

Dona Elzita é mãe do vereador por Olinda, Marcelo Santa Cruz (PT), coordenador do Movimento Nacional pelos Direitos Humanos em Pernambuco.

***************************************

Tive a honra de entrevistar dona Elzita Santa Cruz, ao vivo, por telefone, no programa Violência Zero, que durante seis meses deste ano foi ao ar pela Rádio Olinda AM. A pauta, salvo engano, era o PNH3 – Plano Nacional de Direitos Humanos. Mesmo gripada, rouca e febril, não se eximiu em participar e a desfraldar, com energia, a bandeira da luta que abraça com destemor.

Dedicado à causa dos direitos humanos, o Violência Zero era encerrado com o quadro Desaparecidos, resgate da memória daqueles que tombaram em defesa da liberdade de pensar diferente. Fernando Santa Cruz foi um dos homenageados.

O programa era veiculado nas manhãs de sábado. Produzido e dirigido pelo jornalista e homem de rádio, Ruy Sarinho – nosso Dom Quixote da Comunicação pernambucana. Dividia com ele a apresentação. Da segunda fase, porque a primeira, no final dos anos 80, tinha os jornalistas Urariano Motta (escritor) e Taciana Portela (cineasta) no comando.

O Violência Zero nasceu no estúdio, mas ganhou as ruas, praças, feiras e mercados públicos do Recife e de Olinda. Fazia dobradinha com o Banco de Feira, outro programa produzido e dirigido por Sarinho, apresentado pelo Véio Mangaba-Valmir Chagas e pela Pastora Cici-Cirlene Menezes, personagens da genuína cultura pernambucana.

Os dois programas foram tirados do ar no início de setembro. A rádio, que pertence à Arquidiocese de Olinda e Recife, alegou “falta de patrocínio”, que de fato não existia. Outro fato é que éramos, todos, voluntários.

.


7 comentários sobre “Elzita Santa Cruz recebe dupla e justa homenagem

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s