Duas boas notícias para o direito à comunicação

convitebaraomg-579x239

 

 

 

 

 

por Sulamita Esteliam

A semana de trabalho começa com boas notícias no campo de luta pela democracia na Comunicação: em Belo Horizonte, Minas Gerais, nesta terça, às 19:00 horas, inaugura-se o núcleo mineiro do Centro de Mídia Alternativa Barão de Itararé; em Bruxelas, na Bélgica, o Parlamento Europeu segue o exemplo brasileiro e aprova o Marco Civil da Internet, tento o princípio da neutralidade como guia. Viva!

Da mesma forma que no Brasil, o Parlamento Europeu decidiu que o setor de telecomunicações não poderá dar prioridade diferenciada para determinados tráfegos na Internet. Também a exemplo daqui, cujo projeto aprovado pela Câmara dos Deputados ainda precisa passar pelo Senado, a decisão final é do Conselho Europeu, o que deve ocorrer ainda este ano.

internet-open-650-430-263x174Os conglomerados privados de telecomunicações mundo afora estão se roendo, pois são visceralmente contra o princípio da neutralidade na rede. Significa a não interferência dos donos de infraestrutura na Internet no fluxo de conteúdos que por ela transita, sem custos exorbitantes. Ou seja, garantia do direito à liberdade de expressão – mais no sítio do Barão.

Tem mais sobre o assunto aqui e aqui neste blogue.

**************

Em Beagá, o lançamento do Barão de Itararé traz debate importante, sobretudo para quem se informa via mídia convencional: em pauta, os “Livros Proibidos” dos colegas Amaury Ribeiro Jr – A Privataria Tucana  e Palmério Dória – O Príncipe da Privataria; e Desvendando Minas, os Descaminhos do Projeto Neoliberal, coletânea de artigos organizados por Gilson Reis, professor e sindicalista, e Pedro Otoni, economista.

O primeiro livro, por exemplo, foi lançado em dezembro de 2012, bateu recorde de vendas. A primeira edição, de 15 mil exemplares, esgotou-se no dia do lançamento, obrigando a Geração Editorial a reimprimir mais 80 mil exemplares. Não há encalhe, a despeito do silêncio retumbante da mídia – mais no Vi o Mundo.

Também pela Geração Editorial, o livro de Palmério Dória foi parar na lista dos mais vendidos na categoria Não Ficção da Folha de São Paulo. Ironicamente, o jornalão paulista, a exemplo de outros veículos do PIG, não havia divulgado uma linha sobre a obra, que foca o governo FHC – veja no Maria Frô e também no Conversa Afiada.

Os descaminhos de Minas analisa em três artigos os governos Aécio Neves/Anastasia e o seu dito “choque de gestão”. Uma tentativa de quebrar a blindagem da mídia e desvendar 11 anos de governo “de resultados” – para quem?

charge-bessinha_qual-e-a-do-fhc

 

 


Um comentário sobre “Duas boas notícias para o direito à comunicação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s