Governo e Câmara na apuração sobre chacina em Belém

Nota Pública da CDHM sobre Chacina em Belém do Pará

CNDH vai acompanhar as investigações – Foto: Patrícia Soransso/Agência Câmara
CNDH vai acompanhar as investigações – Foto: Patrícia Soransso/Agência Câmara

A Comissão de Direitos Humanos e Minorias aprovou, por unanimidade, em reunião plenária nesta data, diligências em Belém do Pará com a finalidade de verificar as ações destinadas à apuração do assassinato do cabo da Polícia Militar Antônio Marcos da Silva Figueiredo, e da chacina que se seguiu, entre 4 e 5 de novembro de 2014, quando pelo menos dez pessoas foram mortas, em retaliação ao assassinato do referido policial.

Diligências para a capital do Pará foram aprovadas em reunião da CDHM

As diligências são antecedidas por solicitação de informações e providências às autoridades públicas do Estado do Pará, a respeito das investigações sobre as mortes. Pelo noticiário a respeito, as execuções foram anunciadas em redes sociais e em seguida realizadas.

Tais homicídios, com características de execução por grupo de extermínio, formado por agentes públicos, reveste-se da maior gravidade, inclusive expondo a risco outros servidores públicos não envolvidos em execuções sumárias. Por isso o episódio que chocou a população da capital paraense é objeto da atenção deste colegiado parlamentar e de outras entidades no acompanhamento da apuração, para que essas violações dos direitos humanos não resultem em impunidade.

Deputado ASSIS DO COUTO

Presidente


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s