O Recife feliz de novo, agora com Haddad

IMG-20181026-WA0007
Foto Ricardo Stuckert
por Sulamita Esteliam

Só sei dizer que foi muito lindo e emocionante o comício de Haddad Presidente no Pátio do Carmo na noite da quinta-feira. Limitei-me às redes sociais, compartilhando o que consegui gravar e clicar. E agora pego mais fundo, aqui no blogue.

É que esta velha escriba chegou em casa quebradinha na emenda.  E a sexta foi tomada pela dona Maria que habita em mim. E só agora à noite consegui livrar-me dela.

Com, o que eu vi, ouvi e registrei foi o Recife libertário de sempre se posicionando em defesa da democracia.

A irreverência e a cultura, de todos os sotaques e vieses, de mãos dadas para reivindicar o direito a um Brasil com liberdade e justiça social.

Marília-Comício Haddad - SEJovens, mulheres em sua maioria, como a garota Marília, na foto acima, que inspirada em Flora Gil levou a colher de pau que vai mexer os ingredientes que vão remover o fascismo do Brasil.

Havia muitos homens também – no palco e na plateia. Velhos e velhas como Euzinha, adultos aos milhares, de todos os quadrantes da cidade, de diferentes classes sociais. Bandeiras, muitas, de todas as cores e movimentos e partidos também.

O pátio é enorme, mas resvalava gente por boa parte da Dantas Barreto, a meio caminho da Pracinha do Diário ao Camelódromo, das ruelas de acesso ao Pátio de São Pedro à Frei Caneca.

Tomo a liberdade de reproduzir o que uma amiga fotojornalista, carioca, mas como eu pernambucana de coração, se manifestou assim na postagem da foto monumental do super-Ricardo Stuckert/drone, no Instagram:

por Márcia Jacome

“Essa foto é do @ricardoStuckert. Quem dera fosse minha, pq é bonita q só… Masd eu tive a satisfação enorme de estar lá.Já fui a muitos comícios e posso garantir q havia algo fabuloso inédito, dentre os q assisti: uma presença massiva das mulheres de luta no palco, presença negra da resistência, presença LGBT da ousadia, poetas populares das quebradas, das periferias, do sertão e seu encantamento…

Mas não era só presença:foram essas pessoas que deram o tom da democracia q n[os queremos, foram elxs que arrancaram aplausos e gritos apaixonados da multidão. A mesma multidão q vaiou com força o tipo de política q não queremos mais.

Dois momentos q, para mim, soaram com mais impacto e beleza antes de #haddadpresidente chegar: quando Dani Portela subiu ao palco e uma multidão (eu tb) gritamos “minha governadora”, em uníssono; o segundo momento, a vibração com a presença do #slamdasminas – a força das mulheres negras roubaram a cena…

Outra percepção: foi o primeiro comício político onde as bandeirass dos movimentos sociais suplantavam, de longe, a presença das bandeiras partidárias… Mostras de q estamos aí pro que der e vier.

Mas que nosso desejo é seguir aí, com a democracia a plenos pulm]oes. #haddadpresidente #haddad13″

Confiante na virada, Haddad não deixou por menos. Fez discurso histórico, firme e desafiador ao inominável, no diapasão dos ares da terra de Zumbi, Frei Caneca e das mulheres de Tejucupapo.

Como aliás lembra o poeta Antônio Marinho, na tradição de São José do Egito,  Sertão do Pajéu, que o apresentou.

Eis o vídeo oficial com a metade final da manifestação:

Só sei que foi assim. E foi lindo, muito lindo foi…

Recife, depois do Rio e São Paulo, e agora a Bahia, mostram que a virada chegou. #ViraVirou. Domingo as urnas confirmam: É 13 #HaddadSim #BrasilViraHaddad

 

 

 


Um comentário sobre “O Recife feliz de novo, agora com Haddad

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s