Bárbara brilha, e em nós a alegria da missão cumprida

por Sulamita Esteliam

Tivemos nesta terça um dia muitíssimo agradável, apesar dos ventos que sopram do Planalto Central. Devo assinalar, os quais, pela razão enunciada em primeiro plano, abstenho-me de tecer considerações.

Por ora, por que não vou azedar minha noite, e tenho boas e justas razões para tal.

Explico: nossa caçula logrou nota 9,5 na apresentação do seu TCC em Publicidade e Propaganda pelo Centro de Educação e Artes da UFPE. Meio ponto tirados por tecnicalidades acadêmicas não lhe tira a distinção.

Celebramos com ela, e com orgulho, a conquista, que é dela e é nossa, plenos de gratidão ao Universo.

Fecha com chave de ouro nossa contribuição, ampla e profícua ao mundo. modéstia a parte.

Desenvolveu um projeto de aplicativo para auxiliar as pessoas veganas, como ela, que parecem se multiplicar nesse mundo pelo avesso, a encontrar comida pronta em restaurantes do gênero.

Vem aí o SOS Vegano, no Recife, inicialmente.

Bárbara é a nossa caçula da prole de seis, única que fizemos em nossos 28 anos, quase, de vida em comum. 

Todas as que a antecederam, minhas e dele, se graduaram e cuidam da própria vida – uma em Marketing, outra em Psicologia, outra em Terapia Ocupacional e outra em Publicidade e Propaganda e Relações Públicas. O único filho, meu, trocou a universidade pelo mundo dos negócios e segue independente seu caminho.

O primeiro Enem, Bárbara fez para testar e entrou, para Educação Física; não se matriculou. O segundo, para Direito, passou e escolheu a Federal da Paraíba; foi morar em João Pessoa aos 17 anos. Desistiu no curso ainda no primeiro período.

Voltou para o Recife e fez outro Enem; escolheu Publicidade e Propaganda. No meio do caminho, entrou no Programa de Mobilidade Acadêmica e foi aceita na Universidade Federal de Curitiba; passou lá um ano. Voltou para concluir o curso na UFPE. A cerimônia de colação é 6 de agosto.

Mundo, vasto mundo, se eu não me chamasse Sulamita e ele Júlio, e ela Bárbara não seria rima nem solução… Somos energia em constante movimento.

Fizemos nossa parte e ela, e cada qual, a seu modo, a de cada qual. Enfim, podemos dizer missão cumprida.

Obrigada, filha, você brilhou, parabéns!

Todo o sucesso que você merece. Siga adiante sob a proteção do Universo.

Bárbara, a banca examinadora, o companheiro Arthur e nós, mãe e pai orgulhosos

 


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s