A arte de Genin é para ser vista e aplaudida, mas é já!

por Sulamita Esteliam

Antes que setembro se despeça, há um acontecimento importante, que mantém meu pensamento lá na capital das Gerais: a exposição Solo – Álbum de Glórias Musicais, do querido Genin Guerra.

Está no Salão do CREA-MG, até sexta-feira, 1º de outubro, de 14:00h às 18:00h. Quem é de ou está em Belo Horizonte não pode perder. São dezenas de esculturas em cerâmica, a partir de caricaturas de ícones da música popular brasileira.

Sulamita foto Carolina Machado3
A obra de Genin Guerra: arte e acessibilidade – Fotos: Carolina Machado

Fosse pouco, ainda há réplicas em resina que pode ser visitada e sentida ao toque, com legendas em braile e em QR Code, que aciona o áudio.

Sulamita foto Carolina Machado6

O trabalho tem o aval da Lei de Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais, com patrocínio da Cemig. Todos os trabalhos expostos são parte do livro de mesmo nome, lançado em fins do ano passado – dei-me um exemplar de presente.

Cada obra é apresentada por outro artista e/ou jornalista, a exemplo de Cau Gomez, outro mineiro do traço, premiadíssimo como o próprio Genin Guerra. Lá também, dentre outras, está Erli Fantini, ceramista que iniciou o gênio a moldar no barro o que sua cabeça deságua em linhas.

Vinte e cinco por centro da tiragem foi destinada à distribuição gratuita a bibliotecas públicas, comunitárias e de instituições culturais.  Contrapartida da lei de incentivo à cultura.

Doaçao do livro Solo

Estava na terrinha em meados de setembro, e tive a honra da oportunidade e a felicidade de estar presente na abertura, dia 15. Um banho de arte, simpatia e afetividade do artista, sua companheira Rita e da gente amiga, culta e agradável que o cerca. Foi revigorante.

O engenheiro que descobriu sua paixão pelo traço ao desenhar a professora num reluzente vestido vermelho, confessou a esta velha escriba em entrevista ainda em março de 2018, quando fez a primeira exposição das obras, na velha Macondo.

Sulamita foto Carolina Machado4

Quem por aqui navega certamente conhece o trabalho do Genin, nascido Luiz Eugênio Quintão Guerra, na Itabira das Gerais drummondiana.

Uso e abuso da sua generosidade, aliás, dos cartunistas que distribuem seus talentos com humor e empatia solidária.

Sou grata pela dádiva de andar em boas companhias.

Sulamita foto Carol Machado
Celebração – Foto: Carolina Machado

Em tempo: novamente caí na abstinência aqui no blogue. Dias que antecedem viagem e os que se seguem embrulham o meu fazer de tal forma, que não consigo assentar-me e escrever. A concentração galopa a mil por hora… o jeito é deixar voar.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s