Condenação anunciada, Lula presidente!

‘Não estamos alegres,
é certo, mas também por que razão
haveríamos de ficar tristes?
O mar da História
é agitado.
As ameaças
e as guerras
havemos de atravessá-las,
rompê-las ao meio,
cortando-as,
como uma quilha corta
as ondas.’
Maiakóvski, 1927

 

 

por Sulamita Esteliam

O dia 24 de janeiro de 2018 foi longo, mas apenas começou.

A palavra e a ação das classes populares e da gente brasileira compromissada com a democracia, o Estado de Direito e o estado democrático direito não pode ser outra senão resistência.

“Não baixem a cabeça, não. Não fiquem com ‘dó do Lula’. A hora não é de desistir. É de continuar a trajetória que nós construímos nesse país. Só tem um jeito de me tirar das ruas desse país… Enquanto esse coração velho bater, pode estar certo de que a luta vai continuar.”

Luiz Inácio Lula da Silva falou para a multidão que o aclamou na Praça da República no centro de São Paulo, logo após o encerramento da sessão do TRF-4.

“Eles não podem prender o sonho da liberdade, não podem prender as ideias. Eles podem prender o Lula, mas as ideias já estão colocadas na cabeça da sociedade brasileira. Não admitem que um metalúrgico sem diploma passou para a História como o presidente que mais construiu universidades nesse país. São essas conquistas que eles julgaram hoje.”

Não se trata de retórica nem profecia. O que os três juízes da 8ª Turma do TRF-4 fizeram é aumentar o empuxo na candidatura Lula à Presidência da República. Apesar da Lei da Ficha Limpa.

“Quem está no banco dos réus é o Lula mas quem foi condenado é o povo brasileiro”.

Pego carona no link da TV Democracia,da Frente Brasil Popular, para compartilhar o acesso ao vídeo do ato ao pé da postagem. A matéria completa sobre o discurso está postada no sítio Lula.com.br/.

A mobilização que levou milhares a Porto Alegre nos últimos três dias, e que garantiu atos e vigílias País afora prossegue. Agora lincada nas pautas de defesa da democracia e dos direitos sociais, como a contra-reforma da Previdência, e no direito de Lula ser candidato.

Quem se importa sabe. O 3 x 0 do TRF-4 sobre Lula, com o agravo do tempo de condenação de nove anos e seis meses para 12 anos e um mês, apenas corrobora a farsa do julgamento com sentença anunciada.

E o mundo assiste atônito o afundamento do navio chamado Brasil: no arbítrio, na intolerância, na degola de direitos do nosso povo, no entreguismo das nossas riquezas e patrimônio, na demolição da nossa soberania.

O Judiciário brasileiro não precisa esperar a História para prestar contas.

A condenação de Lula, à revelia das provas de sua inocência e da ausência de provas das acusações que lhe imputam, assombra a comunidade internacional.  Mensagens de solidariedade têm chegado de todos os cantos do Planeta.

É o que se pode chamar de aberração jurídica.

Para isso se deu o golpe legislativo, com a mídia, com o Supremo, com tudo. A deposição da presidenta Dilma foi apenas o começo. O pretenso combate à corrupção é outra via de acesso às nossas riqueza, de destituição dos nossos direitos, todos.

O fim é Lula fora da disputa e o PT fora do governo.

Lula não pode ser candidato, por que se for ganha, e, se toma posse, o esforço concentrado do golpe parlamentar, jurídico, midiático terá sido em vão.

É tudo teatro, e este blogue anão antecipou o enredo, mais de uma vez e novamente há poucos dias. Toda a blogosfera progressista, e “suja”, por que expõs as víceras do golpismo, o fez.

Teatro do absurdo. Ordinário, como bem resume um amigo jornalista das Gerais.

É escárnio, cuspido e escarrado na cara do povo brasileiro.

O Zé Povinho, melhor explicitar.

Por que a classe média, paneleira, despertou do berço esplêndido. Mesmo entalada com os cabos da panelas que lhe varam o corpo, de cabo a rabo, fogueteou o resultado. Como se fosse possível esperar algo diferente. Como se pudesem habitar outro planeta, além do umbigo – porque um dia a conta chega…

O placar, aliás, foi anunciado pela TV Bandeirantes, seis horas antes do pronunciamento do veredito.

E o voto do relator, uma encenação de mais de três horas, deixou claro que provas são absolutamente prescindíveis, quando se trata de Lula, o Sapo Barbudo.

Aí, a condenação já estava consumada, uma vez que já estava tudo combinadinho.

Logo cedo, depois de esquivar-me a pulso, enojada e triste, de algumas postagens de “amigos”,  escrevi no Facebook o que considero o resumo da ópera bufa:

As vivandeiras emergem do berço esplêndido.

Escorrem veneno e desinformacão pelo canto de suas bocas flácidas.

Depois, em êxtase, vão papar hóstias.

Saravá!

Claro que fui ignorada, solenemente.

Fico por aqui, por ora.

Deixo a Nota do Partido dos Trabalhadores a respeito da condenação anunciada.

Porto Alegre, 24.01.2018: 1 km da área do TRF-4, isolada e com forte aparato policial, a vigília no acampamento do MST, junto ao Anfiteatro Pôr do Sol- Foto: Guilherme Santos/Sul21

Nota do PT: Não nos rendemos diante da injustiça. Lula é candidato

“Vamos lutar em defesa da democracia em todas as instâncias, na Justiça e principalmente nas ruas.”

O dia 24 de janeiro de 2018 marca o início de mais uma jornada do povo brasileiro em defesa da Democracia e do direito inalienável de votar em Lulapara presidente da República.]

O resultado do julgamento do recurso da defesa de Lula, no TRF-4, com votos claramente combinados dos três desembargadores, configura uma farsa judicial. Confirma-se o engajamento político-partidário de setores do sistema judicial, orquestrado pela Rede Globo, com o objetivo de tirar Lula do processo eleitoral.

São os mesmos setores que promoveram o golpe do impeachment em 2016, e desde então veem dilapidando o patrimônio nacional, entregando nossas riquezas e abrindo mão da soberania nacional, retirando direitos dos trabalhadores e destruindo os programas sociais que beneficiam o povo.

O plano dos golpistas esbarra na força política de Lula, que brota da alma do povo. Esbarra na consciência democrática da grande maioria da sociedade, que não aceita uma condenação sem crime e sem provas, não aceita a manipulação da justiça com fins de perseguição política.

Não vamos aceitar passivamente que a democracia e a vontade da maioria sejam mais uma vez desrespeitadas.

Vamos lutar em defesa da democracia em todas as instâncias, na Justiça e principalmente nas ruas.

Vamos confirmar a candidatura de Lula na convenção partidária e registrá-la em 15 de agosto, seguindo rigorosamente o que assegura a Legislação eleitoral.

Se pensam que história termina com a decisão de hoje, estão muito enganados, porque não nos rendemos diante da injustiça.

Os partidos de esquerda, os movimentos sociais, os democratas do Brasil, estamos mais unidos do que nunca, fortalecidos pelas jornadas de luta que mobilizaram multidões nos últimos meses.

Hoje é o começo da grande caminhada que, pela vontade do povo, vai levar o companheiro Lula novamente à Presidência da República.

Sao Paulo, 24 de janeiro de 2018

Gleisi Hoffmann, Presidenta Nacional do PT

Eis o acesso à manifestação da Av Paulista, onde uma multidão aguarda para ouvir o presidente Lula em sua primeira fala após a confirmação da sentença do inquisido Moro de Curitiba, ora consagrado arauto da casa-grande:

 

Fotos no alto da postagem: Lula na Praça da República, na noite do dia 24, e em Porto Alegre, na tarde do dia anterior ao julgamento no TRF-4 : ‘Quem foi condenado é o povo brasileiro’ –  Ricardo Stuckert

*******

Postagem revista e atualizada às 20:52, hora do Recife: correção de erros de digitação e de ortografia; complemento de frases inacabadas e/ou para reforço da argumentos e inclusão de link à citação do A Tal Mineira.

 


Um comentário sobre “Condenação anunciada, Lula presidente!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s