Hora de cair na real, e não deixar prevalecer a escuridão. A memória é nosso guia, traduz Bob Fernandes

por Sulamita Esteliam Estou de volta depois de longa ausência.  Justifico: fui pega no contrapé por uma virose daquelas, que não me permitiu encarar a tela de um computador, tamanha a dor nos olhos e na cabeça. E não era enxaqueca, que conheço bem. Não, nada de Covid-19, também, acho. A nuca enrijeceu. A cabeça … Mais Hora de cair na real, e não deixar prevalecer a escuridão. A memória é nosso guia, traduz Bob Fernandes

Thiago de Mello e a poesia como arma da indignação: ‘Os Estatutos do Homem’

por Sulamita Esteliam Estou muito mexida, hoje – e com uma tremenda dor de cabeça, que me acompanha há uma semana -, para escrever algo consequente. Destarte, antecipo a postagem que planejei para a Sexta-Feira da Paixão, a título de saudação de Páscoa, entendida como espaço de renascimento. Resgato um dos mais belos poemas que … Mais Thiago de Mello e a poesia como arma da indignação: ‘Os Estatutos do Homem’

Memória ajuda escapar da vida de gado…

por Sulamita Esteliam Porque hoje é sexta, vou de resgate de memória. É que resolvi encarar tarefa que vinha empurrando com a barriga há tempos: limpar arquivos no portátil, e aí ocorre o inevitável revival. Topei com o vídeo abaixo, já publicado neste blogue, há dois anos e 16 dias para ser exata. Hoje, assim … Mais Memória ajuda escapar da vida de gado…