O núcleo energético de Dilma

por Sulamita Esteliam
Ideli Salvatti e Luiz Sérgio anunciam a troca de pastas - Fabio Rodrigues Pozzebom_ABr

Numa semana atribulada, a presidenta decide, enfim, ser Dilma Roussef. Acaba de finalizar a moldagem do núcleo central do governo à sua imagem e semelhança: essencialmente feminino, e energético. Ideli Salvatti, confirmada nesta sexta, assume as Relações Institucionais, na segunda, 13. Luiz Sérgio troca de lugar com ela e vai para  o Ministério da Pesca.

A nova articuladora política do governo, ex-senadora petista, de Santa Catarina, liderou o PT e o governo Lula no Senado. Vem formar o triunvirato de auxiliares mulheres com assento no Palácio do Planalto. A exemplo de Gleisi Hoffman, senadora pelo PT do Paraná, que substitui Palocci na Casa Civil – aqui, neste blogue -, é escolha pessoal de Dilma. Assim como o foi Helena Chagas, da Comunicação Social.

É a primeira vez na história da República que as mulheres ocupam os postos mais importantes do governo, o que inclui a presidenta – e excetua o vice Michel Temer, naturalmente.

***************************************

Carta Maior assinala a primazia que reporto acima, e analisa significados e significantes da reestruturação política do governo Dilma. Clique para ler.

Leia, também, Lições da Crise, pontuada pelo mestre Emir Sader, em seu blogue, hoje. Muito instigante. Parece que a presidenta está procurando fazer o dever de casa.

Aqui, o perfil da ministra Ideli Salvatti, traçado pela Agência Brasil.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s