E daí que ultrapassamos a China em número de mortos, e estamos entre os 10 mais no surto do Coronavírus!

Vítimas do Covid-19 são enterradas em valas comuns em Manaus – Foto: BdF
por Sulamita Esteliam

A “gripezinha” já bateu recorde, e nem atingimos o pico do surto causado pelo novo Coronavírus: 474 óbitos em 24 horas, 5.385 novos infectados. Ultrapassamos a China, o primeiro epicentro do Covid-19, onde morreram 4.637 pessoas, na contagem oficial.

Com subnotificação, com tudo, chegamos a 71.886 casos confirmados e 5.017 mortos – estes seria 5.063, segundo a Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, que aponta, ainda 72.899 contaminados. .

Lembra-se do genocídio da Vale no Córrego do Feijão, em Brumadinho, um recando na minha Gerais, há um ano e três meses e dois dias? Pois é, foram 270 vitimas soterradas pela tsunami de lama ácida e pela ganância da mineradora.

Onze delas as famílias não tiveram o direito de realizar o funeral, assim como os familiares de 144 vítimas do terror da ditadura militar no Brasil; estão lá em algum ponto onde o trabalho incansável e heroico do Corpo de Bombeiros não foi capaz de localizar.

Então, o vírus Covid-19 já matou 18 vezes mais gente do que a hecatombe do já considerado um dos maiores crimes humanos e ambientais provocado pela mineração no Planeta.

Uma vida importa. Milhares de vidas clamam por justiça e providências efetivas para conter o genocídio.

No Brasil, o Ministério Público Federal em Minas Gerais denunciou a empresa e seus dirigentes por homicídio duplamente qualificado por cada uma das vítimas.

Em Brasília, o ser que ocupa a Presidência da República responde assim, quando confrontado com o recorde de cadáveres produzidos pelo que chamou de “gripezinha de nada”:

 – E daí? Lamento. Quer que eu faça o quê? Eu sou Messias, mas não faço milagre.​”

A pergunta não é esta.

Estamos entre os dez mais no ranking mundial de vítimas da praga. E até o Trump, o ídolo e mentor do capiroto, já ameaça suspender os voos do amado Estados Unidos para o Brasil.

São várias as perguntas, mas o ponto central que nos aflige, e que a pandemia só faz agravar, é a busca de caminhos para voltarmos a ser uma nação, um país digno do nome.

Vidas não se recuperam. Quem fica carrega a dor e a saudade. Mas precisa seguir em frente. E precisa de um país para chamar de seu.

Façamos, porém, a pergunta que não quer calar: quem precisa ser denunciado pelo genocídio causado pela irresponsabilidade diante da pandemia?

Certamente não são os trabalhadores do sistema de saúde, que se arriscam para cuidar dos doentes nem todos os trabalhadores dos serviços considerados essenciais. Tenho uma filha, por exemplo, que trabalha em aeroporto, exposta todo o tempo.

Lembre-se, no Dia Mundial de Combate ao Acidente de Trabalho, que qualquer trabalhador que venha a adoecer tem que emitir a Comunicação de Acidente de Trabalho.

Quem, quem?

A resposta, meu amigo, minha amiga, tenho certeza de que está na ponta da língua de cada um e cada uma que acessa este blogue.

Quem vai botar o guizo do pescoço do gato, volto a dizer, ainda não se sabe.

Tenho para meus velhos e cansados botões – não é só o Mino Carta que os possui, embora os dele sejam poliglotas – que toda essa leniência que se arrasta, e se arrasta, sem providências, vai chegar ao ponto da eclosão. Aí, haverá disputa pelo privilégio de defenestrar o capiroto-presidente et caterva.

Crime de responsabilidade é o que não falta. Crime comum, também não. Crime eleitoral tem de sobra.

Pode escolher qual das instituições da República se arvora em defender a Constituição e a democracia.

Interdição, já! Quem diz amém?

Fecho com o vídeo com a entrevista que o ex-presidente Lula à RTP – Rede de Televisão de Portugal. Como diz o maridão, ao invés de boicote concertado na tv brasileira, Globo à frente, Lula sem censura na telinha dos patrícios:

Clique para saber mais sobre a evolução da pandemia

 

2 comentários

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s