Quando a conivência e o vil metal falam mais alto, pouco importa a vida

por Sulamita Esteliam Os mortos se contam às centenas na conta que a Vale um dia ainda há de pagar. Oficialmente já se soma 169 vítimas fatais do derrame de lama de rejeitos da mineradora em Brumadinho. Todas identificadas. A procura por desaparecidos continua, mas a essa altura não há qualquer vislumbre de possibilidade de … Mais Quando a conivência e o vil metal falam mais alto, pouco importa a vida

A dor não passa: 10 dias do desastre-genocídio da Vale em Brumadinho

por Sulamita Esteliam Dez dias passados, as 142 mortes confirmadas, das quais 122 identificadas, não nos autoriza a ter esperança de encontrar sobreviventes entre as 194 “desaparecidas” no desastre e genocídio da Vale em Brumadinho. A cerimônia de adeus promovida pelos bravos soldados do Corpo de Bombeiros de Minas, auxiliados por companheiros de outros estados, … Mais A dor não passa: 10 dias do desastre-genocídio da Vale em Brumadinho

Um mês após a tragédia em Mariana, ‘sobram interrogações’

por Sulamita Esteliam Sábado, 05, fez um mês da tragédia que riscou Bento Rodrigues, distrito de Mariana do Mapa, e deixou um rastro de lama e destruição em comunidades próximas, como Paracatu de Baixo e Barra Longa, e também os municípios ao longo da bacia do Rio Doce. 600 km até o mar no estado … Mais Um mês após a tragédia em Mariana, ‘sobram interrogações’