O Brasil protesta contra a exclusão e pela democracia

Sulamita Esteliam

Talvez seja falha no HD, mas minha memória, que julgo privilegiada, não registra tempo de tamanha confusão como a que leio e escuto sobre este 7 de setembro de protestos nas ruas.

Fico a imaginar o que há com o jornalismo deste país. Aonde esta gente deixou guardadas as informações da história recente, que devem ser resgatadas a cada momento de falsa polêmica.

Não é papel da imprensa reproduzir o terror. Antes deve confrontá-lo à luz dos fatos e da História. O disse quê, falou quê, ajuda a disseminar a mentira ao sabor do vento fétido dos interesses escusos.

Ora, a rua não é privilégio da esquerda, é verdade. Mas é a esquerda e os movimentos sociais que têm ocupado as ruas pela democracia, por direitos sociais e econômicos iguais, pelo acesso à cidadania plena, desde sempre.

A direita e a classe média sem-noção, quando ocupa as ruas, é para defender seus privilégios, manobrada pelos interesses da elite que, aqui no Brasil, é indigna do nome. Foi assim em 2013, em 2015, por exemplo, e agora novamente.

Há 27 anos, o Grito dos Excluídos acontece, paralelamente, às comemorações cívicas – travestidas de  militares – do 7 de Setembro, independentemente do governo de plantão.

Promovido pela CNBB, desde 1995, à manifestação se juntam os movimentos sociais para gritar contra as injustiças.

Por que excluídos dos direitos de cidadania é o que nunca deixou e existir no Brasil.

Nos governos populares após a dita redemocratização, com Lula e com Dilma no comando, a extensão do acesso ao básico aumentou drasticamente, mas não chegou ao universal. Embora tenham multiplicado o alcance das políticas públicas, constitucionais, para a  Maria e o Zé Povinho.

Mesmo assim, Dilma foi apeada do posto de presidenta – também por que é mulher, e por que não cedeu ao apetite predador da maioria congressual, que na verdade representa aqueles que lhes financiam, a casa-grande, historicamente beneficiárias das benesses do Estado.

Nesta edição, o Grito dos Excluídos vai às ruas por saúde, comida, moradia, trabalho, renda. Soma-se aos protestos para expulsar o desgoverno que, definitivamente, não representa a maioria do povo brasileiro.

É luta de classes, sim, pura e simplesmente.

Quem tem coragem de ir às ruas para defender à convocação do genocida, que ameaça os demais poderes da República, com base nas armas que detém, a milícia fardada, age contra si mesmo, contra a coletividade e a Constituição.

Não, não se trata de direito à opinião, é negação da realidade, pura e simples.

Claro, o capiroto-presidente está no desespero, e de um psicopata desesperado se pode esperar tudo.

Perda crescente de popularidade, denúncias escabrosas de corrupção no desgoverno, e na família, economia na bancarrota, custo de vida na estratosfera, fome e desemprego em quase metade da população, quase seiscentos mil mortos nos costados e menos da metade da nossa gente imunizada com as duas doses de vacina.

Eis o legado do desgoverno. Traduza por caos.

Por isso, o comandante em desalinho age como anti-herói, como o capeta em forma de homem velho que jamais cresceu: para desviar a atenção do abismo lamacento em que nos enfiou.

A ameaça escancarada de golpe é parte da estratégia de segurar na brocha na qual está dependurado.

O horizonte é o xilindró. E ao contrário do que fizeram com Lula e outros tantos, que seja após o devido processo legal, para não restar dúvidas nem esqueletos no armário.

Há quem acredite que parcela dos militares são parte do plano para tomada definitiva do poder como “pacificadores”. Há quem afirme que o capiroto-presidente, enfraquecido, parte para o tudo ou nada.

Até líderes internacionais divulgaram documento expondo suas preocupações com a democracia brasileira. Para eles, o 7 de setembro pode ser o dia D às avessas para a terceira maior “democracia” do mundo – link ao pé da postagem.

Alerta e cuidados são salutares. Mas não podemos nos deixar intimidar. SE há risco de golpe, é mais um motivo para ir para as ruas. Quem teme não age.

E é por isso que o grito das ruas vai ecoar pelos sete cantos do Brasil e tomara que seja forte o bastante para mostrar que não estamos de acordo com a babel, fardada ou nua.

Compartilho a mensagem da CNBB, a partir da fala do seu presidente, dom Walmor Oliveira de Azevedo, arcebispo de Belo Horizonte.

E o que é preciso se perguntar, agora, é o que temem o que resta das instituições? Vão esperar uma quartelada para enquadrar o genocida?

Houve ajuste dos movimentos sociais e os governos estaduais para evitar conflitos. Na capital mineira, por exemplo, a concentração do Grito dos Excluídos\Campanha Fora Capiroto migrou da Praça da Liberdade para a Praça Afonso Arinos \ Faculdade de Direito da UFMG, a partir das 10h.

No Recife, mantém-se a Praça do Derby, da Democracia, como ponto de partida.

Em São Paulo, os movimentos sociais se reúnem no Anhangabaú, deixando a paulista à milícia e aloprados de plantão.

Em Brasília\DF, na Torre de TV, às 9 horas, com arrecadação de alimentos.

Banner-27 grito dos excluidos

Confira hora e local em sua cidade;

Norte

  • AC – Rio Branco – Gameleira
  • AM – Manaus – Bicicletada do Grito, Concentração no T1 | 15h
  • AM – Manaus – Ato Central Av. Lourenço da Silva Braga Centro (Largo do Mestre Chico) | 15h
  • AM – Humaitá – Praça da Matriz | 17h
  • AP – Macapá – Praça Veiga Cabral | 9h
  • PA – Altamira – Em frente à Equatorial Energia | 8h
  • PA – Belém – Largo do Redondo, Av. Nª Sra. de Nazaré com Trav. Quintino | 8h
  • PA – Santarém – Praça da Matriz | 17h
  • RO – Porto Velho – Centro Político Administrativo (CPA) na av. Farquar | 16h
  • RR – Boa Vista – Praça Fábio Marques Paracat | 7h30
  • TO – Araguaína – Praça São Luís Orione | 7h

Nordeste

  • AL – Maceió – Praça Sete Coqueiros | 9h
  • BA – Feira de Santana – Em frente ao Sindicato dos Trabalhadores Rurais | 7h
  • BA – Ilhéus – Praça do Teotônio Vilela | 9h
  • BA – Itabuna – Em frente a Igreja Santa Rita de Cássia | 10h
  • BA – Itacaré – Bairro Novo | 9h
  • BA – Paulo Afonso – Praça da Tribuna | 9h
  • BA – Salvador – Praça do Campo Grande | 10h
  • CE – Crato – Praça São Vicente | 8h
  • CE – Fortaleza – Praça da Cruz Grande | 15h
  • CE – Guaraciaba do Norte – Praça do Guaracy | 8h
  • CE – Ipu – Praça de Iracema | 8h
  • CE – Maranguape – R. Maranguape esquina com João Chimelo, Flamingo | 9h
  • CE – Limoeiro do Norte – Rodoviária de Limoeiro do Norte | 7h
  • CE – Tauá – Parque da Cidade | (Aguardando infos)
  • CE – Tianguá – Bairro Terra Prometida | 8h
  • MA – Açailândia – Praça dos Pioneiros | 19h
  • MA – São Luís – Caminhada Vila Embratel – Praça das 7 Palmeiras (Traga 1 kg de Feijão) | 8h
  • MA – São Luís – Carreata – Praça do Viva (Traga 1 kg de Feijão) | 8h
  • PB – João Pessoa – Carreata e Caminhada Praça das Muriçocas – Miramar até Sesc Praia Cabo Branco | 9h
  • PB – Patos – Praça João Pessoa em frente a sede do SINFEMP | 8h
  • PB – Sousa – Igreja Matriz | 17h
  • PE – Afogados da Ingazeira – Ato Unificado Sertão do Pajeú – Av. Rio Branco (Ato em 04/09)
  • PE – Caruaru – Morro Bom Jesus | 14h
  • PE – Ouricuri – Praça do Banco do Nordeste | 8h
  • PE – Recife – Praça do Derby até Pátio do Carmo | 10h
  • PI – Paraíba – Mercadão da 40 | 8h
  • PI – Picos – Praça Félix Pacheco | 7h30
  • PI – Teresina – Em frente à Assembleia Legislativa | 8h
  • RN – Natal – Caminhada Praça das Flores | 9h
  • RN – Mossoró – Concentração na Cobal | 7h
  • SE – Aracaju – Paróquia São José e Santa Tereza de Calcutá, Conjunto Marivan | 8h

CentroOeste

  • DF – Brasília – Torre da TV (com arrecadação de alimentos) | 9h
  • GO – Alto Paraíso de Goiás – Concentração na BR no Disco Voador | 14h
  • GO – Anápolis – Praça Dom Emanuel | 16h
  • GO – Goiânia – Praça do Bandeirante | 9h
  • GO – Jataí – Praça Dyomar Menezes | 9h
  • GO – Valparaíso de Goiás – (Aguardando infos)
  • MS – Campo Grande – Caminhada Praça Ary Coelho | 15h
  • MS – Dourados – Parque do Lago – Horário a definir ainda
  • MT – Cuiabá – Caminhada Jardim Vitória saída da Fundação Bradesco | (Aguardando Infos)

Sudeste

  • ES – Aracruz – Barra do Sahy – Praça dos Corais | 8h
  • ES – Vitória – Praça Getúlio Vargas | 8h30
  • MG – Alfenas – Praça Dr. Emílio Silveira ( antiga Rodoviária) | 15h
  • MG – Barbacena – Praça da Rua Bahia | 10h
  • MG – Belo Horizonte – Praça Afonso Arinos \10h
  • MG – Carmópolis de Minas – Próximo ao Pampeiro | 10h (ato em 04/09)
  • MG – Congonhas – passeata com concentração na Basílica | 10h30
  • MG – Divinópolis – Praça Candidés | 15h30
  • MG – Governador Valadares – Praça do Vigésimo | 8h
  • MG – Itabira – Paróquia N. Senhora da Piedade | 9h
  • MG – Itaúna – Praça Vânia Marques | 9h
  • MG – Juiz de Fora – Praça Santa Luzia | 10h
  • MG – Ouro Preto – Praça Tiradentes | 8h
  • MG – Poços de Caldas – Pista de Skate Conjunto Habitacional | 10h
  • MG – São João del-Rei – Teatro Municipal | 10h
  • MG – São Lourenço – Calçadão II Próx. ao Parquinho | 15h
  • MG – São Sebastião do Paraíso – Praça da Prefeitura | 15h
  • MG – Três Pontas – Praça da Fonte | 15h
  • MG – Uberaba – Praça Céu das Artes, Residencial 2000 | 10h
  • MG – Uberlândia – Praça Sérgio Pacheco | 9h30
  • RJ – Búzios – Em frente ao Zanine (ao lado da Prefeitura) | 16h
  • RJ – Resende – Parque das Águas | 10h
  • RJ – Rio das Ostras – Praça dos 3 Morrinhos (Centro) | 13h
  • RJ – Rio de Janeiro – Uruguaiana/Presidente Vargas | 9h
  • SP – Águas de Lindóia (ato unificado com Socorro) | 9h
  • SP – Assis – Praça da igreja Catedral | (Aguardando infos)
  • SP – Baixada Santista – Ato Unificado Praça das Bandeiras, Gonzaga, Santos | 15h
  • SP – Bragança Paulista – Praça Raul Leme-Centro | 10h
  • SP – Campinas – Largo do Rosário | 9h
  • SP – Catanduva – Rua Maranguape esquina com João Chimelo, Flamingo | 9h
  • SP – Cubatão – Paróquia Nossa Senhora da Lapa (Ato Unificado Baixada Santista) | 10h30
  • SP – Fernandópolis – Praça da Matriz | 11h
  • SP – Guarujá – Praça Horácio Laifer Jd. Tejereba (Ato Unificado Baixada Santista) | 9h30
  • SP – Ilha Bela – Caminhada Praça da Mangueira | 15h
  • SP – Indaiatuba – Ário Barnabé praça do lago em frente a Guarda municipal | 15h
  • SP – Itanhaém – Paróquia Matriz Santana de Itanhaém (Ato Unificado Baixada Santista) | 12h
  • SP – Jaguariúna – Centro Cultural | 10h
  • SP – Jaú – Carreata Beco em frente ao Poupa Tempo) | 9h30
  • SP – Jundiaí – Praça do Coreto da Matriz (Praça Floriano Peixoto | 14h30
  • SP – Limeira – Praça Toledo Barros | 9h30
  • SP – Marília – Bicicletada – Praça da Emdurb | 16h
  • SP – Marília – Praça Saturnino de Brito (em frente à Prefeitura) | 17h
  • SP – Mogi das Cruzes – Caminhada Largo do Rosário | 10h30
  • SP – Peruíbe – Paróquia São João Batista (Ato Unificado Baixada Santista) | 12h30
  • SP – Piracicaba – Praça José Bonifácio, escadaria da Catedral | 8h
  • SP – Praia Grande – Paróquia Santo Antônio (Ato Unificado Baixada Santista) | 10h30
  • SP – Ribeirão Preto – Praça 7 de Setembro | 9h
  • SP – Santos – Em frente ao Bom Prato, Art no Dique (Ato Unificado Baixada Santista) | 11h30
  • SP – São Carlos – Praça do Mercadão | 10h
  • SP – São José do Rio Preto – Rua José J. Gonçalves em frente ao CRAS do Pinheirinho | 9h30
  • SP – São Paulo – Vale do Anhangabaú | 14h
  • SP – São Paulo – Bicicletada Theatro Municipal | 13h30
  • SP – São Vicente – Praça Barão do Rio Branco (Ato Unificado Baixada Santista) | 8h30
  • SP – Socorro (Ato unificado com Águas de Lindóia) | 15h
  • SP – Sorocaba – Parque das Águas, Jd. Abaeté | 15h
  • SP – Várzea Paulista – Av. Bertioga em frente ao BOA | 9h30

Sul

  • PR – Campo Magro – Nova Esperança | 9h30
  • PR – Colombo – Praça Santos Andrade | (Aguardando infos)
  • PR – Curitiba – Praça Santos Andrade | 16h
  • PR – Guarapuava – Comunidade Santa Rita de Cássia, Bairro Residencial 2000 | 14h
  • PR – Londrina – União da Vitória | 9h
  • PR – Maringá – Estádio Willie Davis | 15h
  • PR – Matinhos – Calçadão Beira Mar (Matinhos/Caiobá) | 9h
  • PR – Pinhais – Praça Santos Andrade (Aguardando infos)
  • PR – Umuarama – Praça Miguel Rossaffa | 9h30
  • SC – Florianópolis – Largo da Alfândega | 14h
  • SC – Garopaba – Caminhada e Carreata – Rua Álvaro E. Santos (Na Lata)
  • SC – Joinville – Parque da Cidade (Setor Sambaqui, próx. Ponte do Trabalhador) | 14h
  • SC – Timbó – Praça Frederico Donner, em frente a antiga Thapyoca-Timbó | 10h
  • RS – Alegrete – Parque Porto Dos Aguateiros | 9h
  • RS – Caxias do Sul – Caminhada EMEF Castelo Branco | 14h
  • RS – Pelotas – Mercado Público | 15h
  • RS – Porto Alegre – Parque da Redenção/Espelho d’Água – Ato Ecumênico | 11h
  • RS – Porto Alegre – Marcha com concentração no Parque da Redenção/Espelho d’Água | 13h30
  • RS – Rio Grande – Arte Estação Cassino | 14h
  • RS – Santa Maria – Caminhada Praça Saldanha Marinho | 14h

No Exterior

Alemanha

  • Frankfurt – Ato “FORA BOLSONARO” na Flösser Brücke | 13h30 (horário local – Ato no domingo (05))
  • Frankfurt – Piquenique “FORA BOLSONARO” em Frankfurt Am Main! | 16h (horário local – Ato no domingo (05))

Áustria

  • Viena – Prinz Eugen Strasse 26, 1.040 ) | 18h (horário local)

Portugal

  • Lisboa – Praça D. Pedro IV (Rossio) | 18h30 (horário local)
  • Porto – Praça dos Leões em frente à Reitoria da Universidade do Porto | 18h (horário local)

Espanha

  • Madri – em frente à embaixada brasileira

Fonte: RBA, com ajustes

fora corrupto - foto cmp
Movimentos Sociais em defesa da democracia e contra o golpe – Foto: CMP\RBA

*******

Correio Braziliense

Políticos de 26 países se preocupam com a insurreição no Brasil

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s