Caravana Lula pelo Brasil chega a Minas dia 23, por Ipatinga

Lula no esquenta para a caravana por Minas Gerais – Foto: Ricardo Stuckert
por Sulamita Esteliam

Com outras palavras, o ex-presidente Lula da Silva traduz em metáfora futebolística velho dito de raposa felpuda mineira, que diz: “Política é feito nuvem…”. Para ele, política é como futebol, não acaba, depende das circunstâncias, do momento.

Deu-se na entrevista que concedeu à Rádio Super FM de Beagá, no mote da segunda etapa da caravana Lula pelo Brasil, que começa percorrer Minas Gerais na segunda-feira, 23, por Ipatinga, berço do PT no estado, e vai aos vales do Rio Doce, Mucuri, Jequitinhonha, ao Norte mineiro. O encerramento é na capital, dia 30.

Significa que Lula passa o aniversário dele, dia 27, em Montes Claros.

Uma maratona pela estrada, de ônibus, a exemplo da primeira etapa, em agosto/setembro, pelos nove estados do Nordeste, e que durou 20 dias. A lembrar que Minas são várias, e é possível que haja outras escalas pela frente: Zona da Mata, Sul, Triângulo são outros quinhentos…

O objetivo é conferir as realizações dos governos do PT nas localidades e restabelecer o contato direto com o povo, bem no estilo Lula de ser.

Há quem implique com a tônica das falas do ex-presidente nos últimos tempos, mas as pesquisas indicam que ele tem razão em bater na mesma tecla: repetir as realizações de seus governos e dos governos Dilma; fustigar o fracasso do desgoverno e seus asseclas no golpe, a transformar o Brasil no país da lambança; apontar a perseguição política, midiática e jurídica a ele, ao PT e à presidenta legítima.

A História, se não a contarmos do nosso ponto de vista, será sempre relatada pela ótica dos vencedores, e eles, quase sempre, são aqueles que oprimem a maioria.

No Brasil do Estado de exceção, do golpe sem trégua, aparentemente, os inimigos venceram. Mas só aparentemente. A se crer em pesquisas, elas estão aí para colocar barbas de molho.

Poupo trabalho e pego carona no trecho que o colega Fernando Brito, do Tijolaço, separou da entrevista de Lula na manhã desta quarta – e que será reproduzida na edição de quinta dos jornais mineiros O Tempo e Super.

Diz Lula, ao lembrar que tem mais de 60 capas de revistas e mais de 25 horas de Jornal Nacional, só para ficar na mídia golpista-mor, contra ele:

“Levo tiro de canhão todos os dias e estou vivo. Aécio levou um tiro de garrucha e caiu. Caiu com um bando de tucanos e não sei se eles conseguirão levantar.”

Além de líder, Lula é um provocador nato. Isso também tira do sério seus adversários.

Eis o roteiro completo da caravana Lula pelas Gerais:

23 de outubro – Ipatinga
18h – Ato “Em defesa da soberania nacional”
Praça dos Três Poderes ou Praça do Marco Zero

24 de outubro – Governador Valadares
8h30 – Visita ao viveiro de mudas do MST
10h – Visita a Bacia do Rio Doce – Feira da Paz
17h – Chegada a Teófilo Otoni. Universidade Federal do Vale do Jequitinhonha e Mucuri
19h – Ato em defesa da Educação

25 de outubro – Itaobim
13h – Parada no trevo de Itaobim
Transversal da BR116 na entrada da cidade
15h – Ponte de Itinga, que cruza o Jequitinhonha
18h – Araçuaí – Ato cultural do Médio Jequitinhonha na Praça do Mercado

26 de outubro – Araçuaí
8h30 – Visita ao Campus de Araçuaí do Instituto Federal do Norte de Minas Gerais (IFNMG)
13h – Visita ao Campus de Salinas do IFNMG
15h – Ato público na Praça do Banco do Brasil em Salinas

27 de outubro – Montes Claros
16h – Visita a complexo industrial
18h – Ato público na Praça da Catedral

28 de outubro de 2017 – Montes Claros
9h – Visita a projeto de irrigação por gotejamento (Aspropem)
12h – Bocaiúva – Ato em defesa da defesa da Agricultura Familiar na Praça do Mercado Municipal
18h30 – Ato cultural do Alto Jequitinhonha na Praça da Rodoviária

29 de outubro – Diamantina
9h – Diamantina – Reunião com reitores de universidade e institutos federais na Universidade Federal do Vale do Jequitinhonha e Mucuri
15h – Cordisburgo – Recepção com Folia dos Reis e Congada em frente ao Portal do Grande Sertão Veredas
17h – Visita ao Museu Casa Guimarães Rosa

30 de outubro – Belo Horizonte
15h – Reunião com prefeitos de Minas Gerais
18h – Ato de encerramento da Caravana na Praça da Estação ou da Liberdade


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s